Électricité de France

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Électricité de France
Électricité de France S.A.
Logo-edf.png
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação Euronext Paris: EDF
Indústria Energia
Fundação 1946
Fundador(es) Marcel Paul
Sede Paris,  França
Áreas servidas Todo o Mundo
Proprietário(s) Governo da França
Presidente Henri Proglio
Empregados 158.800
Produtos Geração de eletricidade
Transmissão de energia elétrica
Mercado de commodities
Valor
de mercado
Aumento EUR 53,940 bilhões (Abr/2014)[1]
Lucro Aumento EUR 3,316 bilhões (2012)
LAJIR Aumento EUR 16,084 bilhões (2012)
Faturamento Aumento EUR 72,729 bilhões (2012)[2]
Página oficial www.edf.com/

Électricité de France (EDF) é a maior produtora e distribuidora de energia da França, foi fundada em 1946 após um programa de nacionalização do setor na França na época,[3] era uma companhia estatal até 19 de novembro de 2004, quando adotou personalidade jurídica de direito privado (société anonyme). De qualquer forma, o governo francês pretende manter a propriedade de cerca de 70% do seu capital, podendo ser comparada às empresas de economia mista do Brasil, tais como a Petrobras, a capacidade de produção da empresa é de 120.000 (MW) megawatts de potência.[4]

Além de ser líder na França é também a maior do setor de energia elétrica na Europa[5] e é a maior do mundo em produção de energia nuclear, com 58 plantas nucleares somente dentro da França.[6] Em 2011 22% da eletricidade na União Europeiafoi produzida pela EDF, a origem de maior parte da eletricidade gerada pela companhia vem da energia nuclear:

  • Energia Nuclear: 84,7%
  • Energia Renovável: 8,3% (entre os quais 4,6% a partir de usinas hidrelétricas);
  • Gás: 2,7%
  • Carvão Vegetal: 2,7%
  • Combustível: 1,2%
  • Outros: 0,4%

Operações da empresa[editar | editar código-fonte]

França[editar | editar código-fonte]

  • França: 74.86% da Électricité de Strasbourg, 67% da Dalkia Investments, 51% da TIRU, 50% da Cerga, 50% da Edenkia, 50% da Dalkia International, 50% da SIIF Énergies, 34% da Dalkia Hdg

Europa[editar | editar código-fonte]

  • Alemanha: 100% da EDF Ostalbkreis, 100% da EDF Weinsberg, 50% da RKI.
  • Áustria: 100% da Vero e 20% do Groupe Estag
  • Bélgica: 100% da Semobis
  • Eslovaquia: 49% da SSE
  • Espanha: 100% da EDF Iberica (EDF Península Ibérica, S.A)
  • Holanda: 100% da Finelex, 50% da Cinergy Holding
  • Hungria: 95,56% da BE Zrt, 100% da Démász
  • Italia: 99,4% da Edison S.p.A., 100% da EDF Energia Italia', 100% da EDF Fenice, 40% da Finei, 30% da ISE´
  • Polonia: 76.63% da Rybnik, 66.08% da ECK, 49.19% da ECW, 35.42% da Kogeneracja, 24.61% da Zielona Gora
  • Reino Unido: 100% EDF Energy, antiga British Energy Group PLC, produz 20% da energia elétrica Britânica e opera 8 plantas nucleares e possui 100% EDF Trading, que atua em energia por venda em atacado.
  • Suécia: 100% da Skandrenkraft, 36.32% do Groupe Graninge
  • Suíça: 50% da Chatelot, 50% da Emosson, 14.25% da Groupe ATEL, 26.26% da Motor

América do Norte[editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos: 100% da EDF Inc, 100% da EnXco, (100%) da EDF Trading North America

América do Sul[editar | editar código-fonte]

  • Argentina: 25% da Edenor, 45% da Sodemsa, 22.95% da Edemsa
  • Brasil: 100% da Lidil, 90% da Norte Fluminense

Asia[editar | editar código-fonte]

  • China: 85% na Synergie, 60% na Figlec, 35% na Datang Sanmenxia Power Company, 19.6% Shandong Zhonghua Power Company
  • Vietnã: 56.25% na Mecco

África[editar | editar código-fonte]

Acionistas[editar | editar código-fonte]

Acionistas da empresa em 31 de dezembro de 2013[7]

  • Governo da França - 84,49%
  • Investidores institucionais na Europa (não inclui a França) - 4,20%
  • Investidores institucionais do resto do mundo - 3,64%
  • Investidores institucionais Franceses - 2,91%
  • Outros investidores - 4,76%

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.