É isso um Homem?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

É isso um Homem? (título da tradução portuguesa: Se Isto É um Homem; título do original em italiano: Se questo è un uomo) é um livro do escritor italiano Primo Levi. Descreve suas experiências no campo de concentração de Auschwitz, durante a Segunda Guerra Mundial.

É isso um Homem? foi rejeitado pela Einaudi, a mais importante casa editora da cidade natal de Levi, Turim. Um pequeno editor publicou o livro em novembro de 1947. Somente 1500 exemplares foram vendidos. Levi teve que esperar até 1958 para que a casa Einaudi o publicasse, numa apresentação revisada, que resultou em tradução para o inglês, em 1959, e, posteriormente, para muitas outras línguas, inclusive para o catalão, e sua aceitação como um clássico.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Se Isto é um Homem conta a história de Primo Levi, cidadão italiano judeu, que é levado para Auschwitz. Tudo lhe é retirado, tornando-se mais um anônimo prisioneiro do campo de concentração nazista, inclusive o próprio nome é substituído por um número, colocando em causa a própria noção de identidade.

Em Auschwitz leva uma existência de problemas: a dor excruciante da fome, da sede e o árduo trabalho no "Lager", que leva ao esgotamento total da força e vontade humanas. Apesar da rotina difícil de ultrapassar, Levi aprende que a sobrevivência - pela astúcia e organização - é possível, mesmo que privados de qualquer direito moral,

Através de uma descrição objectiva do dia-a-dia de um prisioneiro de Auschwitz, Primo Levi enaltece a força humana e a capacidade de resistência acima de qualquer dor física ou moral, mesmo quando a própria dignidade é posta em causa.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.