4'33"

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

4'33" é uma composição musical pelo compositor avant-garde John Cage, com frequência descrita (de maneira um tanto errônea) como "quatro minutos e meio de silêncio". Embora sua primeira apresentação tenha sido ao piano, a peça foi composta para qualquer instrumento musical ou conjunto de instrumentos e está estruturada em três movimentos.

A partitura de 4'33" contém três movimentos em que o músico não deve executar nenhuma nota em seu instrumento. Após a entrada no palco e os aplausos, o músico deve colocar-se em posição de execução e permanecer assim durante toda a duração da obra (quatro minutos e trinta e três segundos).

Questionando o paradigma da música ocidental, que explicava a música como uma série ordenada de notas, ou o que se esperaria de um concerto normal, Cage se voltou para outras concepções de música. A peça não pode ser chamada de silent piece, pois a música ouvida na hora foi o ruído do teatro. Segundo a concepção oriental de música pesquisada por Cage, esta seria o som ao qual se presta atenção.

Além disso, Cage quis fazer entender que a música é muito mais do que ruído, isto significa que para fazer música nós precisamos de introduzir o silêncio nele, ou seja, é a partir do silêncio que se cria a música. É de acrescentar que essa música que ele demonstra existir provem do meio onde estamos como carros a passar, o choro de um bebé, ruído do teatro, entre outros, ou seja, os típicos ruídos nada considerados modernos.

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.