.38 Smith & Wesson Special

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Exemplares da munição.

O calibre .38 Smith & Wesson Special ou simplesmente .38 Special ou 38 Special, ou .38 SPL é uma munição de fogo central projetada pela Smith & Wesson em 1902. É uma munição própria para revólveres, contudo existem pistolas que usam esse cartucho.

Foi o calibre padrão da maioria das forças policiais nos Estados Unidos entre a década de 1920 até a de 1980. No Brasil, o calibre ainda é usado pelas polícias militares, ainda que tenha havido uma gradual mudança para o calibre .40 S&W.

As 0,38 polegadas referem-se ao diâmetro aproximando do cartucho. Exceto pelo comprimento, que é menor, o diâmetro do .38 Special não é idêntico ao do .357 Magnum9,0678mm (9.652mm - projétil) visto que o .357 Magnum foi desenvolvido a partir do .38 em 1935. Essas características permitem o uso da munição .38 Special em revólveres construídos para o calibre .357 Magnum. O contrário não se dá pelo maior comprimento dos cartuchos 357 Magnum.

Em 1902 como um desenvolvimento do calibre .38 Long Colt, que durante a guerra das Filipinas foi desaprovado seu stopping power, foi desenvolvido o .38 Special.

O 38 Special foi inicialmente projetada para uso com pólvora negra, e depois passou a usar a pólvora sem fumaça quando esta se tornou popular, no início da década de 20.

Na década de 1930, revólveres de estrutura reforçada destinados ao tiro esportivo permitiram o desenvolvimento do .38 Special Hi-Speed e, posteriormente, do .357 Magnum.

Os revólveres reforçados que originalmente eram usados no calibre .44 Special, sobreviveram no calibre 38 Special por três décadas até que os revólveres .357 Magnum se tornaram mais famosos.

O calibre .38 Special +P é uma versão mais potente desse calibre devendo ser usadas apenas em revólveres .38 reforçados ou em revólveres .357 Magnum. De acordo com a Tabela Marshall que indica stopping power de diversos calibres de armas curtas o .38 Special com munição +P ponta oca de 158 grains, tem como maior grau de eficiência já registrado um índice de 78%. Isso significa que essa munição tem 78% de chance de parar um agressor com apenas um disparo.

O calibre é muito popular nos rifles com alavanca, como a Puma.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre .38 Smith & Wesson Special