7º Batalhão de Polícia Militar (PMERJ)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
7° Batalhão de Polícia Militar
7BPM.gif
Brasão
País  Brasil
Estado  Rio de Janeiro
Corporação Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro
Subordinação 4º Comando de Policiamento de Área
Sigla 7° BPM
Criação 1924
Aniversários 30 de agosto
Patrono Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco
História
Guerras/batalhas Revolução de 1924
Revolução de 1932
Sede
Sede São Gonçalo
Bairro Alcântara
Endereço Rua Dr. Alfredo Backer, n° 367

O Sétimo Batalhão de Polícia Militar (7º BPM) é uma Organização Policial Militar (OPM) da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ). Ele está subordinado ao 4º Comando de Policiamento de Área (4º CPA).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Criado pelo decreto 2.047, de 30 de Agosto de 1924, com a denominação de 1º Batalhão de Caçadores, com sede no município de Niterói, no interior da Caserna General Castrioto, tendo como seu primeiro comandante o major Eurico Rodrigues Peixoto.

Foi empregado, como fração de tropa cedida pelo governo fluminense ao Exército, no combate às revoluções de 1924 e de 1932, contra os insurgentes no estado de São Paulo.

Em 5 de dezembro de 1946, através do Decreto nº. 2.989, o General José Luiz da Fonseca Ramos foi instituído como patrono do Batalhão. Em 1º de Setembro de 1962, foi transferido para o Município de São Gonçalo, onde permanece até hoje, atuando efetivamente como Unidade Operacional, com a missão de preservação da Ordem Pública.

Em 1974, Teve seu patrono modificado por decreto, sendo o novo o marechal Humberto de Alencar Castello Branco, ex-presidente da República entre 1964 e 1967, e em 3 de Dezembro de 1975, passou este Batalhão a denominar-se 7º Batalhão de Polícia Militar por força da renumeração a que as Unidades Operacionais foram determinadas pela fusão do então Estado do Rio de Janeiro e Estado da Guanabara, ocorrida em 15 de Março de 1975.

Área de Policiamento[editar | editar código-fonte]

Atualmente, o 7º BPM tem como área de atuação um total de 251,3 km² referentes ao município de São Gonçalo, com uma população global de mais de 1.000.000 habitantes, de acordo com o último censo do IBGE, sendo hoje, de acordo com a densidade populacional, o maior município do Estado do Rio de Janeiro, após a capital.

Nesta região do nosso Estado, o 7º BPM exerce a sua difícil e nobre missão de defesa social, trabalhando diuturnamente para a proteção dos bens inalienáveis do ser humano, quais sejam: a vida, a liberdade, a integridade física e a tranqüilidade pessoal. São estes valores o sustentáculo de uma sociedade civilizada e sua defesa inscreve-se no campo da Ordem Pública, fator básico e imprescindível ao desenvolvimento das instituições.