16 bits

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Março de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Processadores
4 bits 8 bits 12 bits 16 bits 18 bits 24 bits 31 bits 32 bits 36 bits 48 bits 60 bits 64 bits 128 bits
Aplicações
16 bits 32 bits 64 bits
Tamanhos de informação
nibble   octeto   byte   palavra   dword   qword

16 bits é uma referência à geração de computadores construídos com processadores de 16 bits. Ele descreve o tamanho da "palavra" utilizada para representar inteiros, endereço de memória e outros tipos de dado que são na maioria constituídos de 16 bits (2 octetos). O termo define também a arquitetura da CPU e da ULA. Um processador de 16 bits é capaz de acessar uma memória de até 64 MB.[1]

Os processadores que utilizam 16 bits são da "era" dos conhecidos Intel 80188 e 80286. Eles foram os mais utilizados no mundo durante sua época, tendo função em escolas, prédios governamentais, escritórios e em casas.

Estes traziam em seu interior registradores que trabalhavam com 4 grupos de 4 bits cada(4x4 = 16), através de seus registradores ah(registrador acumulador), bh(registrador de base indexado), ch(registrador para laços), dh(registrador de "contas" com palavras), com os quais é possível realizar muitas tarefas no computador.

Referências

  1. Borland Turbo C++ 1.01 in-program manual. Visitado em 15 de janeiro de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.