Ácido fluorantimônico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ácido fluorantimônico
Alerta sobre risco à saúde
Fluoroantimonic-acid-3D-vdW.png
Nome IUPAC Ácido fluorantimônico
Identificadores
Número CAS 16950-06-4
Propriedades
Fórmula molecular HSbF6
Massa molar 236.808 g/mol
Aparência xarope incolor
Ponto de ebulição

decompõe-se

Solubilidade em água decompõe-se
Acidez (pKa) −25
Riscos associados
Principais riscos
associados
corrosivo
NFPA 704
NFPA 704.svg
0
4
3
W
Ponto de fulgor não-inflamável
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions HBF4
Outros catiões/cátions NaPF6, NaSbF6
Ácidos relacionados HF
SbF5
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Ácido fluorantimônico ., de fórmula molecular HSbF6, é o mais forte superácido conhecido. É obtido pela reação de pentafluoreto de antimônio (fórmula molecular: SbF5) e fluoreto de hidrogênio (fórmula molecular: HF) em proporções diversas; com uma proporção molar de 1 para 1, tem-se máxima acidez, podendo formar soluções de pH inferior a -24,[1] sendo 2×1019 vezes mais ácido que o ácido sulfúrico.

A reação entre o fluoreto de hidrogênio e o pentafluoreto de antimônio é exotérmica. O HF libera seu cátion (H+), e seu ânion (F-) que é sequestrado por uma ou mais moléculas de SbF5, formando um SbF6- octaédrico. A reação é a seguinte: Reaction of HF with SbF5.png

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.