Étienne Marie Antoine Champion de Nansouty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Étienne Marie Antoine Champion de Nansouty
General Nansouty
Nome completo Étienne Marie Antoine Champion de Nansouty
Nascimento 30 de Maio de 1768
Bordeaux, França
Morte 12 de Fevereiro de 1815 (46 anos)
Paris, França
Ocupação General de Divisão
Prémios Legião de Honra
Ordem de São Luís

Étienne-Marie-Antoine Champion de Nansouty (Bordeaux, 30 de Maio de 1768Paris, 12 de Fevereiro de 1815) foi um comandante francês de cavalaria durante a Revolução francesa, ascendendo ao posto de General de Divisão, em 1803. Foi um importante comandante militar durante as Guerras Napoleónicas.[1]

De origem nobre, estudou no colégio militar de Brienne, e graduou-se na Escola Militar de Paris. Nansouty iniciou a sua carreira militar em 1785, como subtenente no regimento Infantaria-Borgonha, onde o seu pai tinha prestado serviço durante as guerras de Luís XV. Oficial de cavalaria no início das Guerras Revolucionárias Francesas, em 1792, Nansouty foi nomeado para ajudante-de-campo do Marechal Nicolas Luckner. Durante a Guerra da Primeira Coligação, deteve o posto de Tenente-Coronel e foi comandante de esquadrão no 9.º Regimento de Cavalaria Pesada, efectuando campanhas com os exércitos franceses no Reno e no Sacro Império Romano-Germânico. É promovido a Coronel em 1793 e assume o comando da Cavalaria n.º 9, onde realiza várias acções de sucesso. Em 1799, é nomeado General-de- Brigada, depois de ter recusado várias vezes a promoção no passado. No ano seguinte, combate sob o comando do General Jean Victor Moreau, no Sul da Alemanha, numa importante campanha da Guerra da Segunda Coligação.

Atingindo o topo da carreira militar em 1803, no posto de General de Divisão, Nansouty foi nomeado para comandar a 1.ª Divisão de Cavalaria Pesada na Grande Armée, recém criada por Napoleão. No comando desta divisão, entre 1804 e 1809, Nansouty esteve presente em algumas das batalhas mais importantes das guerras da Terceira, Quarta e Quinta coligações, liderando ataques de cavalaria em Austerlitz, Friedland, Eckmühl, Aspern-Essling e Wagram. Em 1812, no decorrer da Campanha da Rússia, Nansouty comandou o I Corpo de Cavalaria do Grande Armée, e que liderou com distinção nas batalhas de Ostrovno e Borodino, onde foi ferido com gravidade num joelho. No ano seguinte, comandou a Cavalaria da Guarda Imperial nas batalhas de Dresden, Leipzig e Hanau, onde foi, de novo, ferido. Em 1814, comandou os seus homens em vários combates, incluindo os de La Rothière, Montmirail, Vauchamps e Craonne, até ficar definitivamente incapacitado, pelos ferimentos, nesse ano.

Membro da elite militar do Primeiro Império Francês e titular da Grande Águia da Legião de Honra, o Conde de Nansouty fazia parte da Casa Militar do Império como Primeiro Escudeiro do Imperador, e também detinha o posto de Coronel-General dos Dragões. Durante a Restauração francesa, Luís XVIII entregou-lhe mais honras e comandos, como uma na Casa Militar do Rei de França. Nansouty morreu em Fevereiro de 1815, sendo enterrado no Cemitério de Père Lachaise, em Paris. O seu nome está inscrito no Arco do Triunfo e uma rua do 14º arrondissement de Paris tem o seu nome.

Referências

  1. Fierro; Palluel-Guillard; Tulard, p. 978

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.