9P

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Protocolos Internet (TCP/IP)
Camada Protocolo
5.Aplicação HTTP, SMTP, FTP, SSH, Telnet, SIP, RDP, IRC, SNMP, NNTP, POP3, IMAP, BitTorrent, DNS, Ping ...
4.Transporte TCP, UDP, RTP, SCTP, DCCP ...
3.Rede IP (IPv4, IPv6) , ARP, RARP, ICMP, IPsec ...
2.Enlace Ethernet, 802.11 (WiFi), 802.1Q (VLAN), 802.1aq (SPB), 802.11g, HDLC, Token ring, FDDI, PPP,Switch ,Frame relay,
1.Física Modem, RDIS, RS-232, EIA-422, RS-449, Bluetooth, USB, ...

9P (ou o Plan 9 Filesystem Protocol ou Styx), é a um protocolo de rede desenvolvido para o sistema operacional distribuído Plan 9 from Bell Labs como meio de conectar os componentes do sistema Plan 9. Arquivos são os objetos chaves no Plan 9. Eles representam janelas, conexões de rede, processos, e quase tudo mais disponível no sistema operacional.

O 9P encoraja provisionamento e também servindo arquivos sintéticos (ex: /proc para representar processos), diferente do NFS.

O 9P foi revisto para a 4ª edição do Plan 9 sob o nome de 9P2000 que contem várias melhorias fundamentais. A ultima versão do sistema operacional Inferno também usa 9P2000. O protocolo de arquivos do Inferno era originalmente chamado Styx, mas tecnicamente ele sempre será uma variante do 9P.

Existe uma implementação de um servidor 9P para Unix chamada u9fs incluída na distribuição do Plan 9, e um drive de núcleo cliente para o Linux como parte do projeto v9fs. 9P (e derivados) são também encontrados em aplicações para ambiente embarcado, como no Styx on a Brick.

9P aplicações servidores[editar | editar código-fonte]

Muitas aplicações do Plan 9 tomam a forma de servidores 9P; algumas em particular são exemplos notórios:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Documentação

Implementações