Ídolos (3ª temporada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Ídolos foi um programa de televisão brasileiro, versão do formato britânico Idols, que consiste em revelar o "novo ídolo musical do Brasil". A estréia ocorreu em 19 de agosto de 2008, coroando Rafael Barreto, em 17 de dezembro de 2008, como novo ídolo do Brasil.

É apresentado por Rodrigo Faro, dirigido por Wanderley Villa Nova e Fernanda Telles e contava com Paula Lima, Luis Calainho e Marco Camargo como jurados.

Esta é a segunda versão brasileira do formato criado por Simon Fuller. A primeira versão foi transmitida pelo SBT contou com duas temporadas, exibidas entre 2006 e 2007.

Audições[editar | editar código-fonte]

Estados que receberão audiências.

As audições ocorreram nas capitais de quatro estados de três diferentes regiões brasileiras: Porto Alegre, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

As audições de Porto Alegre ocorreram no Hotel De Ville em 2 de maio, Salvador foi a segunda cidade a receber as audições, em 17 de maio. Em seguida veio Rio de Janeiro - no Sambódromo da Sapucaí, em 24 de maio e São Paulo no Gínásio do Ibirapuera em 31 de maio.

As audições foram divididas em 2 fases: na primeira, o candidato era ouvido por um produtor do programa e por um profissional; na segunda, pela direção do programa. Os candidatos avaliados nas duas fase se apresentavam para os jurados do programa. Nessa etapa são aprovados cantores ruins, medianos e bons para equilibrar as emoções que o programa desperta ao longo da fase das audições.

Teatro[editar | editar código-fonte]

Primeira etapa[editar | editar código-fonte]

Em São Paulo, os 89 candidatos aprovados foram divididos em grupos, onde cada um subia ao palco alinhados. Cada um dos candidatos se apresentava a capella, ou seja, sem acompanhamento instrumental, para os jurados. Após as apresentações, os jurados selecionaram 70 para a segunda fase.

Segunda etapa[editar | editar código-fonte]

Dessa vez, os 70 candidatos foram divididos em duplas. Cada dupla escolheu uma música de uma lista pré-selecionada e ensaiou durante alguns dias. Então, as duplas subiram ao palco e cantaram para os jurados, que depois de algumas horas, chamaram dupla a dupla no palco para a eliminação.

Terceira etapa[editar | editar código-fonte]

Também conhecida como solo, os candidatos tinham como apoio apenas um playback. Cada candidato escolheu uma música de três opções pré-selecionadas. Depois de todas as apresentações, os jurados se reuniram pela última vez para decidir quem seria eliminado. Depois da decisão, os jurados chamaram os candidatos em grupos de 5, onde 30 deles foram aprovados para o Top 30.

Semi-Finais[editar | editar código-fonte]

Os 30 semifinalistas foram anunciados no dia 17 de Setembro de 2008. A partir desta fase, o público passaria a ter participação fundamental, pois os jurados avaliam, mas o telespectador é quem decide quem continua na competição.

Nesta fase, os 30 candidatos se apresentaram divididos em três grupos de 10 e o público escolheu três de cada grupo para a próxima fase. Foram três semanas de apresentações. Na quarta foi feita uma repescagem com candidatos que não foram os escolhidos do seu grupo, mas que teriam uma nova chance de ser o 10° candidato que comporia o Top 10.

  • Aprovados em negrito.

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Grupo 3[editar | editar código-fonte]

Repescagem[editar | editar código-fonte]

Top 10 Finalistas[editar | editar código-fonte]

Rafael Barreto[editar | editar código-fonte]

Rafael Rodrigues Barreto, 22 anos, perdeu a mãe em 2006 e foi abandonado pelo pai logo depois. O soteropolitano ainda teve um aneurisma cerebral no fim de 2007. Ele teve o total apoio de Deya, sua namorada, e foi o ponto pop na competição, inspirado por LS Jack, N'Sync, Jota Quest e Skank.

Rafael Bernardo[editar | editar código-fonte]

Estudante de jornalismo, Rafael Bernardo Souza de Oliveira nasceu em Vitória da Conquista (BA) e canta profissionalmente desde os 8 anos de idade. O rapaz, que fez 13 anos de conservatório de música, participou da audição em São Paulo e tem Brian McKnight, Mariah Carey e Boys II Men como ídolos. Com 22 anos, Bernardo sonha em poder transmitir, através da sua música, toda a sua história de luta.

Maria Christina[editar | editar código-fonte]

Maria Christina de Almeida, ou "KCris", como é popularmente conhecida, tem apenas 19 anos e é uma das vozes que mais se destacou na competição. Ela dá aulas de ginástica numa academia em São Bernardo do Campo, sua cidade. Toca violão e um de seus sonhos é montar uma grande banda. Homossexual assumida, K-Chris defende a causa gay e até usa uma pulseira com o símbolo do arco-íris.

Paulo Cremona[editar | editar código-fonte]

Paulo Roberto Cremona é paulista. Músico profissional, canta em bares desde 2006. Para se aperfeiçoar, o rapaz ingressou na Faculdade de Produção Musical. Do black ao samba, Cremona tem Stevie Wonder, Brian McKnight e Alexandre Pires como influências.

Nanda Garcia[editar | editar código-fonte]

Fernanda Pereira dos Santos, de Niterói, RJ, já participou do musical da Disney "O Rei Leão" como Nala, uma das principais personagens do espetáculo. Além de ter estudado música desde pequena, concorreu ao primeiro "Cantando o Sete" no Caldeirão do Huck. Tem suas influências na MPB.

Lorena Chaves[editar | editar código-fonte]

Lorena Chaves de Faria, de 21 anos, é estudante de design de produto, mas sua grande paixão é a música. Conhecida dos bares de Belo Horizonte, Lorena se revela uma grande apreciadora de Los Hermanos, Ney Matogrosso e Seu Jorge. Oriunda de Minas Gerais, Lorena pretende desenvolver projetos sociais para ensinar música e conta com o apoio da família e amigos.

Cássia Raquel[editar | editar código-fonte]

Cássia Raquel da Silva Vieira nasceu na cidade do Rio de Janeiro, e foi lá onde deu início ao grande desafio que é o Ídolos. A jovem, de 21 anos, traz uma grande experiência quando o assunto é música. Aos 9 anos, já fazia parte da banda da igreja. Estudou música e hoje participa da Orquestra Pão de Açúcar. A estudante de pedagogia ouve Roupa Nova, Bee Gees e The Carpenters e sonha em fundar um centro cultural de música.

Amandí Cortez[editar | editar código-fonte]

Amandí Paiva Cortez Costa, de 26 anos, era o candidato mais velho do TOP 10. Nascido e criado na Paraíba, chegou a se formar em Direito, mas abandonou a carreira para fazer o que mais gosta: cantar. Além de cantor, Amandí é compositor e toca violão. Influenciado por Chico César e Nação Zumbi, ele investe fortemente no estilo regional.

Pedrinho Black[editar | editar código-fonte]

Pedro Henrique Gomes, também mineiro - de Uberlândia - participou das audições em São Paulo e, como representante do samba, cantou Art Popular no workshop. O vendedor de peças automotivas se inspira em Alexandre Pires e sonha em construir uma bela família. Desde os 7 anos de idade, recebe o apoio de amigos e família; e de seu grande patrão "Carlitos".

Tiago Mattos[editar | editar código-fonte]

Tiago Jerônimo de Mattos, o "Emoblack", era o candidato mais novo da disputa. Com apenas 18 anos, o paranaense trabalha como designer em Cidade do Leste, no Paraguai, mas sua maior paixão sempre foi cantar. Suas influências vão de Chris Brown a Ed Motta, passando por Fresno. Tiago começou a cantar na igreja ainda quando era criança, mas nunca ganhou dinheiro com isso. Seu sonho hoje é poder viver de música e ajudar a sua família.

Finais[editar | editar código-fonte]

Top 10 - Meu Ídolo[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Resultado
1
Lorena Chaves “Mania de Você” (Rita Lee) 3ª menos votada
2
Paulo Cremona “Eu Choro” (Exaltasamba) Salvo
3
Tiago Mattos “Bem Querer” (Maurício Manieri) Eliminado
4
Nanda Garcia “Como é Grande o Meu Amor Por Você” (Roberto Carlos) Salva
5
Amandí Cortez “Manguetown” (Chico Science) 2º menos votado
6
Rafael Barreto “Pra Rua Me Levar” (Ana Carolina) Salvo
7
Cássia Raquel “Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim” (Ivete Sangalo) Salva
8
Pedrinho Black “Carolina” (Seu Jorge) Salvo
9
Maria Christina “A Sua” (Marisa Monte) Salva
10
Rafael Bernardo “Primavera” (Tim Maia) Salvo

Top 9 - Grandes Cantoras[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Resultado
1
Pedrinho Black “Sonho Meu” (Maria Bethânia/Gal Costa) Eliminado
2
Rafael Bernardo “Luiza” (Zizi Possi) 2º menos votado
3
Maria Christina "Malandragem" (Cássia Eller) Salva
4
Lorena Chaves “Lanterna dos Afogados” (Cássia Eller/Gal Costa) 3ª menos votada
5
Cássia Raquel “Sufoco” (Alcione) Salva
6
Amandí Cortez “Amor, Meu Grande Amor” (Angela Rô Rô) Salvo
7
Nanda Garcia “Amor I Love You” (Marisa Monte) Salva
8
Rafael Barreto “Nada Por Mim” (Leila Pinheiro/Paula Toller/Marina Lima) Salvo
9
Paulo Cremona “Olhos Coloridos” (Sandra de Sá) Salvo

Top 8 - Canções de Amor[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Resultado
1
Cássia Raquel “Se Quiser” (Tânia Mara) 3ª menos votada
2
Amandí Cortez “Codinome Beija-Flor” (Cazuza) Eliminado
3
Lorena Chaves "Você Não Me Ensinou A Te Esquecer" (Caetano Veloso) Salva
4
Rafael Barreto "Anjo" (Roupa Nova) Salvo
5
Maria Christina “Quem de Nós Dois” (Ana Carolina) Salva
6
Paulo Cremona “Alma Gêmea” (Fábio Jr.) Salvo
7
Rafael Bernardo “Caçador de Mim” (Milton Nascimento) Salvo
8
Nanda Garcia "Aguenta Coração" (José Augusto) 2ª menos votada

Top 7 - Country Pop[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Resultado
1
Maria Christina “Chovendo Estrelas” (Guilherme & Santiago) 3ª menos votada
2
Rafael Bernardo "Choram as Rosas" (Bruno & Marrone) Salvo
3
Nanda Garcia "Adoro Amar Você" (Daniel) Salva
4
Paulo Cremona "É O Amor" (Zezé di Camargo & Luciano) Salvo
5
Cássia Raquel “Os Amantes” (Daniel) Eliminada
6
Lorena Chaves “Desculpe, Mas Eu Vou Chorar” (Leandro & Leonardo) Salva
7
Rafael Barreto “Como um Anjo” (César Menotti & Fabiano) 2º menos votado

Top 6 - Samba[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Resultado
1
Paulo Cremona “Livre pra Voar” (Exaltasamba) 3º menos votado
2
Maria Christina “Sampa” (Caetano Veloso) Salva
3
Rafael Bernardo "Flor de Liz" (Djavan) Salvo
4
Lorena Chaves "Trem das Onze" (Adoniran Barbosa) Eliminada
5
Rafael Barreto “Tarde em Itapuã” (Vinicius de Moraes/Toquinho) Salvo
6
Nanda Garcia “Não Deixe o Samba Morrer” (Alcione) 2ª menos votada

Top 5 - Sucessos do Ano de Nascimento[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Ano
de nascimento
Música (cantor original) Ordem Música (cantor original) Resultado
1
Rafael Bernardo 1986 "Do Leme ao Pontal" (Tim Maia)
6
"Só Pro Meu Prazer" (Leoni) 2º menos votado
2
Maria Christina 1989 "Pais e Filhos" (Legião Urbana)
7
"Flores" (Titãs) Salva
3
Paulo Cremona 1984 "Eva" (Rádio Táxi)
8
"Como Eu Quero" (Kid Abelha) Salvo
4
Nanda Garcia 1984 "Me Chama" (Lobão)
9
"Tempos Modernos" (Lulu Santos) Eliminada
5
Rafael Barreto 1985 "Olhar 43" (RPM)
10
"Dona" (Roupa Nova) Salvo

Top 4 - Roberto Carlos & Elis Regina[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (Roberto Carlos) Ordem Música (Elis Regina) Resultado
1
Paulo Cremona "Se Você Pensa"
8
"O Bêbado e a Equilibrista" Eliminado
2
Rafael Barreto "É Preciso Saber Viver"
6
"Romaria" Salvo
3
Rafael Bernardo "Olha"
7
"Fascinação" Salvo
4
Maria Christina "Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo"
10
"Atrás da Porta" 2ª menos votada

Top 3 - Hits das Rádios[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Ordem Música (cantor original) Ordem Música (cantor original) Resultado
1
Maria Christina "Não É Proibido" (Marisa Monte)
4
"Ainda Gosto Dela" (Skank e Negra Li)
7
"Deixo" (Ivete Sangalo) Eliminada
2
Rafael Barreto "O Sol" (Jota Quest)
5
"Tem Que Ser Você" (Victor & Leo)
8
"Por Mais Que Eu Tente" (Marjorie Estiano) Salvo
3
Rafael Bernardo "Você Sempre Será" (Marjorie Estiano)
6
"Pensando Em Você" (Claudia Leitte/Babado Novo)
9
"Já Foi" (Jota Quest) Salvo

Top 2 - Escolha Pessoal e Singles da Sony[editar | editar código-fonte]

Ordem Candidato Música (cantor original) Ordem Música (cantor original) Ordem Música (cantor original) Resultado
1
Rafael Bernardo "Não Vou Duvidar" (Liah)
3
"Final Feliz" (Jorge Vercilo)
5
"Ficou No Ar" (Marco Camargo) 2º lugar
2
Rafael Barreto "Ficou No Ar" (Marco Camargo)
4
"No Meu Coração Você Vai Sempre Estar" (Ed Motta)
6
"Não Vou Duvidar" (Liah) Vencedor

Resultados[editar | editar código-fonte]

Legenda
Não se apresentou Repescagem Semi-Finais Top 10
Salvo 3º menos votado 2º menos votado Eliminado
Fase: Semi-Finais Rep Finais
Data: 24/09 01/10 08/10 15/10 22/10 29/10 05/11 12/11 19/11 26/11 03/12 10/12 17/12
Pos Participante Resultado
1 Rafael Barreto Top 10 2- Vencedor
2 Rafael Bernardo Top 10 2- 2- 2º Lugar
3 Maria Christina Top 10 3- 2- Elim
4 Paulo Cremona Top 10 3- Elim
5 Nanda Garcia Rep Top 10 2- 2- Elim
6 Lorena Chaves Top 10 3- 3- Elim
7 Cássia Raquel Top 10 3- Elim
8 Amandí Cortez Top 10 2- Elim
9 Pedrinho Black Top 10 Elim
10 Tiago Mattos Top 10 Elim
Rep Geise Rios Rep Elim
Grazzi Brasil Rep
Mariana Bravo Rep
Rubens Daniel Rep
Sarah Raquel Rep
Semi Bruna Caiala Elim
Daniela Ismério
Dyggo de Deus
Edu Louzada
Saulo do Amaral
Helen Cristina Elim
Larissa Carvalho
Leila Lins
Paulo Xavier
Renata Bacal
Ricardo Fé Elim
Thaís Barja
Maiquel Zafanelli
Allan Lopes
João Klaus

Pós-show[editar | editar código-fonte]

Em março de 2009, a Rede Record contratou os ex-participantes Geisi Rios, Maria Cristina, Paulo Cremona, Mariana Bravo e Tiago Mattos para gravar um CD, com duas músicas cada um e mais duas com todos juntos, além de fazer shows pelo Brasil. A ideia é usá-los também em gravações de trilhas sonoras de novelas da Record.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]