9 Métis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Métis 9 Metis symbol.svg
Número 9
Data da descoberta 25 de abril de 1848
Categoria Cintura principal
Elementos orbitais
Perélio 2,094 UA
Afélio 2,678 UA
Excentricidade 0,122
Período orbital 1346,42 d (3,69 a)
Velocidade orbital 19,21 km/s
Inclinação 5,575º
Características físicas
Dimensões 190 km
Massa 1,13 × 1019 kg
Densidade média 4,12 ± 1,33 g/cm3
Gravidade à superfície ~0,070 m/s2
Velocidade de escape ~0,11 km/s
Período de rotação 0,2116 d
Classe espectral Asteroide tipo S
Magnitude absoluta 6,28
Albedo 0,118
Temperatura -100,15 ºC

Métis (asteroide 9) é um dos maiores asteroides da cintura principal. É comporto de silicatos e ferro e níquel metálicos.

Métis foi descoberta por Andrew Graham, a 25 de Abril de 1848. O nome provém de Métis, uma Titã, filha de Tétis e Oceano, foi a primeira mulher de Zeus e a mãe de Atena.[1]

Dados levaram a assumir que Métis teria um satélite natural. Contudo, observações subsequentes falharam a confirmação de tal objeto. O telescópio Hubble em 1993 conseguiu detectar a forma irregular do asteroide, mas não detectou qualquer satélite.

Foram observadas 5 ocultações de estrelas por Métis.

Referências

  1. 9 Métis (em inglês) NASA. Página visitada em 22 de dezembro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre asteroides é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
7 Íris | 8 Flora | 9 Métis | 10 Hígia | 11 Parténope