Úraco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Úraco apontado em 1 na parte superior da bexiga.

Úraco é um cordão fibroso, resultado da contração e obliteração do alantoide, ligado ao ápice da bexiga e ao umbigo. Até a fase adulta, se transformará num resquício fibroso, o ligamento umbilical mediano, que fica entre os ligamentos umbilicais mediais.1

Anomalias[editar | editar código-fonte]

Cistos do úraco podem se originar de resquícios do revestimento epitelial. Eles, geralmente, não são percebidos, a não ser que sejam infectados e se dilatem. A luz do úraco pode não se fechar por completo, formando seios do úraco. Quando eles se formam na região próxima à bexiga, o seio se abre na bexiga. Eles podem também se formar próximo ao umbigo e formar uma abertura. Menos comumente, todo úraco pode permanecer aberto, formando uma fístula. Nesse caso, ocorre vasamento pelo umbigo, de urina.1

Referências

  1. a b MOORE, Keith L.; PERSAUD, T. V. N. Embriologia Clínica. 6ª ed. Pgs. 301, 302 e 305.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Embriologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.