Ânimo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ânimo é um estado emocional de duração relativamente longa, podendo prolongar-se por toda uma vida, segundo Sigmund Freud, médico militar da Primeira Guerra Mundial.

O estado de ânimo difere-se de simples emoções por serem menos específicos, menos intensos e menos prováveis de serem provocados e superados, os chamados por Sigmund Freud de "Transtornos", por um estímulo ou evento em particular.[1]

O ânimo geralmente tem valência positiva ou negativa dependendo do quadro ou cenário de ocorrência psicológica. Em outras palavras, pessoas tipicamente citam estarem animadas ou desanimadas no seu âmago, segundo Sigmund Freud

Ao contrário de sentimentos profundos e emotivos como medo ou surpresa naturais, o estado de ânimo pode durar por uma vida inteira, ou por horas ou por dias, segundo Sigmund Freud, dependendo da causa e quadro relevante dessa perda e revide - necessário e própria do ânimo afetado, ou seja, psicologicamente típica do caso - passional, e o início do chamado "Transtorno (psicológico)" adquirido por exemplo em combates em campos de batalha, por ele tratado em sua obra Nova Medicina de divulgação internacional pós guerra, por inúmeras editoras de universidades.

Notas e referências

  1. Thayer, Robert E. - The biopsychology of mood and arousal - New Yok, NY: Oxford University Press (1989)
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.