Álvaro de Miranda Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Álvaro de Miranda Neto
Informações pessoais
Nome completo Álvaro Affonso de Miranda Neto
Apelido Doda
Modalidade Hipismo
Nascimento 5 de novembro de 1973 (41 anos)
São Paulo,  São Paulo
Nacionalidade Brasil brasileira
Compleição Peso: 80 kg Altura: 1,87 m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Sydney 2000 Saltos p/ equipe
Bronze Atlanta 1996 Saltos p/ equipe

Álvaro Affonso de Miranda Neto (São Paulo, 5 de fevereiro de 1973) é um esportista, cavaleiro profissional brasileiro que participou pelo Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 e 2008 e ganhou duas medalhas de bronze nos jogos olímpicos de 1996 e 2000 [1] , em provas de hipismo, na categoria "saltos". Conhecido por seu apelido, "Doda", ele também participou dos Jogos Pan-americanos de 2003.

Família[editar | editar código-fonte]

Miranda é o filho do empresário Ricardo Miranda e sua primeira mulher, Elizabeth "Beth" Pires de Castro Miranda. [2] .

Doda cresceu no Brasil junto com seus irmãos Anna Luiza e Paulo Fernando, do primeiro casamento de seu pai, e sua meio-irmã Beatriz e seu meio-irmão Ricardo, frutos do segundo casamento de seu pai. Muito jovem, em 1993, ele começou a competir no hipismo na escola de Nelson Pessoa, na Bélgica.

Ele é formado em administração pelas Faculdades Integradas Rio Branco e também estudou por um ano na Universidade de Bruxelas e abandonou os estudos para se dedicar totalmente ao esporte[3] . Ele disse, em fevereiro de 2003, que a sua mãe estava decepcionada com essa decisão no início, mas agora ela não se arrepende porque ele foi fazer o que ama. [3] . Na época, seus patrocinadores (incluindo Visa e Audi). pagaram por seus cavalos [3]

Treinamento[editar | editar código-fonte]

Álvaro tem treinado com Nelson Pessoa na Bélgica, e ele e sua esposa, que também pratica hipismo, dividem o tempo entre um flat em Bruxelas e um luxuoso duplex em São Paulo. Rodrigo Pessoa, filho de Nelson, é um dos melhores amigos de Doda e foi escolhido como padrinho de seu casamento. Na maioria das vezes, eles estão sempre nas mesmas competições e treinam juntos. Juntos, Doda e Rodrigo conquistaram duas medalhas de bronze, nas Olimpíadas de Atlanta e de Sydney, e de ouro, nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, no Canadá, em 1999.

Relacionamentos[editar | editar código-fonte]

  • Cibele Dorsa

Doda teve um relacionamento, mas nunca se casou, com a modelo e atriz Cibele Dorsa com quem ele teve uma filha, Viviane[4] . Cibele havia se separado do empresário Fernando Oliva, com quem também teve um filho, Fernando. Em 7 de junho de 2008, Cibele sofreu um grave acidente de carro que matou o amigo que o dirigia e lhe causou ferimentos graves[5] . Ela ficou um mês no hospital e foi imobilizada por mais dois meses. Depois desse acidente ela escreveu seu segundo livro, "5:00 da Manhã" sobre essa experiência trágica. O título é uma referência à hora em que ocorreu o acidente[6] ..

Em 2010 ela começou um relacionamento com o apresentador do canal de TV E! Brasil Gilberto Scarpa. Eles planejavam se casar em abril de 2011, mas Scarpa cometeu suicídio pulando da janela de seu apartamento em 30 de janeiro de 2011. Segundo seu relato, naquela noite Scarpa estava com forte depressão devido ao frequente uso de drogas.

Bastante deprimida, Cibele cometeu suicídio menos de dois meses depois, pulando da mesma janela. Ela enviou sua carta de suicídio[7] a uma revista brasileira, pedindo perdão aos seus filhos que, na época, estavam vivendo com Doda e Athina na Europa e dizendo não acreditar no próprio suicídio, pois ela já sentia que estava morta.

Após o suicídio, Doda conseguiu uma liminar na justiça determinando que a revista Caras fosse proibida de publicar trechos da carta de despedida dela, na qual expressava grande mágoa em relação ao cavaleiro[8] . A revista foi publicada com tarjas pretas, lembrando o tempo da ditadura militar e seus métodos de censura. Porém, a revista foi autorizada a publicar o conteúdo na semana seguinte, por determinação da justiça no dia 5 de abril de 2011[9] .

  • Athina Hélène Onassis Roussel

Em 3 de Dezembro de 2005 casou-se com Athina Roussel, a única neta do magnata grego Aristóteles Sócrates Onassis. O pai, Thierry Roussel, e a madrasta de Athina, Marianne "Gaby" Landhage, uma modelo sueca, não compareceram à cerimônia, que teve a presença de sua meia-irmã, Sandrine Roussel.

Athina mudou seu nome para Athina Onassis de Miranda[10] em 2006 e, de acordo com algumas fontes, tem um patrimônio estimado em[11] 2,8 bilhões de dólares. Esse número é bastante controverso pois a mídia costuma confundir a fortuna de Athina com os ativos da Fundação Onassis, gerenciada por um grupo de investidores[12] .

Durante algum tempo os dois viveram em São Paulo, mas resolveram retornar à Bélgica[13] . Com o casamento, Athina oficialmente tem agora uma enteada, a filha de Doda, Viviane.

Cavalos[editar | editar código-fonte]

Com sua esposa Athina, ele é dono de uma empresa de cavalos de saltos, que cria e treina cavalos no Haras de Ligny, em conjunto com Nelson e Rodrigo Pessoa, pai e filho, em Fleurus, Bélgica[14] . Em dezembro de 2009, no Masters Gucci, Miranda confirmou que a empresa irá se mudar para a nova propriedade dele e de sua esposa na Holanda no início de 2010.

Lista de cavalos

  • AD Picolien Zeldenrust (b.1997, Holandês);
  • AD Chatwin (n.1993, castrado, Holsteiner, aposentado depois de ferido na perna em julho de 2008);
  • AD Ornella (n.1999, vendido em dezembro de 2009 para Hernan Crespo via Jan Tops);
  • AD Norson (n.2001, chestnut garanhão);
  • AD Como II (n.1997, castrado, Holsteiner);
  • AD Peanuts (n.1994, égua);
  • AD Untouchable (n.2001, garanhão cinza);
  • AD Ashleigh Drossel Dan (n.1998 castrado, Hanover) Australiano.

Referências

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Álvaro de Miranda Neto