4 (álbum de Beyoncé Knowles)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
4
Álbum de estúdio de Beyoncé
Lançamento 28 de Junho de 2011[1]
(ver abaixo o histórico de lançamento)
Gravação 2010 — 2011
Gênero(s) R&B, pop, soul, funk
Duração 46:33
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Columbia Records
Produção The-Dream, Beyoncé Knowles, Nick van de Wall, Wesley Pentz, David Taylor, Adidja Palmer, Switch, Shea Taylor
Cronologia de Beyoncé
Último
Último
I Am... Sasha Fierce
(2008)
Beyoncé
(2013)
Próximo
Próximo
Capa da edição deluxe
Singles de 4
  1. "Run the World (Girls)"
    Lançamento: 21 de abril de 2011
  2. "Best Thing I Never Had"
    Lançamento: 1 de junho de 2011
  3. "Countdown"
    Lançamento: 4 de outubro de 2011
  4. "Party"
    Lançamento: 26 de outubro de 2011
  5. "Love on Top"
    Lançamento: 7 de dezembro de 2011
  6. "End of Time"
    Lançamento: 22 de abril de 2012
  7. "I Was Here"
    Lançamento: 14 de agosto de 2012

4 é o quarto álbum de estúdio da cantora norte-americana Beyoncé, lançado em 28 de Junho de 2011 pela gravadora Columbia Records.[2] Esse é o primeiro álbum em que Beyoncé trabalhou sem a administração de seu pai Matthew Knowles, seu ex-empresário.[2]

O primeiro single do álbum foi "Run the World (Girls)" lançado no dia 21 de Abril de 2011,a música traçou o gráfico da Billboard Hot 100 ficando na posição de número 29.[3] No dia 11 de Abril Beyoncé lançou no American Idol "1+1", como single promocional, apesar de não ter solicitado airplay, a música debutou nas paradas dos Estados Unidos e Canadá [4] O segundo single foi "Best Thing I Never Had", lançado nas rádios americanas, dia 1 de Junho, e no iTunes horas seguintes. O álbum debutou em primeiro na parada da Billboard 200, vendendo aproximadamente 310.000 mil cópias no país, tornando Beyoncé a terceira pessoa e a segunda mulher a ter 4 álbuns seguidos debutando em primeiro lugar, além disso ela tem agora 4 álbuns com estréias maiores a 300 mil cópias. Até Outubro de 2012 o álbum vendeu aproximadamente 4 milhões de cópias no mundo todo.

Antecedentes e gravação[editar | editar código-fonte]

Beyoncé começou o processo de reprodução de música com a banda de Fela!, um musical da Broadway baseado na vida do pioneiro de Afrobeat o africano Fela Kuti, e músicas gravadas em todos os lugares de Nova York para a Austrália para o estúdio Peter Gabriel na cidade rural inglesaq "Bath". Ela trabalhou com vários colaboradores, antigos e novos. Produtores como Jim Jonsin e Ne-Yo foi reconhecido por ter colaborado com Beyoncé no álbum. O cantor e produtor Ne-Yo disse: "Está vindo muito bem. Eu não posso falar muito sobre ele, mas é um outro sentido para ela, ela está conquistando seu próprio nicho."[5] Jonsin falou de sua intenção de criar década de 1980 com influências de música electro usando dura bateria.[5]

Em uma entrevista, durate a premier do primeiro single, Run the World (Girls), Beyoncé contou ao proprietário do site Just Jared, que preferiu usar o tom de voz que são habituais de suas performances ao vivo:

Cquote1.svg Ao editar o I Am... World Tour, notei que o tom da minha voz é diferente ao vivo. Então eu usei esse tom durante todo o disco. Eu queria fazer algo refrescante e diferente, então eu misturei gêneros e me inspirei em turnês, fui viajar, ver bandas de rock, e ir às festas (...) eu era como uma cientista louca, colocando várias músicas diferentes ao mesmo tempo. Cquote2.svg
Beyoncé para o site Just Jared[6]

Em janeiro de 2011 a produtora "S1" através do Twitter confirmou que tinha contribuído para o álbum.[7] Sean Garrett mencionou sua contribuição, afirmando que ele tinha "vindo a trabalhar com [Knowles] extremamente duro ... ela é a minha favorita".[8] Ele descreveu o estilo de música que havia sido produzido, "Eu penso que nós estamos fazendo um monte de up-tempo para este álbum. Ela está em um lugar tão bom agora na vida que ela está interessada em fazer parte da música". Em 24 de janeiro, o produtor Diplo anunciou que tinha feito parte da gravação de uma música de Beyoncé, a canção "Run the World (Girls)".[9] Christopher "Tricky" Stewart, The-Dream, Bangladesh, Rodney "Darkchild" Jerkins , Frank Ocean , Kanye West , Q-Tip e Alja Jackson também estão trabalhou no álbum. Sia e Talay Riley têm escrito canções que arrojados para o álbum. Em 31 de maio de 2011, o grupo americano de rock, OneRepublic composta por "Ryan Tedder" e "Zach Filkins" , confirmou via Twitter que trabalhou na última canção para o álbum.[10]

Diane Warren, revelou em uma entrevista para "PopWrap" em 1 de junho de 2011, que ela também contribuiu para o álbum. Ela declarou: "Eu acabei de escrever em uma semana e meia atrás, que Beyoncé gravado minha música e eu acho que é a melhor coisa que eu já escrevi. Cantou-la incrivelmente. Eu acho que é uma das melhore canções da minha carreira e, provavelmente, é a favorita que eu já escrevi"[11] Beyoncé explicou para Gabriel Alvarez da revista "Complex" como ela descobriu Futuro velho membro, Frank Ocean: "Jay [Z] tinha um CD tocando no carro num domingo, quando nós estávamos dirigindo para o Brooklyn. notei seu tom, seus arranjos, e sua narrativa. Eu imediatamente estendi e na manhã seguinte, perguntei-lhe para voar a Nova York e trabalhar no meu disco. Ela também disse que ela estava muito feliz e afiada com Kanye West, que lidou com a produção de "Party" em que André 3000 colabora.

Sessões de gravação de "4" esteve em estúdios de gravação ao redor do mundo, inclusive no Record Plant, em Los Angeles.

Boa parte do álbum foi gravado no MSR Studios, em Nova York. Outros estúdios de gravação na mesma cidade foram utilizados sendo Conway Recording Studios e Enormous Studios. Além destes, Knowles trabalhou no álbum em diversos estúdios pelos EUA, incluindo o Record Plant Studios em Los Angeles, o Vegas Studios, em Las Vegas, Patriot Studios em Denver, Boston Harbor Hotel Studios em Boston, na filial californiana da Conway Recording Studios em Hollywood, no Avex Honolulu Studios, em Honolulu, além do Triangle Sound Studios e Lear 60/G2 Studios, ambos em Atlanta. Fora dos Estados Unidos foram utilizados o Real World Studios em Box, cidade no sul da Inglaterra, além do renomado Metropolis Studios em Londres. Já em Sydney, na Austrália, onde partes de 4 também foram gravadas e mixadas, foi construída na mansão onde a cantora estava hospedada na época[12] , um estúdio, especificamente para a gravação do álbum[12] . Jay-Z marido de Beyoncé, estava trabalhando com Kanye West no álbum Watch the Throne no estúdio de Sydney, ao mesmo tempo, foi criado no sótão na mansão sem uma cabine de gravação, com apenas um microfone e os equipamentos de produção. Os vocais de Beyoncé para o "4" foram gravados através de um pré-amplificador de 737 Design de Avalon, e comprimido em um 1176 Peak Limiter com um 04:01 taxa de compressão de dados.[12] Em fevereiro de 2011, soube-se que o projeto estava quase pronto.[13]

No dia 7 de Junho, vinte e um dias antes do lançamento oficial do álbum, aconteceu o vazamento completo do álbum, com as suas 12 faixas. No dia seguinte, Beyoncé comentou via facebook o acontecido:

Cquote1.svg Minha música vazou e mesmo isto não sendo como eu gostaria de apresentar minhas novas canções, eu agradeço a resposta positiva dos meus fãs. Quando eu gravo minhas música eu sempre penso no meus fãs cantando e dançando cada nota a cada batida. Eu faço música para fazer as pessoas felizes e eu agradeço a todos que estavam ansiosos para ouvir minhas músicas novas. Cquote2.svg
Beyoncé em seu facebook'[14]

Conceito e arte da capa[editar | editar código-fonte]

Em fase de conclusão do álbum, Beyoncé apresentou 72 músicas para sua gravadora, em preparação para o lançamento do álbum.[15] Uma fonte do jornal The Sun disse que a Columbia Records afirmou "não estavam preparados para o grande volume de material que foram nos apresentados. Ela é claramente foi muito produtiva. Agora eles têm o difícil trabalho de escutar todas as músicas e decidir o que vai-se fazer."[15] Beyoncé declarou em entrevista à Ray Rogers da Billboard qu o título 4 foi influenciado por seu fãs. "Eu tinha um nome e conceito totalmente diferente, mas eu continuo vendo que os fãs adoram o nome de '4', e eu acho que seria uma coisa muito legal para deixá-los o nome do álbum".[16] Beyoncé acrescentou, "o aniversário da minha mãe, e um monte de aniversários dos meus amigos, estão no dia quarto."[16]

A capa oficial do álbum foi revelada no site oficial da cantora em 18 de maio de 2011. Na capa do álbum, Beyoncé é apresentada uma pose onde ela olha para o horizonte com maquiagem no olho do smokey e tem os braços erguidos sobre a cabeça com braceletes de ouro nos punhos, coberta apenas com um colete de pele 'accessorized' em ouro.[17] Jocelyn Vena da MTV News descreveu que Beyoncé está "com um olhar sexy e poderosos" falando sobre a arte da capa.[18] . A arte de capa para a edição de luxo foi mostrado no dia 16 de junho de 2011 e tem Beyoncé vestindo uma apertada vestido roxo azulado segurando as mãos em seus cabelos.[19]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Beyoncé performando a canção "1+1" no Good Morning America.

Beyoncé cantou a música "Run the World (Girls)" na "Oprah Surprise! A Farewell Spectacular" no United Center em Chicago em 17 de maio de 2011, O show foi organizado para comemorar o último episódio do programa The Oprah Winfrey Show[20] . Beyoncé também apresentou "Run the World" ao vivo no 2011 Billboard Music Awards em 22 de maio de 2011[21] . No dia 25 de maio de 2011 ela apresentou a música 1+1 na final do American Idol, No mesmo dia, a canção foi disponibilizado para download digital através do iTunes Store como um single promocional exclusivamente nos Estados Unidos[22] .

Beyoncé apareceu na "Entertainment Tonight" em 16 de junho de 2011 para promover a edição de luxo do "4" e deu aos fãs uma prévia de seus comerciais de televisão[23] . Beyoncé realizou uma turnê promocional na França, começando no Nikaia Palais, em Nice, em 20 de junho, no Zénith, em Lille em 22 de junho, e no Galaxie em Amnéville em 23 de junho. Ela também realizou um concerto de 90 minutos no Glastonbury em 26 de junho de 2011. Nesse mesmo dia, uma performance pré-gravada de Beyoncé cantando Best Thing I Never Had e "End of Time" no mesmo Festival foi transmitido no BET Awards. Uma entrevista de uma hora exclusiva com Piers Morgan, foi transmitido em 27 de junho, no "Piers Morgan Tonight" na rede americana de televisão CNN. Em 28 de junho de 2011, Beyoncé apresentou "Run the World (Girls)" e "Best Thing I Never Had" no final da X Factor Françês. Ela também cantou a Música "Run the World (Girls)" e fez uma entrevista no Le Grand Journal no mesmo dia. No dia primeiro de junho ela apresentou "Run the World (Girls)", "1+1", "Best Thing I Never Had" , "Single Ladies (Put a Ring on It)" e "End of Time" no GMA Série de Verão Concert, realizado no Rumsey Playfield no Central Park na cidade de Nova York. Beyoncé também se apresentou no festival T in the Park, na Escócia, em 09 de julho e no Festival Oxegen na Irlanda no dia seguinte.

No dia 28 de julho de 2011, Beyoncé fez uma aparição no programa "The View" , onde se apresentou uma versão de baixo despojado de "Best Thing I Never Had".[24] Em seguida, ela sentou-se para uma entrevista com os anfitriões do programa, onde ela falou sobre seu tempo de folga, o novo álbum, e seu próximo filme Star Is Born.[24] Ela mais tarde voltou ao palco onde se apresentou "1+1".[24] Mais tarde naquele mesmo dia, Beyoncé apareceu no "Late Night with Jimmy Fallon" onde cantou "Best Thing I Never Had", com The Roots.[25]

4 Intimate Nights with Beyoncé[editar | editar código-fonte]

Nos dias 14, 16, 18 e 19 de agosto Beyoncé fará 4 shows, um especial chamado 4 Intimate Nights With Beyoncé em Roseland Ballroom em Nova Iorque. Beyoncé irá executar suas novas canções do 4 para o público e seus antigos sucessos.[26]

As vendas de ingressos ocorreram no dia 10 de agosto de 2011 na Ticketmaster. Os bilhetes para o concerto a primeira data, teve sua venda esgotada em apenas 22 segundos e os bilhetes para o concerto para as restantes datas se esgotaram em um minuto depois de começar a ser vendido.[27]

Year of 4[editar | editar código-fonte]

Year of 4
Logotipo do documentário
Estados Unidos
2011 • cor • 22 min 
Direção Beyoncé Knowles, Ed Burke
Codireção Frederic T. Brehm, Ido Mizrahy
Produção Ronny Merdinger
Produção executiva Beyoncé Knowles
Roteiro Ilan Benatar, Ido Mizrahy
Baseado em Ed Burke
Idioma Inglês
Cinematografia Ed Burke
Edição Ilan Benatar
Lançamento Estados Unidos 3 de Julho de 2011
Brasil 4 de Setembro de 2011
Site oficial

Year of 4 foi um documentário realizado para promover o lançamento de seu álbum 4. Ele foi feito quando ela estava de férias em 2010. O documentário conta como foi sua pausa na carreira, e mostra a produção de seu primeiro álbum sem a administração de seu pai Mathew Knowles. Beyoncé, que recentemente se separou de seu pai e gerenciador, mostra seu medo de sua independência recém-descoberta. "Era muito arriscado para mim estabelecer por conta própria", diz Beyoncé. "É possível rodar o seu próprio negócio ... Às vezes nós não alcançar as estrelas, por vezes, estamos satisfeitos com o que as pessoas nos dizem que devemos estar satisfeitos com, e eu não estou indo para ele."[28]

O documentário contém cenas da turnê I Am... Tour e Beyoncé encontrando-se em uma encruzilhada antes de eventualmente seguir o conselho de sua mãe Tina Knowles para fazer uma pausa em sua carreira. Nele Beyoncé está refletindo, viajando e desfrutando de certa liberdade tão necessária, bem longe da solidão. Mas por todo o filme, Beyoncé nunca parou de planejar seu próximo lançamento, seu novo álbum. "Year of 4" também contém cenas da produção da coreografia e do videoclipe da música "Run the World (Girls)" que conta com os integrantes do grupo africano de kwaito "Tofo Tofo".[29]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O documentário começa com Beyoncé andando sobre as areias da praia onde escreve com um graveto o nome Brazil. Ela narra: "Eu acho que sou uma sereia. Ou eu era uma sereia", diz ela. "O oceano me faz sentir muito pequena, e põe toda a minha vida em perspectiva. Ele o humilha, e motiva você ao mesmo tempo." Filmado no período de férias em 2010 depois de sua turnê mundial "I Am... Tour, o documentário é um olhar sobre Beyoncé relaxar e viajar pelo mundo, enquanto simultaneamente se preparando para o lançamento de seu quarto álbum. Fãs obtem um vislumbre raro de Beyoncé trás da maquiagem e fora dos figurinos. Beyoncé é mulher do pensamento, que revela seu processo pensante e de inseguranças, e todas as garantias o raciocínio forma-la através de decisões difíceis. Embora você não pode pensar como uma mulher independente teria um tempo difícil de ser seu próprio patrão, Beyoncé, que recentemente se separou de seu pai e gerenciador Mathew Knowles,mostra seu medo de sua independência recém-descoberta. "Era muito arriscado para mim estabelecer por conta própria", diz Beyoncé. "É possível rodar o seu próprio negócio ... Às vezes nós não alcançar as estrelas, por vezes, estamos satisfeitos com o que as pessoas nos dizem que devemos estar satisfeitos com, e eu não estou indo para ele."[28]

Depois de tomar o tempo fora, Beyoncé aborda a concepção, redação, produção e coreografia de seu novo álbum. Entre as cenas que documentam de ensaios exaustivos com seus dançarinos alguns dos quais ainda veio de Moçambique e trouxe Beyoncé às lágrimas enquanto observava-los deixar o o set de gravação do videoclipe da música "Run the World (Girls)". estamos a par aos momentos mais ternos que poderiam ser reservados para vídeos caseiros privada com seu sobrinho Julez e Jay-Z. Um workaholic auto-proclamados, Beyoncé créditos a mãe Tina com forçando-a a tomar este interlúdio muito necessária. "Eu nunca percebi que eu não sei como tirar um ano de férias", revela Beyoncé, "mas um dia você não quer acordar sem memórias".

O documentário se encerra com a decisão final da lista de canção que estão presentes no 4 sob julgamento de sua gravadora aColumbia Records, e Beyoncé numa praia dizendo: "Eu comando o meu mundo".[30] O documentário se encerra com a decisão final da lista de canção que estão presentes no 4 sob julgamento de sua gravadora a Columbia Records, e Beyoncé numa praia dizendo: "Eu comando o meu mundo".[30]

Cquote1.svg Minha vida era premiações, ônibus de turismo e hotéis, e que tipo de vida que passa tão rápido (...) Então quis curtir minha vida" (...) "Eu nunca percebi que precisava de um ano de folga. E eu nunca percebi que eu não sei como tirar um ano de folga, simplesmente tirei. Cquote2.svg
Beyoncé comentando sobre sua pausa na carreira.

Exibição[editar | editar código-fonte]

Year of 4 foi exibido no dia 30 de junho de 2011 nos canais de TV, MTV, MTV Hits, MTV Jams, BET, VH1 e Palladia. Ele também foi exibido pela internet no site da MTV, no site oficial da Beyoncé e o canal VEVO da cantora noYoutube.[31] No dia 4 de setembro de 2011 data do 30º aniversário de Beyoncé, o canal brasileiro multishow transmitiu o documentário, como uma homenagem à Beyoncé.[32]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Singles lançados[editar | editar código-fonte]

Singles promocionais
Outras canções notáveis

Parceria com a Target[editar | editar código-fonte]

Beyoncé juntamente com a loja varejista Target lançou a versão de luxo do álbum "4" contendo 3 novas faixas, 3 novos remixes e um link exclusivo para uma versão alternativo vídeo clipe da música "Run the World (Girls)". Em entrevista, o vice-presidente da Target comentou sobre a parceria:

Cquote1.svg Estamos com problemas para manter o disco nas prateleiras. Honestamente, os primeiros dias de vendas foram fantásticos para nós, especialmente sobre a edição deluxe. Os fãs de Beyoncé saíram em massa na terça-feira e as vendas foram muito fortes por isso estamos reagindo. A Sony Music tem sido um grande parceiro com nós, eles estão enviando mais produtos o mais rápido que pode. Cquote2.svg
Vice-presidente da Target, em entrevista [48]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic (73/100)[49]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[50]
Los Angeles Times 3 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svg[51]
Pitchfork Media 8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[52]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[53]
Slant Magazine 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[54]
Spin 8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[55]
The Guardian 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[56]

4 recebeu críticas positivas da maioria dos críticos musicais[49] . A Metacritic, que atribui uma padrão de classificação de 0 a 100, que são as opiniões da crítica mainstream, o álbum recebeu uma média de pontuação de 73, com base em 36 comentários, o que indica "geralmente opiniões favoráveis"[49] . O escritor do Los Angeles Times Randall Roberts disse que "ela, sempre confiante, mesmo que as surpresas são de uma variedade mais sutil"[51] . James Reed do The Boston Globe chamou o álbum de "chave-mestre e sem esforço" e elogiou a sua produção como "de bom gosto, às vezes até um pouco tenso"[57] . O Escritor do Consequence of Sound Chris Coplan apelidadou o álbum de "excelência do puro pop" e comentou que "o aspecto verdadeiramente deslumbrante do registro é o que faz com produção mínima e letras simplista"[58] . Michael Cragg de The Observer deu-lhe quatro de cinco estrelas e elogiou "sentir o laid-back de seu álbum mais realizado ainda"[59] . O Clube AV ' s Genevieve Koski declarou:

Cquote1.svg Beyoncé teve seu amadurecimento artístico em 4 apesar de apresentar algumas dores de crescimento, sua postura vai ter um longo caminho para retocar os defeitos Cquote2.svg

[60] .

Mateus Horton do BBC Online elogiou a sua "balada powerhouse" e escreveu "é na voz incrível por toda parte"[61] . Apesar de chamar "Run the World (Girls)" de '"a pior música do álbum'", Mikael Madeira elogiou os temas de amor e chamou-lhe uma "coleção freqüentemente lindo de baladas e mid-tempo com cortes rico com ecos do final dos anos 70 / início dos anos 80 pop-soul"[62] . O Editor da Allmusic Andy Kellman declarou: "a força da maior parte do material, impulsionado por caracteristicamente acrobáticos Beyoncé habilidades vocais, facilita o trabalho de peneirar através da variedade desarticulada ", e concluiu que" ninguém, mas um dos cantores mais talentosos e realizado [...] poderia ter feito este álbum"[63] .

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio Ano Nomeação Categoria Resultado
American Music Awards 2012[64] 4 Soul/R&B Album Indicado
ASCAP Rhythm & Soul Music Awards 2012[65] "Best Thing I Never Had" Award Winning R&B/Hip-Hop Songs Venceu
2013[65] "Love on Top" Top R&B/Hip-Hop Song Venceu
"Party"
(com: Andre 3000)
Award Winning R&B/Hip-Hop Songs Venceu
"Dance For You" Venceu
BET Awards 2012[66] "Party"
(com: J. Cole)
Best Collaboration Indicado
"Countdown" Video of The Year Indicado
"Love on Top" Indicado
Coca-Cola's Viewers Choice Indicado
Billboard Music Awards 2012[67] 4 Best R&B Album Venceu
Billboard Mid-Year Music Awards 2011[68] "Run the World (Girls)"
(Ao vivo no Billboard Music Awards)
Best Awards Show Performance Venceu
Grammis 2012[69] 4 Best International Album Indicado
Grammy Award 2012[70] "Party"
(com: Andre 3000)
Best Rap/Sung Collaboration Indicado
2013[70] "Love on Top" Best Traditional R&B Performance Venceu
International Dance Music Awards 2012[71] "Run the World (Girls)" Best R&B/Urban Dance Track Indicado
MetroLyrics Awards 2011[72] "Best Thing I Never Had" The Break-Up Lyric of the Year Indicado
"Countdown" Tongue-Twister Lyric of the Year Indicado
"1+1" So-In-Looove Lyric of the Year Venceu
"Run the World (Girls)" Inspirational Lyric of the Year Indicado
MTV Europe Music Awards 2011[73] Best Video Indicado
MTV Video Music Awards 2011[74] Best Cinematography in a Video Indicado
Best Choreography Venceu
Best Female Video Indicado
2012[75] "Countdown" Best Choreography Indicado
Best Editing Venceu
Most Share-Worthy Video Indicado
"Love on Top" Best Female Video Indicado
MTV Video Music Awards Japan 2012[76] "Run The World (Girls)" Best Pop Video Indicado
Best Choreography Indicado
MuchMusic Video Awards 2012[77] "Run the World (Girls)" International Video Of The Year – Artist Indicação
MVPA Awards 2012[78] "Dance For You" Best Art Direction Indicado
Best Choreography Indicado
"Party"
(com: J. Cole)
Best Styling Indicado
NAACP Image Awards 2012[79] 4 Outstanding Album Indicado
"Best Thing I Never Had" Outstanding Song Indicado
NME Awards 2011[80] "Countdown" Best Video Indicado
People's Choice Awards 2012[81] 4 Album of the Year Indicado
"Run the World (Girls)" Favorite Music Video Indicado
Soul Train Music Awards 2011[82] 4 Album of the Year Indicação
"Best Thing I Never Had" Record of the Year Indicação
"Run The World (Girls)" Best Dance Performance Venceu
2012[83] "Love on Top" Best Dance Performance Venceu
Teen Choice Awards 2011[84] "Run The World (Girls)" Choice Music: R&B/Hip-Hop Track Venceu
2012[85] "Love on Top" Choice R&B/Hip-Hop Song Indicado
VEVO 2011[86] "Run The World (Girls)" Certified Award Venceu
2012[86] "Best Thing I Never Had" Venceu
Virgin Media Music Awards 2011[87] "Run The World (Girls)" Best Video Indicado
World Music Awards 2012[88] World's Best Video Indicação

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Gráficos de sucessão
Precedido por
Raymond v. Raymond por Usher
Billboard Music Awards para Top R&B Album
2012 — 2013
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
"Fool For You" por Cee Lo Green

e Melanie Fiona

Grammy Awards para Best Traditional R&B Performance
("Love on Top")

2012 — 2013
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
"Bad Romance" por Lady Gaga
MTV Video Music Awards para Best Choreography
("Run the World (Girls)")

2011 — 2012
Sucedido por
"Turn Up the Music" por Chris Brown
Precedido por
"Rolling in the Deep" por Adele
MTV Video Music Awards para Best Editing
("Countdown")

2012 — 2013
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
"Ride" por Ciara
Soul Train Music Awards para Best Dance Performance
("Run the World (Girls)")

2011 — 2012
Sucedido por
"Love on Top" por Beyoncé
Precedido por
"Run the World (Girls)" por Beyoncé
Soul Train Music Awards para Best Dance Performance
("Love on Top")

2012 — 2013
Sucedido por
Indefinido
Precedido por
"OMG" por Usher
Teen Choice Awards para Choice Music: R&B/Hip-Hop Track
("Run the World (Girls)")

2011 — 2012
Sucedido por
"Starships" por Nicki Minaj

Faixas[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de maio de 2011, vazou a música "End of Time" na internet. No dia 25 de maio de 2011, Beyoncé divulgou faixa por faixa à cada hora do dia, a tracklist do álbum. No mesmo dia em que "1+1" foi lançada como single digital, Beyoncé fez uma performance da música no programa American Idol na mesma data. Em 27 de Maio de 2011 a rádio Kiss, afirmou que recebeu um e-mail da Columbia Records, dizendo que "Best Thing I Never Had", será o novo single do álbum.[89] No dia 7 de Junho vazou na internet a música "Party" que tem a colaboração de André 3000.[90] . No dia 7 de Junho, vinte e um dias antes do lançamento oficial do álbum, aconteceu o vazamento completo do álbum.

Edição padrão[91]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "1+1"   Beyoncé Knowles, Terius Nash, Christopher Stewart 04:32
2. "I Care"   Jeff Bhasker 04:00
3. "I Miss You"   Frank Ocean, Shea Taylor, Beyoncé Knowles 02:59
4. "Best Thing I Never Had"   Beyoncé Knowles, Babyface, Shea Taylor e S1 & Caleb 04:14
5. "Party" (com André 3000) Kanye West, Bhasker, Beyoncé Knowles, André 3000, Dexter Mills, Douglas Davis, Ricky Walters 04:06
6. "Rather Die Young"   Bhasker, Luke Steele, Beyoncé Knowles 03:43
7. "Start Over"   S. Taylor, Beyoncé Knowles, Ester Dean 03:19
8. "Love on Top"   Beyoncé Knowles, Nash, S. Taylor 04:28
9. "Countdown"   Terius Nash, Shea Taylor, Beyoncé Knowles, Ester Dean, Cainon Lamb, Julie Frost, Michael Bivins, Nathan Morris, Wanya Morris 03:34
10. "End of Time"   Wesley Pentz 03:43
11. "I Was Here"   Diane Warren 04:00
12. "Run the World (Girls)"   Nash, Beyoncé Knowles, Nick van de Wall, Pentz, David Taylor, Adidja Palmer 03:55
Duração total:
46:33

Deluxe Edition[editar | editar código-fonte]

Notas
Créditos por amostras de músicas
  • "Party" contém amostras da música "La Di Da Di" cantada por Doug E. Fresh e Get Fresh Crew com MC Ricky D., e escrita por Douglas Davis and Ricky Walters.
  • "Countdown" contém amostras da música "Uhh Ahh" cantada por Boyz II Men, e escrita por Michael Bivins, Nathan Morris e Wanya Morris.
  • "Run the World (Girls)" contém amostras da música "Pon the Floor" cantada por Major Lazer, e escrita por Afrojack, Adidja Palmer, Wesley Pentz e David Taylor.
  • "Dreaming" contém amostras da música "We Will Rock You" cantada por Queen, e escrita por Brian May.

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Melhores posições Certificações
EUA EUA R&B EUA
Dance
ALE AUS CAN HOL IRL NZL SUI UK
2011 "Run the World (Girls)"[92] [93] 29 30 1 24 10 8 16 11 9 13 11
"Best Thing I Never Had"[93] [98] 16 4 1 29 17 32 27 2 5 35 3
"Countdown" 71 12 1 - - 70 45 45 - - 35
"Love on Top" 20 1 1 - 20 65 - 21 14 - 13

Posições[editar | editar código-fonte]

"4" foi lançado no dia 28 de junho de 2011 em todo mundo. No Reino Unido o álbum chegou a primeira posição vendendo 89.211 mil exemplares mais que suas adversárias Adele (39.553 mil) e Lady Gaga (31.449 mil) juntas, permanecendo em primeiro na semana seguinte.[103] . O Álbum estreou em segundo também na França tendo alcançando o primeiro lugar e em primeiro na Irlanda. Em apenas em um dia "4" foi certificado em tripla platina no Brasil e ouro na Polônia. O álbum estreou nos Estados Unidos na primeira posição vendendo 313,420 mil cópias, se mantendo em primeiro na segunda semana.[104]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Gráficos de sucessão
Precedido por
The Light of the Sun por Jill Scott
Álbuns número um na Billboard 200 dos Estados Unidos
16 de Julho de 201130 de Julho de 2011
Sucedido por
Red River Blue por Blake Shelton
Precedido por
The Light of the Sun por Jill Scott
Here I Am por Kelly Rowland
Álbuns número um na R&B/Hip-Hop Albuns dos Estados Unidos
16 de Julho de 201113 de Agosto de 2011
20 de Agosto de 2011 — 27 de Agosto de 2011
Sucedido por
Here I Am por Kelly Rowland
Watch the Throne por Jay-Z e Kanye West
Precedido por
Born This Way por Lady Gaga
Álbuns número um na UK Albums Chart do Reino Unido
3 de Julho de 201117 de Julho de 2011
Sucedido por
21 por Adele
Precedido por
21 por Adele
Álbuns número um na Irish Albums Chart da Irlanda
30 de Julho de 20117 de Julho de 2011
Sucedido por
21 por Adele
Precedido por
Time After Time por Vários artistas
Álbuns número um na International Albums Charts da Coreia do Sul
30 de Julho de 20117 de Julho de 2011
Sucedido por
Dream With Me por Jackie Evancho
Precedido por
Pablo Alborán por Pablo Alborán
Álbuns número um na Promusicae Albuns da Espanha
03 de julho de 201110 de julho de 2011
Sucedido por
Tierra Firme por "Luis Fonsi"
Precedido por
Planet Pit por Pitbull
Talk That Talk por Rihanna
Álbuns número um na UK Urban Albums do Reino Unido
9 de Julho de 201130 de Julho de 2011
14 de janeiro de 201228 de janeiro de 2012
Sucedido por
Back to Black por Amy Winehouse
Stereo Typical por Rizzle Kicks

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato Gravadoras Edição(ões)
 Austrália 24 de Junho de 2011 CD, download digital Sony Music Entertainment Standard,[156] deluxe edition[157]
 Áustria[158] Download digital Standard edition
Suíça[159]
 Bélgica[160] [161] CD, download digital Standard, deluxe edition
 Alemanha[162] [163]
 Irlanda Standard edition[164]
 Países Baixos Standard,[165] deluxe edition[166]
 França[167] [168] 27 de Julno de 2011 CD, download digital Standard, deluxe edition
 Hong Kong
 Nova Zelândia[169]
 Polónia[170] [171] Eco, standard, deluxe edition
 Reino Unido[172] [173] RCA Records Standard, deluxe edition
 Argentina 28 de junho de 2011 Download digital Sony Music Entertainment Standard edition[174]
 Brasil[175] [176] CD, download digital Standard, deluxe edition
 Canadá[177] [178]
 Espanha Download digital Standard edition[179]
 Estados Unidos[180] CD, download digital Columbia Records Standard, deluxe edition
 Japão[181] [182] 29 de junho de 2011 Sony Music Entertainment Japan
 Dinamarca[183] [184] Sony Music Entertainment
Filipinas[185] 1 de julho de 2011 CD
 Tailândia 6 de julho de 2011 Standard edition[186]
 China 4 de julho de 2011 Download digital Standard edition
9 de agosto de 2011 CD
 Estados Unidos[187] 2 de janeiro de 2012 Download digital Deluxe edition
 Brasil[188]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sean Michaels (4 de abril de 2011). Beyoncé expected to release 'groundbreaking' album in June (em inglês) guardian.co.uk. Página visitada em 30 de abril de 2010.
  2. a b Beyoncé: The Billboard Music Awards Q&A (em inglês) Billboard. Página visitada em 11 de maio de 2011.
  3. Billboard Hot 100 Chart History Billboard. Página visitada em 18 de junho de 2011.
  4. Beyoncé estréia no final da temporada de 2011 do american idol. Página visitada em 11 de abril de 2011.
  5. a b Beyoncé Crafts 'Own Genre' on New Album Rap-Up. Devin Lazerine (18 de novembro de 2010). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  6. Beyonce '4' Album Preview - EXCLUSIVE (em inglês) Just Jared. Página visitada em 11 de Maio de 2011.
  7. Beyonce is teaming up with Kanye West's producer S1 to bring you something like never before! MTV News. MTV Networks (18 de janeiro de 2011). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  8. Lipshutz, Jason (20 de janeiro de 2011). Sean Garrett Working 'Feverishly' on New Justin Bieber & Beyonce Albums, Columbia Debut Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  9. Herrera, Monica (24 de janeiro de 2011). Beyonce Hits the Studio with Diplo, Sleigh Bells? Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 14 de março de 2011.
  10. Dinh, James (1 de junho de 2011). Beyonce Premieres 'Best Thing I Never Had' MTV News. MTV Networks. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  11. Wieselman, Jarett (1 de junho de 2011). Diane Warren talks greatest hits, Beyonce & Due Voci The New York Post. Paul Carlucci. News Corporation. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  12. a b c Weiss, David (26 de junho de 2011). Engineer Profile: DJ Swivel on the Making of Beyoncé's '4' SonicScoop. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  13. Is Beyonce Almost Finished With Her New Album? MTV News. MTV Networks (16 de fevereiro de 2011). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  14. Beyoncé responds to album leak (em inglês) Rap-Up. Página visitada em 8 de Junho de 2011.
  15. a b Beyonce has 72 tracks in contention for new album '4' - audio New Musical Express. IPC Media (Time Inc.) (14 de maio de 2011). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  16. a b Rogers (11 de maio de 2011). Exclusive: Beyonce's New Album Title Revealed Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  17. Album Cover: Beyoncé – ‘4’ Rap-Up. Devin Lazerine (18 de maio de 2011). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  18. Vena, Jocelyn (19 de maio de 2011). Beyonce Reveals 4 Album Art, Release Date MTV News. MTV Networks. Página visitada em 13 de julho de 2011.
  19. Shira, Dahvi (16 de junho de 2011). First Look at Deluxe Edition of Beyoncé's Album, 4 People. Time Inc. (Time Warner). Página visitada em 13 de julho de 2011.
  20. Beyonce Previews 4, 'Run The World (Girls)' Video MTV (12 de maio de 2011). Página visitada em 12 de maio de 2011.
  21. How are you going to get out of that? Beyoncé wears revealing metallic 'spider's web' dress at the Billboard Music Awards Daily Mail. Associated Newspapers Ltd. (23 de maio de 2011). Página visitada em 23 de maio de 2011.
  22. Corne, Lewis (26 de maio de 2011). Beyoncé releases new song '1+1' Digital Spy. Hachette Filipacchi Médias. Página visitada em 27 de maio de 2011.
  23. Beyonce Talks Motherhood On 'Entertainment Tonight', May Join Kelly Rowland On UK 'X-Factor' Idolator. BuzzMedia (18 de junho de 2011). Página visitada em 19 de junho de 2011.
  24. a b c Beyonce Brings '4' To 'The View' BeyonceOnline.com. Cópia arquivada em 31 de julho de 2011.
  25. Maloy, Sarah (29 de julho de 2011). Beyonce Performs 'Best Thing I Never Had' On 'Jimmy Fallon' Billboard. "Prometheus Global Media". Página visitada em 31 de julho de 2011.
  26. BEYONCÉ TO PERFORM '4 INTIMATE NIGHTS WITH BEYONCÉ' AT NEW YORK'S ROSELAND BALLROOM. Página visitada em 10 de agosto de 2011.
  27. Beyoncé will take to the stage at New York's famed Roseland Ballroom for 4 Intimate Nights with Beyoncé, where she will perform her new album 4 in its entirety to a standing room only audience beyonceonline.com. Página visitada em 10 de agosto de 2011.
  28. a b Beyonce Documents the 'Year of 4' in TV Special Rap-Up. Devin Lazerine (30 de junho de 2011). Página visitada em 20 de julho de 2011.
  29. Watch 'Beyonce: Year Of '4 On MTV Tonight at 7 p.m. ET. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  30. a b Watch 'Beyonce: Year Of '4On MTV Tonight at 7 p.m. ET. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  31. Year of 4. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  32. Redação (01/09/2011). Multishow exibe programação especial no aniversário de Beyoncé Multishow HD. Página visitada em 04/09/2011.
  33. a b Beyoncé's 4 wins the album chart numbers game. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  34. a b c d e f g h i 가온차트와 함께하세요 GAON. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  35. a b Bubbling Under Hot 100 Billboard. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  36. a b Hot R&B/Hip-Hop Digital Songs Billboard. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  37. Billboard hot 100 Japan. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  38. Billboard Adult Conteporany Japan. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  39. OFFICIAL UK SINGLES TOP 100 - 10th September 2011. Página visitada em 4 de setembro de 2011.
  40. OFFICIAL UK URBAN SINGLES - 10th September 2011. Página visitada em 4 de setembro de 2011.
  41. Adele's 'Someone Like You' Soars To No. 1 On Hot 100 Billboard. Prometheus Global Media (9 de julho de 2011).
  42. Hot R&B/Hip-Hop Songs Billboard. Página visitada em 29 de Maio de 2011.
  43. UK CHART: CLUK Update. Página visitada em 9 de julho de 2011.
  44. Top 100 Suiça. Página visitada em 3 de julho de 2011.
  45. a b South Korea Internation Digital Singles Chart Gaon Chart. Página visitada em 4 de agosto de 2011.
  46. a b c South Korea Internation Singles Chart Gaon Chart. Página visitada em 4 de agosto de 2011.
  47. South Korea Internation Singles Chart Gaon Chart. Página visitada em 4 de agosto de 2011.
  48. Beyonce and Target's '4' Plan: Exec Explains Strategy, Store Shortage (Exclusive). Página visitada em 2 de Junho, 2011.
  49. a b c 4 Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic Metacritic. CBS. Página visitada em 25 de junho de 2011.
  50. Beyoncé 4 review Allmusic. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  51. a b Roberts, Randall. "Album review: Beyonce's 4", Tribune Company, 28 de junho de 2011. Página visitada em 28 de junho de 2011.
  52. Beyoncé 4 - álbum review Pitchfork. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  53. Beyoncé 4 - álbum review Rolling Stone. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  54. Beyoncé 4 - álbum review Slantmagazine. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  55. Beyoncé 4 - álbum review Spin. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  56. Beyoncé 4 - álbum review The Guardian. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  57. Reed, James (26 de junho de 2011). CD review: Beyoncé shows a softer side on '4' The Boston Globe. The New York Times Company. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  58. Coplan, Chris (24 de junho de 2011). Album Review: Beyoncé – 4 Consequence of Sound. Complex Media Network. Página visitada em 24 de junho de 2011.
  59. Cragg, Michael. "Beyoncé: 4 – review", Guardian Media Group, 26 de junho de 2011. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  60. Koski, Genevieve (28 de junho de 2011). Beyoncé: 4 The A.V. Club. Onion. Página visitada em 28 de junho de 2011.
  61. Horton, Matthew (22 de junho de 2011). BBC - Music - Review of Beyoncé - 4 BBC Online. BBC. Página visitada em 22 de junho de 2011.
  62. Wood, Mikael (27 de junho de 2011). Beyonce, '4' (Columbia) Spin. SPIN MEDIA. Página visitada em 27 de junho de 2011.
  63. Embling (28 de junho de 2011). Beyonce - 4 Tiny Mix Tapes. Página visitada em 29 de junho de 2011.
  64. Adele Leads 2011 American Music Awards Nominations Idolator. Página visitada em 11 de Outubro de 2011.
  65. a b ASCAP 2012 Rhythm & Soul Music Awards: Winners List Ascap.com. Página visitada em 2011-09-19.
  66. Kanye West, Beyoncé, Jay-Z Lead BET Awards 2012 Nominees BET. Página visitada em 14 de Agosto de 2011.
  67. Billboard Music Awards: 2012 Winners Billboard. Página visitada em 19 de Janeiro de 2012.
  68. Lipshutz, Jason (2011-07-07). Britney Spears, Lady Gaga Rule Billboard.com's 2011 Mid-Year Music Awards Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 2012-07-08.
  69. NOMINERADE GRAMMIS 2012 Grammis. Página visitada em 19 de Fevereiro de 2011.
  70. a b Television Nominees Grammy. Página visitada em 19 de Fevereiro de 2011.
  71. Slomowicz, DJ Ron. 27th Annual International Dance Music Awards Nominees and Winners About.com. Página visitada em 2012-04-08.
  72. * Run The World (Girls): MetroLyrics. MetroLyrics Inspirational Lyric of the Year (em inglês). Página visitada em 14 de Novembro de 2012.
  73. EMA 2011 MTV. Página visitada em 19 de Setembro de 2011.
  74. * Winners MTV. Página visitada em 29 de Agosto de 2011. * Katy Perry, Adele, Kanye West Lead 2011 MTV VMA Nominees Billboard. Página visitada em 21 de Julho de 2011.
  75. K-pop groups nominated in MTV Video Music Awards Japan 2012 MB.com. Página visitada em 21 de Março de 2012.
  76. Marianas Trench leads with seven nominations at the 2012 MMVAs MuchMusic. Página visitada em 30 de Julho de 2011.
  77. "2012 MVPA Award Techinical Category Nominees", videostatic.com, May 14, 2004. Página visitada em February 10, 2011.
  78. The 43fd NAACP Image Awards - Recording Nominees NAACP Image Awards. Página visitada em 19 de Janeiro de 2012.
  79. NME Awards 2012 - Vote Now - 8. Best Video NME. Página visitada em 1 de Janeiro de 2012.
  80. Conheça os indicados ao People’s Choice Awards 2012 Supernovo.com. Página visitada em 11 de Outubro de 2011.
  81. Soul Train Awards 2012 Complete Winners List: Miguel, Elle Varner, Tyrese, Beyonce & John Legend Take Home Top Honors Soul Train. Página visitada em 20 de Outubro de 2011.
  82. 2011 Teen Choice Award Winners MJSbigblog. Página visitada em 8 de agosto de 2011.
  83. Teen Choice Awards 2012: Nominations Revealed! thehollywoodgossip.com. Página visitada em 8 de agosto de 2011.
  84. a b VEVO. Beyonce Certified (em inglês). Página visitada em 12 de Novembro de 2012.
  85. Virgin Media Music Awards: Best Video Virgin Media. Cópia arquivada em 21 de Março de 2012.
  86. 2012 World Music Awards World Music Awards. Página visitada em 27 de Outubro de 2012.
  87. "Best Thing I Never Had": Beyoncé lança novo single na próxima semana Pop Line. Página visitada em 8 de Junho de 2011.
  88. Nova faixa de Beyoncé vaza na web G1. Página visitada em 8 de Junho de 2011.
  89. Tracklisting: Beyoncé – ’4′ Rap-Up. Página visitada em 26 de Maio de 2011.
  90. Acharts.us. Beyoncé - If I Were A Boy (em inglês). Página visitada em 10 de Janeiro de 2010.
  91. a b Allmusic. Beyoncé - Billboard Singles (em inglês). Página visitada em 11 de Janeiro de 2010.
  92. a b c Top 50 Singles Chart ARIA. Página visitada em 16 de Julho de 2011.
  93. a b Gold Platinum Database Music Canada. Página visitada em 5 de outubro de 2010.
  94. a b c d SEARCHABLE DATABASE >> Beyonce. Página visitada em 29 de agosto de 2011.
  95. Latest Gold / Platinum Singles – RadioScope New Zealand Recording Industry Association of New Zealand. Radioscope. Página visitada em 4 de janeiro de 2011.
  96. Acharts.us. Beyoncé - Single Ladies (put A Ring On It) (em inglês). Página visitada em 10 de Janeiro de 2010.
  97. August 14, 2011: Latest Gold / Platinum Singles Recording Industry Association of New Zealand.Radioscope. Página visitada em 16 de agosto de 2011.
  98. Sverigetopplistan - Best Thing I Never Had Sverigetopplistan. Página visitada em 15 de Janeiro de 2010.
  99. RIAA certifications – Beyoncé Knowles albums Recording Industry Association of America. Página visitada em 5 de Abril de 2011.
  100. Certificazioni Download FIMI (PDF) (em Italian) Federation of the Italian Music Industry. Página visitada em March 6, 2012.
  101. Beyoncé '4' (Album) The Official Charts. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  102. a b Beyoncé Notches 4th Billboard 200 No. 1 with '4' Billboard. (6 de julho de 2011). Página visitada em 6 de julho de 2011.
  103. SA Top 20 (July 9, 2011) (em Afrikaans) Recording Industry of South Africa Official Website. Página visitada em August 3, 2011. Cópia arquivada em July 30, 2011.
  104. germany albums billboard. Página visitada em 24 de Abril de 2010.
  105. Ranking Semanal Pop CAPIF (26 de junho de 2011). Página visitada em 3 de novembro de 2011.
  106. Top 50 Albums Chart Australian Recording Industry Association (4 de julho de 2011). Página visitada em 3 de julho de 2011.
  107. Top 40 Urban Albums Chart Australian Recording Industry Association (4 de julho de 2011). Cópia arquivada em 3 de julho de 2011.
  108. Beyoncé discography in Austrian charts IFPI.. Página visitada em 2011-07-06.
  109. a b c d Beyoncé '4' (Album) Ultratop. Hung Medien. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  110. Beyoncé, Gomez can't top Adele Toronto Sun. Página visitada em 6 de julho de 2011.
  111. a b c BEYONCÉ'S '4' TOPS ALBUM CHARTS AROUND THE WORLD beyonce.com. Página visitada em 2011-07-03.
  112. BEYONCÉ'S '4' TOPS ALBUM CHARTS AROUND THE WORLD Gaon Chart. Página visitada em 2011-07-02.
  113. TOP 40 Stranth - Tjedan 29. 2011 (em Croatian) Top of the Shops (Croatia). Página visitada em 3 de agosto de 2011. Cópia arquivada em 30 de julho de 2011.
  114. Danish Album Chart:- Week 32 IFPI (2011-07-08). Página visitada em 2011-07-08.
  115. Chart Archive > Scottish Singles > 9th July 2011 Scottish Singles Chart. The Official Charts Company. Página visitada em 2011-07-03.
  116. Slo Top 30 28. jul '11 ob 18:00 (em Slovenian) RTV (Slovenia) (30 de julho de 2011). Página visitada em 3 de agosto de 2011.
  117. Spanish Charts: Albums - 07/2011 'Spanish Charts'. Hung Medien (03-07-2011). Página visitada em 12-07-2011.
  118. Billboard R&B/Hip-Hop Albums Billboard (16 de Julho de 2011). Página visitada em 27 de abril de 2011.
  119. Beyoncé: 4 (em Finlandês) Musiikkituottajat – IFPI Finland. Página visitada em 7 de julho de 2011.
  120. Top 75 Albums (em Greek) IFPI Greece. Página visitada em 5 de julho de 2011.
  121. Dutch albums top 100 Acharts.com. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  122. top 40 album MAHASZ. Página visitada em 18 de Setembro de 2011.
  123. Top 75 Artist Album, Week Ending 30 June 2011 Irish Recorded Music Association. Chart-Track. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  124. Chart Track FIMI. GfK. Página visitada em 8 de julho de 2011.
  125. Billboard japan top 200 albums Billboard - Japão. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  126. Top 40 Albums (em Norwegian) VG-lista. Página visitada em 1 de julho de 2011.
  127. Top 40 Albums Chart Recording Industry Association of New Zealand (4 de julho de 2011). Página visitada em 5 de julho de 2011.
  128. a b Złote CD ZPAV. Página visitada em 2011-07-08.
  129. Beyoncé entra no Top Nacional (em Portuguese) Cotonete. Página visitada em 6 de julho de 2011.
  130. Hitparada top albums chart IFPI Republica Tcheca. Página visitada em 16 de julho de 2011.
  131. Russian albums chart 2m. Página visitada em 16 de julho de 2011.
  132. Beyoncé - 4 (Album) Hit Parade (5 de julho de 2011). Página visitada em 5 de julho de 2011.
  133. Top 40 Albums Archive » 9th July 2011 (em inglês) The Official Charts Company. Página visitada em 3 de Julho de 2011.
  134. Top 40 R&B Albums Archive » 9th July 2011 (em inglês) The Official Charts Company. Página visitada em 3 de Julho de 2011.
  135. End of Year Top Albums ARIA. Página visitada em 31 de Dezembro de 2011.
  136. ARIA Charts - End Of Year Charts - Top 50 Urban Albums 2011 Australian Recording Industry Association (ARIA). Página visitada em 4 de Janeiro de 2012.
  137. Mercado Fonográfico Brasileiro Em 2011 ABPD. Página visitada em 20 de março de 2012.
  138. a b Year end Charts - Top Billboard 200 Albums Billboard. Página visitada em 7 de Dezembro de 2010.
  139. Year end Charts - Top R&B/Hip-Hop Albums Billboard. Página visitada em 7 de Dezembro de 2010.
  140. Belgian Charts 2011 Ultratop.be. Página visitada em December 26, 2011.
  141. Belgian Charts 2011 Ultratop.be. Página visitada em December 26, 2011.
  142. Dutch Charts 2011 (em Dutch) Dutchcharts.nl. Hung Medien. Página visitada em December 26, 2011.
  143. Revealed: The Top 40 singles and albums of 2011 so far The Official Charts Company. Página visitada em 7 de Dezembro de 2011.
  144. a b Gold and Platinum Search 2M. Página visitada em February 28, 2012.
  145. ARIA Charts - End Of Year Charts - Top 50 Urban Albums 2012 Australian Recording Industry Association (ARIA). Página visitada em 4 de Janeiro de 2013.
  146. The Year In R&B/Hip-Hop 2012: Drake, Nicki Minaj Among Year's Chart Champs Billboard. Página visitada em 4 de Janeiro de 2012.
  147. ARIA Top 50 Albums Charts Australian Recording Industry Association. Página visitada em 7 de setembro de 2011.
  148. Gold Platinum Database Australian Recording Industry Association. Página visitada em 7 de setembro de 2011.
  149. Gold and Platinum Search SNEP. Página visitada em February 28, 2012.
  150. Ireland Certifications Irish Recorded Music Association. Página visitada em 5 de Abril de 2011.
  151. RIANZ Top 40 Albums Charts Recorded Music NZ. Página visitada em 24 de outubro de 2013.
  152. ABPI Sales Awards Launch Automatic Certification (em Inglês) British Phonographic Industry. Página visitada em 11 de Novembro de 2013.
  153. IFPI Sweden – Guld & Platina – År 2003 International Federation of the Phonographic Industry. Página visitada em 24 de Abril de 2010.
  154. 4: Beyonce Sanity.com.au. Página visitada em 24 de maio de 2011.
  155. 4: Deluxe Edition Beyonce Sanity.com.au. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  156. 4 von Beyonce Itunes.apple.com.at. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  157. 4 von Beyoncé iTunes Store. Apple Inc.. Página visitada em 15 de julho de 2011.
  158. 4 – Beyoncé – CD FreeRecordShop.be. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  159. 4 (2CD Deluxe Edition) – Beyonce FreeRecordShop.be. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  160. 4: Beyonce (em German) Amazon Germany. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  161. 4: Beyonce (Double CD) (em German) Amazon Germany. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  162. Beyonce's new album '4' set for release in Ireland on 24th June Sony Music Ireland. Página visitada em 26 de maio de 2011.
  163. 4, Beyonce | Muziek Bol.com. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  164. 4 (Deluxe Edition), Beyonce | Muziek Bol.com. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  165. 4: Beyonce (em French) Amazon France. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  166. 4: Beyonce (Deluxe Edition) (em French) Amazon France. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  167. Marbecks >> 4 (Deluxe Edition) – Beyonce Marbecks.co.nz. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  168. prod61090026,muzyka-p Beyonce – 4 (ECO STYLE) Play.com. Página visitada em 31 de agosto de 2011.
  169. prod61090027,muzyka-p Beyonce – 4 (2CD Deluxe Edition) EMPiK.com. Página visitada em 31 de agosto de 2011.
  170. Beyonce – 4 Play.com. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  171. Beyonce – 4 (2CD Deluxe Edition) Play.com. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  172. Beyoncé lanzará su nuevo álbum "4" el 128 de Junio (Argentina) BeyonceOnline.com. Página visitada em 20 de maio de 2011. Cópia arquivada em 20 de maio de 2011.
  173. Edição padrão - 4. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  174. 4 – Deluxe – 2 CDs (em Portuguese) Livrariasaraiva.com.br. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  175. 4 (Deluxe Edition): Beyonce Amazon Canada. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  176. 4: Beyonce Amazon Canada. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  177. 4 de Beyonce (em Spanish) Itunes.apple.com.es. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  178. 4: Beyonce Amazon.com. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  179. Beyonce – 4 (em Japanese) Amazon Japan. Página visitada em 24 de maio de 2011.
  180. Beyonce – 4 (Deluxe Edition – 2CD) (em Japanese) Amazon Japan. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  181. 4 – Beyonce – Musik CDON Group. Página visitada em 26 de maio de 2011.
  182. 4 (Deluxe Edition – 2CD) – Beyonce – Musik CDON Group. Página visitada em 26 de junho de 2011.
  183. Beyonce's new album "4" to be released On July 1, 2011. Myxph.com. Página visitada em 30 de junho de 2011.
  184. Who Run The Charts? Beyoncé! (em Thai) BeyonceOnline.com. Cópia arquivada em 15 de julho de 2011.
  185. Beyoncé - 4 Itunes. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.
  186. Beyoncé - 4 Itunes. Página visitada em 3 de janeiro de 2012.