(285263) 1998 QE2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


1998 QE2
Primeiras imagens de radar do asteroide 1998 QE2. As imagens foram feitas quanto o asteroide estava a 6 milhões de quilômetros da Terra e revelaram a presença de uma lua.[1]
Número 285263
Data da descoberta 19 de agosto de 1998
Descoberto por LINEAR
Categoria asteroide Amor
Elementos orbitais
Semieixo maior 2.421509212 UA
Perélio 1.038719347 UA
Afélio 3.804299076 UA
Excentricidade .5710446436
Período orbital 1376.345969 d (3.77 a)
Anomalia média 351.6073025
Inclinação 12.85422984º
Longitude do nó ascendente 250.1715449
Argumento do periastro 345.6122480
Características físicas
Magnitude absoluta 17.073
Albedo 0.06

(285263) 1998 QE2 é um asteroide próximo da Terra de 2,7 km de diâmetro[2] descoberto em 19 de agosto de 1998 pelo programa LINEAR (Lincoln Near-Earth Asteroid Research) sediado na região de Socorro, Novo México.[3] A órbita de 1998 QE2 é bem conhecida, pois dados a seu respeito vêm sendo coletados há 14,7 anos, o que permite determinar a posição do asteroide com grande precisão.[4]

1998 QE2 e sua lua fizeram sua aproximação máxima da Terra em 31 de maio de 2013 às 20:59 UTC, passando a aproximadamente 6 milhões de quilômetros de distância.[1] [4] Esta foi a maior aproximação que o asteroide fará da Terra nos próximos dois séculos.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

A substância que reveste a superfície de 1998 QE2 parece-se com fuligem, o que sugere a possibilidade de o asteroide ser o resto de um cometa que passou muito perto do Sol.[5] [6] Contudo, a invariante de Tisserand em relação a Júpiter (TJ) de 3,2 levanta suspeitas quanto a esta hipótese.[2] O asteroide, com um albedo de 0,06, é quase tão escuro quanto asfalto fresco.[2] 1998 QE2 é um asteroide do tipo Amor, o que significa que a sua órbita está completamente além do afélio da Terra.[4] A distância mínima de interseção orbital (DMIO) entre a Terra e 1998 QE2 é de 0,035 UA.[4] O asteroide tem um período orbital de 3,77 anos.[4]

Satélite S/2013 (285263) 1[editar | editar código-fonte]

O radar astronômico do observatório Goldstone revelou em 29 de maio de 2013 que uma lua de aproximadamente 600 m de diâmetro orbita 1998 QE2.[1] O objeto foi batizado provisoriamente de S/2013 (285263) 1.[carece de fontes?] Nas imagens de radar o pequeno satélite tem um brilho mais intenso e um tamanho bastante reduzido, quando comparado a 1998 QE2. Este fenômeno pode estar sendo causado pelo fato de o satélite ter uma rotação menor do que o asteroide que orbita, o que levaria à sua aparente compressão através do eixo de Doppler.[7] [8] Assim que a órbita de seu satélite estiver melhor determinada, astrônomos serão capazes de calcular a massa e a densidade de 1998 QE2.

Passagem pela Terra[editar | editar código-fonte]

Posição de 1998 QE2 em relação aos planetas interiores em 31 de maio de 2013.

O asteroide é conhecido desde 1998 e vem sendo acompanhado pelo programa NEO, que rastreia objetos orbitando próximo da Terra.[3] [4] Como previsto,[9] [10] 1998 QE2 e sua lua passaram pela Terra em 31 de maio de 2013 às 20:59 UTC a 0,039 UA (aproximadamente 6 milhões de quilômetros ou o equivalente a 15,6 vezes a distância da Terra à Lua).[1] [4] O asteróide voltará a passar tão próximo da Terra somente em 27 de maio de 2221, quando sua aproximação máxima estimada será de 0,038 UA (o equivalente a 5 700 000 km).[2] Os parâmetros de sua órbita indicam que 1998 QE2 passou a 0,08 UA da Terra em 8 de junho de 1975, exibindo uma magnitude aparente de 13,9 unidades.[4] [11] Em sua próxima visita, em 12 de julho de 2028, ele deverá passar a 73 milhões de quilômetros da Terra.[12]

1998 QE2, apesar de sua proximidade à Terra, somente pôde ser observado através de telescópios, pois atingiu uma magnitude aparente de apenas 11 unidades.[2] [13] Por outro lado, o asteroide foi um alvo muito bom para astronomia de radar a partir do observatório Goldstone, entre 30 de maio e 09 de junho, e do radiotelescópio de Arecibo, entre 06 e 12 de junho.[2]

1998 QE2 tem dimensões semelhantes àquelas do asteroide que teria causado a extinção dos dinossauros, mas é certo que, nesta e nas próximas passagens, não há risco de este vir a impactar-se com a Terra.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d NASA Radar Reveals Asteroid Has Its Own Moon (em inglês) NASA.gov (31 de maio de 2013). Visitado em 01 de junho de 2013.
  2. a b c d e f g Benner, Lance A.M. (28 de maio de 2013). (285263) 1998 QE2 Goldstone Radar Observations Planning (em inglês) NASA/JPL Asteroid Radar Research. Visitado em 30 de maio de 2013.
  3. a b MPEC 1998-Q19 : 1998 QE2 (em inglês) IAU Minor Planet Center (22 de agosto de 1998). Visitado em 30 de maio de 2013.
  4. a b c d e f g h JPL Close-Approach Data: 285263 (1998 QE2) (em inglês) (28 de maio de 2013). Visitado em 30 de maio de 2013.
  5. a b Asteroide sfiorerà la Terra: l'appuntamento è il 31 maggio (em it). Visitado em 18 de maio de 2013.
  6. Netburn, Deborah (24 de maio de 2013). Dark, massive asteroid to fly by Earth on May 31 (em inglês). Visitado em 24 de maio de 2013.
  7. Harris, Alan (30 de maio de 2013). Re: {MPML} (285263) 1998 QE2 - Image & Animation (em inglês) mpml · A list for asteroid and comet researcher Yahoo! Groups. Visitado em 02 de junho de 2013.
  8. Lakdawalla, Emily (30 de maio de 2013). Say "hi!" to asteroid -- actually, asteroids -- (285263) 1998 QE2 (em inglês) The Planetary Society. Visitado em 30 de maio de 2013.
  9. Agência Lusa. Asteroide passa nesta sexta-feira a 5,8 milhões de quilômetros da Terra. Visitado em 31 de maio de 2013.
  10. Agência Brasil. Asteroide que passa perto da Terra hoje tem lua própria, diz Nasa. Visitado em 31 de maio de 2013.
  11. (285263) 1998QE2 Ephemerides for 8 June 1975 (em inglês) NEODyS (Near Earth Objects - Dynamic Site). Visitado em 30 de maio de 2013.
  12. Asteroid 1998 QE2 Passes Earth NASA. Visitado em 01/06/2013.
  13. Un asteroide de 3 kilómetros se acercará a la Tierra el día 31 sin peligro de impacto (em espanhol). Visitado em 31 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]