Álvaro Martins Homem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Estátua de Álvaro Martins Homem.

Álvaro Martins Homem foi um explorador português do século XV, capitão do donatário na ilha Terceira, nos Açores. Foi o fundador da vila de Angra, actual cidade de Angra do Heroísmo.

Terá viajado extensamente pelo Oceano Atlântico e acompanhado João Vaz Corte-Real numa expedição conjunta com escandinavos às costas da Gronelândia e da Terra Nova.

Foi o segundo capitão do donatário na ilha Terceira, sucedendo a Jácome de Bruges, desaparecido em condições misteriosas. Exerceu o cargo desde 1474 até 1483, tendo-lhe seguido Antão Martins Homem, seu filho.

Foi casado com D. Inês Martins Cardosa, filha de Martim Anes Cardoso, fidalgo da casa dos Infantes e veio a falecer por volta de 1482 na então Vila da Praia.

Foi fidalgo da Casa da Infanta D. Beatriz de Portugal, mãe do Duque de Viseu, D. Diogo, Duque de Beja e de Viseu, Donatário por carta da dita Infanta, com data de 17 de Fevereiro de 1474, a seu mando foi construído na margem da ribeira d'Angra, para sua residência, o Paço ou Castelo dos Moinhos.

Foram seus irmãos Heitor Álvares Homem, falecido em 1528 e que um ano antes de morrer, em 1527 mandou edificar a Ermida de Nossa Senhora da Ajuda no lugar que actualmente corresponde à freguesia da Vila Nova e casado com D. Beatriz Afonso Columbreiro; João Vaz Homem, que casou com D. Catarina ou Francisca da Costa; e João Álvares Homem que casou duas vezes, a primeira D. Ana Luiz da Costa e a segunda com Isabel Valadão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre figuras históricas dos Açores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.