4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada
4bdacav.jpg
Subordinação Comando Militar do Oeste
Sigla 4ª Bda C Mec
Criação 1980
Comando
Gen Bda Cmb Rui Yutaka Matsuda[1]
Sede
Endereço Avenida Guaicurus, 8000
Dourados
 Mato Grosso do Sul

A 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (4ª Bda C Mec), conhecida também pela alcunha Brigada Guaicurus, é uma das Brigadas do Exército Brasileiro. Sua sede localiza-se em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Sua área de influência compreende toda a região sul de Mato Grosso do Sul. É subordinada ao Comando Militar do Oeste, com sede em Campo Grande.

História[editar | editar código-fonte]

A 4ª Divisão de Cavalaria, sediada em Campo Grande, foi a última Grande Unidade do Exército Brasileiro organizada em regimentos a cavalo. Em dezembro de 1980 sofreu uma grande mudança estrutural e passou a ser denominada 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (ou Brigada Guaicurus). No ano seguinte foi transferida para Dourados, onde o Comando passou a ocupar as atuais instalações.

A denominação histórica de Brigada Guaicurus foi uma justa homenagem aos índios Guaicurus, exímios canoeiros e destemidos cavaleiros que, com o seu modo de vida campesina, mudando freqüentemente em busca de pastagens para suas manadas, foram senhores das planícies entre os Rios Apa e Miranda, contribuindo para a conquista e manutenção de grande parte da fronteira sul-mato-grossense.

A Fronteira Oeste foi ocupada militarmente a partir do século XVIII: as primeiras Colônias Militares foram criadas no ano de 1855, nas localidades de Brilhante e Nioaque e em 1856 foi fundada a Colônia Militar de Dourados. Com o surgimento das primeiras questões de limites com o Paraguai, ganharam sua verdadeira conotação bélica. A primeira resistência encontrada pela força adversária foi a Colônia Militar de Dourados, onde se desenvolveu a epopéia de Antônio João.

Organizações subordinadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]