Ácino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ácino
Gray1105.png
Seção ilustrada do pâncreas do cão. X 250.

Um ácino refere-se a qualquer conjunto de células que se assemelha a muitos lóbulos "bagos", como uma framboesa ou uva (acinus é latim para bagas).

Glândulas exócrinas[editar | editar código-fonte]

As glândulas exócrinas acinares são encontradas em vários órgãos, incluindo:

Os folículos da tiróide podem também ser considerados de formação acinares mas neste caso os folículos, sendo parte de uma glândula endócrina, agem como um depósito hormonal ao invés de para facilitar a secreção.

Pulmões[editar | editar código-fonte]

Os bronquíolos respiratórios nos pulmões terminam em ácinos, muitos sacos com lóbulos que contêm grupos de alvéolos.

Referências

  1. OklahomaHistology 51_07 - Piloro
  2. OklahomaHistology 46_03 - Glândula sublingual
  3. BUHistology 10405loa

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]