Čačak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Čačak (Чачак em cirílico sérvio, pronunciado [t͡ʃǎːt͡ʃak]) é uma cidade da Sérvia localizada no centro-oeste do país. É o centro administrativo do distrito de Moravica. A cidade é o principal centro

Čačak
—  Cidade  —
Via urbana de Čačak
Via urbana de Čačak
Selo de Čačak
Selo
País SérviaSérvia
Distrito Moravica
Municípios 58
Área
 - Total 636 km²
Altitude 240 m (787 pés)
População (2011)
 - Total 73 331
Fuso horário CET (UTC+1)
 - Horário de verão CEST (UTC+2)
Código Postal 32000
Código de área +381 32
Sítio www.cacak.org.rs

cultural, desportivo e económico do distrito. A sua altitude é de 240 metros, o ponto mais baixo é de 204 metros e o ponto mais alto fica no cume da montanha de Ovcar que tem 985 metros. Tem 58 assentamentos. Čačak tem 73 331 habitantes mas o município tem 115 337 habitantes. Fica a 144 quilómetros da capital da Sérvia, Belgrado. Nos arredores da cidade localiza-se o Ovčar-Kablar Gorge, onde foram construídos 300 mosteiros desde o século 14 mas hoje apenas 12 estão em pé. O nome desta cidade foi dada em 1408 mas antes chamava-se Gradac. Um dos líderes de Gradac foi Stracimir Zavidović que era irmão de Stefan Nemanja, importante governante sérvio. Foi ele que construiu a igreja de Nossa Senhora (Igreja da Ascensão de Jesus) que ainda hoje se mantém em pé no centro da cidade. Em 2010 iniciou-se umas obras de reconstrução devido a um terramoto que abalou a cidade.

Depois da Sérvia perder a sua independência para o Império Otomano em 1718, Čačak voltou a pertencer ao império de 1739 a 1878. Čačak enfrentou intensos combates durante a Segunda Revolta Sérvia em 1815. Na colina Ljubić encontra-se um monumento em memória de Tanasko Rajić, que morreu durante a batalha ao defender corajosamente a cidade. Nesta mesma colina foi onde houve a maioria das batalhas da revolta. Em 1878 a Sérvia torna-se um país independente.

Em 1882 Čačak fazia parte do Reino da Sérvia e depois de 1918 a 2003 fazia parte da antiga Jugoslávia. De 2003 a 2006 a cidade pertencia à Sérvia e Montenegro onde nesse mesmo ano Sérvia e Montenegro se separam formando dois países e aí a cidade fica a pertencer só à Sérvia.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município de Čačak está localizado no centro oeste da Sérvia a 144 km da capital, Belgrado. A fronteira do país mais próximo é com a Bósnia e Herzegovina. A área territorial do município é de 636 quilómetros quadrados.

Tem um clima continental húmido com temperatura média de 10,47 °C, com 74,1% de humidade, verões quentes e invernos frios. A temperatura média em agosto é de 22 °C. A média em Janeiro é de 0,5 °C. Durante aproximadamente 38 dias cai neve. A velocidade média do vento é de 2,3 m/s. Às vezes, a areia do deserto do Saara traz problemas para a população da cidade, principalmente no trânsito onde afeta muito a visibilidade. A precipitação média anual é de 735 milímetros.

História[editar | editar código-fonte]

Pré-história[editar | editar código-fonte]

Em Čačak há diversos lugares arqueológicos, que datam a pré-história sendo o mais antigo datado do século XV a.C.. Há vários túmulos do tipo greco-ilíria que foram encontrados em dois montes de Atenica que datam o século XVI a.C..

Em Mrčajevci foram encontrados mamoas (tumuli) pré-históricos. Ainda nesta área viveram os povos Tribálios e os escordiscos antes de terem chegado os romanos.

Era Romana[editar | editar código-fonte]

Na aldeia Jelica-Gradina, foi escavado um forte romano em que continha várias sepulturas (Necrópole) e três igrejas em estilo martírio. Uma das igrejas produziu os pentanummion (Nummo) para o imperador Justiniano de 526 a 537. Acredita-se que tenha construído o forte no ano de 530.

Ainda nesta área várias termas foram construídas pelos romanos desde o século II ao século IV, sendo que uma delas ainda existe localizando-se atrás de uma escola de Economia.

Idade Média[editar | editar código-fonte]

Durante o reinado do Imperador Bizantino Heráclio (610 a 641) os sul-eslavos chegaram também ao local. Nesta altura estes permaneceram em Culina sobre a montanha de Kablar.

De 1168 a 1189, Stracimir Zavidović, irmão de Stefan Nemanja, controlava a região de Zapadna Morava e também em Čačak numa altura em que ainda era Gradac.

Nesta altura ergueu-se a igreja de Nossa Senhora ou Morávia Gradac. O nome da cidade significa lama em língua turca. A igreja posteriormente foi convertida a uma mesquita pelos turcos quando estes chegaram em 1459.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.