3 Feet High and Rising

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2013).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
3 Feet High and Rising
Álbum de estúdio de De La Soul
Lançamento 3 de Março de 1989
Gravação 1988, Calliope Studios, N.Y.
Gênero(s) Hip-Hop
Hip hop alternativo
Duração 65:59 (álbum)
45:56 (CD bônus)
Formato(s) CD, LP
Gravadora(s) Tommy Boy / Warner Bros. Records
Produção Prince Paul
Certificação Platinum.png Platina (RIAA)
Cronologia de De La Soul
Último
Último
De La Soul Is Dead
(1991)
Próximo
Próximo

3 Feet High and Rising é o álbum de estreia do grupo americano de hip-hop De La Soul, lançado em 1989.

O álbum marca a primeira das três parcerias com o produtor Prince Paul, e se tornaria o disco mais aclamado e mais vendido de ambos. É constantemente citado nas listas dos "maiores álbuns" por críticos musicais e publicações.[1] Robert Christgau afirmou que "é um álbum de rap que nem você nem ninguém jamais ouviu."[2] Em 1998, o álbum foi selecionado como um dos 100 Melhores Álbuns de Rap pela revista The Source.[3]

Tanto sucesso de crítica como também comercial, o álbum contem as mais conhecidas canções do grupo como "Me Myself and I", "Buddy" e "Eye Know". Em 23 de Outubro de 2001, o álbum foi relançado acompanhado de um disco extra com raridades, Lados-B e versões alternativas. O título do álbum foi inspirado em um verso da canção de Johnny Cash, "Five Feet High and Rising".

A Música[editar | editar código-fonte]

As letras do álbum não são usuais para o seu tempo. Ao lado da exortação por paz e harmonia, muitas canções falam de assuntos diversos: ato sexual ("Jenifa Taught Me"), amor ("Eye Know") e insegurança quanto a própria aparência e a relação com a moda ("Can U Keep a Secret", "A Little Bit of Soap" e "Take It Off"). Com exceção de "Do As De La Does", há poucas letras com conteúdo mais pesado, em contraste com a maioria dos álbuns de hip-hop da época. Muitas letras são cheias e humor e nonsense, predecessoras em estilo de artistas como MF Doom e Busta Rhymes. Muitos ouvintes que comparavam o grupo aos hippies os criticavam pela inocência das letras, muitas relacionadas a questôes de complexos, como em "Tread Water", onde uma série de animais exortam o ouvinte a manter uma atitude positiva.

A primeira faixa, intitulada "Intro", é um skit dentro de um game show. Os competidores (personificados pelos membros do De La Soul junto com o produtor Prince Paul) devem responder perguntas feitas pelo apresentador (Al Watts), e suas tentativas em responder as questões aparecem em skits durante todo o álbum. A canção "Ghetto Thang" é uma das poucas não-positivas do álbum. Uma história triste de pobreza e outras questões sociais, embora o De La Soul seja de um subúrbio de classe média: Amityville, Nova Iorque em Long Island.

Recepção e Influência[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg [4]
BBC (favorável) [5]
RapReviews.com (10/10) [6]
Robert Christgau (A-) [7]

Foi listado na revista Rolling Stone 200 Discos Essenciais de Rock e na lista da revista The Source 100 Melhores Álbuns de Rap. Village Voice listou o disco em número 1 na enquete anual Pazz & Jop de 1989.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Intro" – 1:41
  2. "The Magic Number" – 3:14
  3. "Change in Speak" – 2:33
  4. "Cool Breeze on the Rocks (Interlude)" – 0:46
  5. "Can U Keep a Secret" – 1:38
  6. "Jenifa Taught Me (Derwin's Revenge)" – 3:25
  7. "Ghetto Thang" – 3:35
  8. "Transmitting Live From Mars (Interlude)" – 1:06
  9. "Eye Know" – 4:06
  10. "Take It Off" – 1:53
  11. "A Little Bit of Soap (Interlude)" – 0:47
  12. "Tread Water" – 3:54
  13. "Potholes in My Lawn" – 4:14
  14. "Say No Go" – 4:20
  15. "Do as De La Does (Interlude)" – 1:58
  16. "Plug Tunin' (Last Chance to Comprehend)" – 4:13
  17. "De La Orgee (Interlude)" – 1:11
  18. "Buddy" (com Jungle Brothers e Q-Tip) – 4:56
  19. "Description (Interlude)" – 1:24
  20. "Me Myself and I" – 3:41
  21. "This Is a Recording 4 Living in a Fulltime Era (L.I.F.E.)" – 3:16
  22. "I Can Do Anything (Delacratic) (Outro)" – 0:40
  23. "D.A.I.S.Y. Age" – 3:58
  24. "Plug Tunin'" (Original 12" Version) – 3:41

Disco Bônus[editar | editar código-fonte]

Quando a Tommy Boy Records relançou 3 Feet High and Rising em 23 de Outubro de 2001, a prensagem inicial incluía este CD bônus. Este CD contem lados-B, versões alternativas das faixas e skits que seriam incluídos em outros álbuns do De La Soul.

  1. "Freedom of Speak (We Got Three Minutes)" – 2:59
  2. "Strickly Dan Stuckie (Interlude)" – 0:42
  3. "Jenifa (Taught Me)" (12" version) – 4:42
  4. "Skip to My Loop (Interlude)" – 1:12
  5. "Potholes in My Lawn" (12" version) – 3:46
  6. "Me, Myself & I" (Oblapos Mode) – 3:31
  7. "Ain't Hip to be Labeled a Hippie" – 1:50
  8. "What's More (From the Soundtrack Hell on 1st Avenue) (Interlude)" – 2:05
  9. "Brain Washed Follower" – 2:49
  10. "Say No Go" (New Keys vocal) – 4:45
  11. "The Mack Daddy on the Left" – 2:31
  12. "Double Huey" – 3:52
  13. "Ghetto Thang" (Ghetto Ximer) – 3:52
  14. "Eye Know" (The Know It All mix) – 7:12

Samples[editar | editar código-fonte]

A lista a seguir mostra as canções e sons sampleados para 3 Feet High and Rising.

Álbum[editar | editar código-fonte]

Disco Bônus[editar | editar código-fonte]

  • "Freedom of Speak (We Got Three Minutes)"
    • "Funky President" por James Brown
    • "Get on the Good Foot" por James Brown
  • "Strictly Dan Shuckie"
    • "Schoolboy Crush" por The Average White Band
  • "Skip to My Loop"
  • "Ain't Hip to Be Labeled a Hippie"
  • "What's More"
  • "Brain-Washed Follower"
    • "Booty Butt" por Ray Charles
    • "Funky President" por James Brown
    • "So This Is Our Goodbye" por The Moments
    • "You Made a Believer (Out of Me)" por Ruby Andrews
  • "The Mack Daddy on the Left"
    • "Hector" por the Village Callers

Miscelânea[editar | editar código-fonte]

  • Embora a ideia tenha sido rapidamente abandonada, o conceito original por trás do grupo era que Mase era um PA e Posdnuos e Dove eram os plugues de microfone, transmitindo mensagens de Marte. Esta é a origem dos apelidos de Posdnuos e Dove, Plug One e Plug Two, respectivamente.
  • O grupo The Turtles processou o De La Soul e a Tommy Boy alegando sampling sem autorização (foi feito um loop da canção original, diminuíram a velocidade e foi tocada de trás para frente) de "You Showed Me" na faixa "Transmitting Live from Mars".
  • O título 3 Feet High and Rising vem de uma canção de Johnny Cash chamada "Five Feet High and Rising" ("How high's the water, Mama?/It's three feet high and rising" - A água está quente, mamãe?/Está com três graus e subindo). Está canção foi sampleada no álbum. Alguns interpretaram o título como uma referência ao abuso de drogas; De La Soul não fez comentários sobre esta interpretação.
  • Os membros do grupo dizem que a única coisa que mudariam em 3 Feet High and Rising é a capa, porque as cores muito fortes e luminosas não combinam com seus rostos em preto e branco.

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Jungle Brothers – artista
  • De La Soul – arranjos, produtor assistente
  • Prince Paul – arranjos, produtor, mixagem
  • Q-Tip – artista
  • Sue Fisher – engenheiro
  • Trugoy the Dove – arranjos
  • Bob Coulter – engenheiro
  • Al Watts – mixagem
  • Steven Miglio – layout

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Potholes in My Lawn"
    • Lançado: 1988
    • Lado B: "They Don't Know That the Soul Don't Go for That"
  • "Plug Tunin'"
    • Lançado: 1988
    • Lado B: "Freedom of Speak"
  • "Me Myself and I"
    • Lançado: 1989
    • RIAA: Ouro
    • Lado B: "Brain Washed Follower"
  • "Buddy"
    • Lançado: 1989
    • Lado B: "Ghetto Thang"
  • "Eye Know"
    • Lançado: 1989
    • Lado B: "The Mack Daddy on the Left"
  • "Say No Go"
    • Lançado: 1989
    • Lado B: "The Mack Daddy on the Left"
  • "The Magic Number"
    • Lançado: 1990
    • Lado B: "Buddy" (Native Tongue Decision version — edit)

Singles nas paradas[editar | editar código-fonte]

Data Título Parada Posição
1989 "Me Myself and I" The Billboard Hot 100 No. 34
1989 "Me Myself and I" Hot Rap Singles No. 1
1989 "Potholes in My Lawn" Hot Rap Singles No. 22
1989 "Say No Go" Hot Rap Singles No. 11
1989 "Me Myself and I" Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks No. 1
1989 "Say No Go" Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks No. 32
1989 "Me Myself and I" Hot Dance Music/Club Play No. 1
1989 "Say No Go" Hot Dance Music/Club Play No. 3
1989 "Me Myself and I" Hot Dance Music/Maxi-Singles Sales No. 1
1989 "Say No Go" Hot Dance Music/Maxi-Singles Sales No. 13
1990 "Buddy" Hot Rap Singles No. 2
1990 "Buddy" Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks No. 18
1990 "Buddy" Hot Dance Music/Club Play No. 27
1990 "Buddy" Hot Dance Music/Maxi-Singles Sales No. 11

Referências