.38 ACP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
.38 ACP

O .38 ACP (Automatic Colt Pistol), 9 x 23 mm SR, ou simplesmente .38 Auto é um calibre desenvolvido para uso de pistolas semi automáticas que utilizassem o sistema blowback, sendo introduzido ao fim do século por John Browning para a pistola Colt Modelo 1900.

Não deve ser confundido o calibre 9 x 23 mmSR com o calibre 9 x 23 mmWinchester.

História[editar | editar código-fonte]

Colt Model 1900
Foto de AdamsGuns.com

O Modelo 1900 da Colt introduziu o .38 ACP comercialmente, entretanto o mesmo fora desenvolvido desde 1897 por um protótipo seu que não fora desenvolvido pela Colt.

Apesar de não ter sido um sucesso em vendas, tornou-se mais aceito que o .38 Super Auto.

Desenvolvido dos 7.65 milímetros Parabellum, o 9mm Parabellum tinha melhor aceitação na Europa, pois o calibre Luger era balisticamente similar ao .38 ACP, mas utilizava menores dimensões com pressões mais elevadas. John Browning ainda tentou competir com o calibre 9 mm Browning Long [9 x 20 mm] em 1903 e sem sucesso desenvolveu o .380 ACP [9 x 17 mm Short] em 1908. O .380 ACP tornou-se um dos calibres mais usados no Brasil pelo usuário civil, e o .38 ACP torno-se obsoleto.

Ver também[editar | editar código-fonte]