Émile Appay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Émile Appay (1876-1935) foi um pintor de paisagens francês.

Appay inicia-se na pintura, sob a tutela de Henri Harpignies (1819-1916) e Paul Lecomte (1842-1920).

Detentor de ampla produção, também pintor a óleo e aquarelista, mostra em muitas de suas obras mais refinadas a influência do Veduta. Suas obras mais admiradas, no entanto, são aquelas realizadas en plein air. Suas pinturas ou aguarelas rico em detalhes e usualmente em grande escala que apresenta a perspectiva de uma paisagem urbana ou de outros panoramas.

Se encontrou com Derain.

A obra de Appay mostrou uma superfície mais tranquila, produto da aplicação de tonalidades quentes e harmônicas. Frequentemente tratadas a aquarela, as paisagens demonstram mais liberdade na execução.

Galerias e Salon[editar | editar código-fonte]

  • Galerie Georges Petit
  • Galerie Pierre le Chevallier
  • Galerie Jules Gautier, Paris (1911 - 1920) [1]  · [2]
  • Galerie P. Hénaut (Paris) (1928 - 1934)[3]  · [4]
  • Exposition du Salon des Armées (1916)
Salon de Paris

Exibe pela primeira vez no Salon de Paris de 1910, frequentando também as seguintes edições (1910 – 1920).

Obras[editar | editar código-fonte]

em suas viagens e estadias na Itália, na Espanha, na Córsega e na Norte de África
  • Vue de la Salute, Venise - Pintura, óleo/tela (38 x 55 cm)
  • Pont d’Alcantara (Toledo) - aguarela, (65 x 90 cm)
  • Gorges de la Restonica - aguarela, (57 x 76 cm)
  • Vue du port de Sousse, (Tunísia) - aguarela, (35,5 x 25,5 cm)
Appay na Normandia:
  • Rue de Louviers animée (Eure), Aguarela, (33 x 44 cm)
  • Le Château Gaillard - Au petit Andely - Aguarela, (60 x 75 cm)
  • Pont sur la Seine à Rouen - Pintura, óleo (38x55 cm)
além das paisagens da Costa Azul:
Émile Appay - Menton
  • Bord de mer près de Toulon - Aguarela, (37,5 x 58 cm)
  • La Roquette, vallée du Var - Aguarela, (30 x 37,5 cm)
  • Menton - (70 x 54 cm)
  • Paysage méditerranéen aux pins parasols - óleo (38 x 46 cm)
  • Bord du Var près de Nice - - Aguarela,

Entre suas obras mais importantes estão Le port de Marseille - aguarela, (38 x 57 cm) ; Le Mont-Blanc - aguarela, (77 x 53 cm) e Menton - óleo (70 x 54 cm)..

Referências

  1. (em francês) L'Art et les Artistes, Tome XV (1912), Paris
  2. (em francês) La Chronique des Arts et de la Curiosité (Supplément à la GAZETTE DES BEAUX-ARTS) (1920), Paris
  3. (em francês) La Montagne, Club alpin français (1928)
  4. (em francês) Beaux-arts: chronique des arts et de la curiosité, vol 7 (1929)
  • Aquarelles par Émile Appay, Hôtel Drouot, André Couturier y F. Marboutin, Paris 1908
  • Aquarelles par Émile Appay, Hôtel Drouot, Ch. Dubourg y F. Marboutin, Paris 1911
  • Exposition du peintre aquarelliste Emile Appay: paysages de France, Galerie P. Hénaut, Paris 1934
  • (em italiano) Pittori francesi del XX secolo, Fonte: Wikipedia, 134 páginas, Books LLC, Wiki Series, ISBN-10: ISBN 1232108553 ISBN-13: ISBN 978-1232108559 2011

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Émile Appay
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.