51.º estado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de 51º estado)
Ir para: navegação, pesquisa
A bandeira dos Estados Unidos com 51 estrelas.

51.º estado ou estado 51, ​​no discurso político dos Estados Unidos, é uma frase que se refere a áreas que são consideradas candidatas, realmente ou ironicamente, para ser mais um dos já existentes 50 estados já fazem parte dos Estados Unidos. Antes de 1959, quando o Alasca e o Havaí se juntaram aos Estados Unidos, o termo "estado 49" era usado.[carece de fontes?] Mais habitualmente, a possibilidade de Porto Rico se tornar o 51.º estado foi discutida como um possível resultado de uma série propostas de referendos para decidir uma mudança para a organização política da ilha, atualmente com o estatuto de estado livre associado. Também o District of Columbia enfrenta a possibilidade de se tornar o 51.º estado.[1]

O termo "estado 51", quando usado em um sentido negativo, pode se referir a estados independentes que são considerado, ou realmente são, áreas de influência ou controle excessivo dos Estados Unidos. Em vários países ao redor do mundo, pessoas que acreditam que suas regiões e/ou cultura nacional se tornaram muito americanizadas, às vezes, usam o termo "estado 51" para se referir aos seus respectivos países.[2] O termo geralmente se refere a populações não-americanas que imitam os maneirismos e a cultura de um americano, ou um político não-americano que é um defensor dos Estados Unidos, especialmente da sua política externa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. publico.pt. A capital dos Estados Unidos quer ser um estado. Visitado em 28-10-2014.
  2. "Sverige var USAs 51a delstat" "EU kritiserar svensk TV", Journalisten (Swedish)
Ícone de esboço Este artigo sobre os Estados Unidos é um esboço relacionado ao Projeto América do Norte. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.