20º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
20° Batalhão de Polícia Militar
20 BPM.jpg
Brasão
País  Brasil
Estado  Rio de Janeiro
Corporação Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro
Subordinação 3º Comando de Policiamento de Área
Sigla 20° BPM
Criação 1975
Aniversários 21 de outubro
Patrono Coronel Manoel Elísio dos Santos
Sede
Sede Mesquita
Bairro Centro
Endereço Rua Tenente Aldir Soares Adriano, nº 354
Internet http://20bpm.wordpress.com

O Vigésimo Batalhão de Polícia Militar (20º BPM) é uma Organização Policial Militar (OPM) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Ele está subordinado ao 3º Comando de Policiamento de Área (3º CPA).


Histórico[editar | editar código-fonte]

O 20º Batalhão de Polícia Militar tem sua origem na 2º Companhia Independente de Polícia, criada pelo Decreto-Lei nº 5790, de 26 de outubro de 1966. Esta decisão atendia anseios da população, uma vez que, com o desenvolvimento da região da Baixada Fluminense, a implantação de uma unidade da PMRJ representava um ganho social sem precedentes para a população, pois esta passou a estar mais próxima das decisões dos gestores de segurança pública, decisões estas que passaram a ser orientadas pelas demandas recentes. Por ato do Comandante-Geral da Corporação, publicado no Boletim da Polícia Militar de nº. 153, de 21 de outubro de 1975, a unidade passou a ser denominada Núcleo do 20º BPM.

O aquartelamento originário foi construído em uma área próxima à Estação Ferroviária de Edson Passos, e se traduzia numa instalação precária, de madeira, sem espaço e conforto para os integrantes da Unidade.

Os militares carinhosamente a chamaram "Barracão", denominação imediatamente aceita pela população, sendo esta, a primeira prova de carinho com a Unidade. Pelo Decreto nº 1095, de 2 de fevereiro de 1977, foi criado o Vigésimo Batalhão de Polícia Militar que se tornou através dos tempos, uma referência na Corporação e motivo de orgulho entre seus militares e a população da Baixada Fluminense. O novo aquartelamento foi inaugurado em 27 de outubro daquele ano, no Distrito de Mesquita, hoje emancipado.

Área de Atuação[editar | editar código-fonte]

A Área de Policiamento do Batalhão é constituída pelos territórios dos Municípios de Nova Iguaçu, Nilópolis e Mesquita, com 577.82 Km² em que há representação de diversos segmentos sociais, culturais e econômico-financeiros através dos seus 1.047.311 habitantes. Há um número incontável de moradias, um parque industrial em franco crescimento e vem se transformando também em região turística, pois abriga parte da Mata Atlântica, ainda nativa, na região de Tinguá, Adrianópolis; o Parque Municipal de Nova Iguaçu, localizado no Maciço do Gericinó, entre as Serras de Madureira e do Mendanha, a cachoeira Véu da Noiva, lagos naturais, a cratera de um vulcão extinto, mirantes com belas paisagens.