Áquila de Sinope

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
II Reis do texto de Áquila. Palimpsesto.

Áquila de Sinope foi um nativo da cidade de Sinope, na província romana do Ponto, conhecido por ter produzido pela tradução literal que ele fez da Bíblia hebraica para o grego por volta de 130 d.C.1 Ele era um prosélito judeu1 .

Tradução da Bíblia[editar | editar código-fonte]

Epifânio de Salamina (De Pond. et Mens. c. 15) preservou uma tradição de que ele seria parente do imperador romano Adriano, que empregou-o na reconstrução de Élia Capitolina (a cidade fundada pelos romanos após a destruição de Jerusalém na primeira metade do século II) e que ele teria se convertido ao cristianismo, mas, ao ser admoestado por praticar a astrologia pagã, se converteu ao judaísmo. Diz-se que a versão de Áquila era utilizada nas sinagogas no lugar da Septuaginta. Os cristãos, em geral, não gostavam da versão alegando, sem fundamento, que ela teria traduzido passagens (como Isaías 7:14)1 incorretamente, mas Jerônimo e Orígenes falaram muito bem dela, sendo que este último a incluiu em sua Hexapla.

Acreditava-se que a Hexapla era a única cópia da tradução de Áquila existente, mas, em 1897, fragmentos de dois códices foram levados para a Biblioteca da Universidade de Cambridge. Desde então eles tem sido publicados: os fragmentos contendo I Reis 20:7-17 e II Reis 23:12-27 por F. C. Burkitt em 1897, e os fragmentos com parte dos Salmos 90-103 por C. Taylor em 18992 .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Ewert, David. A General Introduction to the Bible: From Ancient Tablets to Modern Translations (em inglês). [S.l.]: Zondervan, 1990. p. 108. ISBN 0310453712
  2. Este artigo incorpora texto da Jewish Encyclopedia (em inglês) de 1901–1906 (artigo "Aquila" por Crawford Howell Toy, F. C. Burkitt e Louis Ginzberg), uma publicação agora em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa religiosa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.