(Pronounced 'Lĕh-'nérd 'Skin-'nérd)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2014).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
(Pronounced 'Lĕh-'nérd 'Skin-'nérd)
Álbum de estúdio de Lynyrd Skynyrd
Lançamento 13 de agosto de 1973
Gravação 27 de março a 1 de maio de 1973
Studio One, Doraville
Gênero(s) Southern Rock
Blues Rock
Duração 43:03
Idioma(s) inglês
Produção MCA
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Lynyrd Skynyrd
Último
Último
Second Helping
(1974)
Próximo
Próximo

(Pronounced 'Lĕh-'nérd 'Skin-'nérd) é o álbum de estreia da banda estadunidense Lynyrd Skynyrd, lançado em 1973, e traz algumas das canções mais famosas da banda, como "Tuesday's Gone", "Simple Man" e "Free Bird", que tornou a banda famosa nos Estados Unidos. O álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.[1]

O baixista Leon Wilkeson deixou a banda durante as primeiras sessões de gravação do álbum, participando apenas de duas faixas. O guitarrista do Strawberry Alarm Clock, Ed King, foi convidado para gravar o baixo no resto das músicas, uma vez que elas já haviam sido compostas por Wilkeson e estavam prontas para serem gravadas. Ed King, entretanto, permaneceu tocando com a banda e acabou por tornar-se um membro efetivo, de modo que eles passaram a contar com três guitarristas em seus shows. Terminada a gravação do álbum, Wilkeson resolveu retornar à banda, chegando pouco antes da foto da capa ser tirada — assim, ele apareceu na capa do álbum e embarcou com a banda para a turnê.

Na capa, os membros da banda aparecem, da esquerda para a direita: Leon Wilkeson, Billy Powell, Ronnie Van Zant, Gary Rossington (sentado), Bob Burns, Allen Collins e Ed King. A foto foi tirada na rua principal da cidade de Jonesboro, coincidentemente a alguns metros, atrás do fotógrafo, de onde seria rodada a cena de filme onde Burt Reynolds e Jerry Reed carregam a cerveja Coors em Smokey and the Bandit, quatro anos depois.

O álbum foi relançado em 2001 com faixas bônus, incluindo demos originais de algumas das músicas.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Em 2003, o álbum alcançou a 401ª posição na Lista dos 500 melhores álbuns de sempre da revista Rolling Stone. Foram vendidas mais de duas milhões de cópias em todo mundo.[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado A
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "I Ain't the One"   Gary Rossington, Ronnie Van Zant 3:53
2. "Tuesday's Gone"   Allen Collins, Rossington, Zant 7:32
3. "Gimme Three Steps"   Collins, Zant 4:30
4. "Simple Man"   Rossington, Zant 5:57
Duração total:
21:52
Lado B
N.º Título Compositor(es) Duração
5. "Things Goin' On"   Rossington, Zant 5:00
6. "Mississippi Kid"   Al Kooper, Zant, Bob Burns 3:56
7. "Poison Whiskey"   Ed King, Zant 3:13
8. "Free Bird"   Collins, Zant 9:18
Duração total:
21:27

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Musical
Adicional
Técnicos

Referências