Água tônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Água tônica
Gin and tonic with lime.jpg
Tipo Refrigerante
Definição Água Tônica
Sabor Amargo
Cor Transparente
Origem  Índia

 Inglaterra

Lançamento 1858
Comercialização Internacional
Variante(s) Schweppes, Tônica Antarctica,
Relacionada(s) Quinina
Teor calórico < 100 Kcal/200 ml
Edulcorante(s) Açúcar

Água tónica (português europeu) ou tônica (português brasileiro) é um refrigerante que originalmente continha apenas soda e quinina. A água tônica é feita com um pó branco extraído da casca da árvore de cinchona que é um sal (hidrocloreto de quinina) que dá o gosto amargo ao produto.

História[editar | editar código-fonte]

Diversas versões sobre o descobrimento da quinina, principal substância da água tônica, foram apresentadas. Uma delas data o ano de 1638, quando a Condessa de Chinchon, esposa do vice-rei espanhol que estava no Peru, adoeceu com a febre terçã (Malária). Índios, então prepararam uma poção feita com a casca de uma árvore chamada Kina (nome indígena), resultando na cura. Posteriormente, a árvore foi batizada de Cinchona em homenagem à condessa. [1]

A água tônica, como conhecemos, surgiu na Índia, no período colonial do Império Britânico. Os ingleses levaram a fórmula para as fábricas de refrigerantes na Inglaterra, que foi patenteada no ano de 1858.[2]

No início ela foi somente utilizada como medicamento no combate à malária. A quinina ainda hoje é empregada no tratamento,[3] mas a água tônica atualmente industrializada e distribuída no mercado não possui propriedades medicamentosas sendo apenas um refrigerante de gosto amargo. Possui quantidades mínimas de quinina, cerca de 5 miligramas por litro (mg/l), enquanto para o tratamento da doença é necessário em torno de 1,5 g ao dia.[2]

Água tónica contendo quinina, que é fluorescente

A água tónica é muito usada como uma bebida de mistura para coquetéis, especialmente os que são feitos com gim (por exemplo gin tónico). A água tónica com adição de limão ou lima é conhecida como bitter lemon, "limão amargo" ou bitter lime, respectivamente.

Composição[editar | editar código-fonte]

A quinina é a principal substância na composição da água tônica, sendo um composto fluorescente, isto é, se for incidido luz ultravioleta na água tônica, ela brilhará.

Referências

  1. OLIVEIRA, Alfredo Ricardo Marques de, SZCZERBOWSKI, Daiane. Quinina: 470 anos de história, controvérsias e desenvolvimento (em português). Visitado em maio de 2010.
  2. a b LOUBACK, Artur (Revista Mundo Estranho). Do que é feita a água tônica? (em português). Visitado em maio de 2010.
  3. RAMOS, Maria. Segredos da floresta (em português). Visitado em maio de 2010.