Ação (movimento)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Pistola Taurus em Acão Simples

Ação nas armas de fogo é o tipo de ação mecânica responsável pela ativação do sistema de disparo e/ou ciclo de municiamento.

As Armas de fogo dividem-se basicamente em armas de ação simples e ação dupla.

Quando o atirador aciona o gatilho, uma arma de ação dupla necessita fazer o movimento de levantar o cão e com a continuidade do acionamento o mesmo faz movimento contrário que baterá na espoleta provocando o disparo do projétil. Assim, na ação dupla o cão faz dois movimentos, um de recuo e outro de aproximação da espoleta.

A ação simples consiste na metade do movimento. O cão já está na parte mais distante e somente fará o movimento de aproximação até bater na espoleta e efetuar a combustão.

Detalhe - Cão em Ação Simples

Os revólveres, na sua maioria, efetuam os dois tipos de ação. Podendo disparar em ação dupla, fazendo todo o movimento do gatilho, ou disparar em ação simples, onde o cão levantado com o dedo fica em posição de acionamento. Nessa posição, um leve toque no gatilho proporciona a liberação do cão e consecutiva detonação.

Já as pistolas, no primeiro disparo, podem efetuar ação dupla ou ação simples. Entretanto, nos disparos consecutivos, uma nova munição é automaticamente encaminhada para o cano da arma que fica acionada, para o disparo seguinte ser efetuado em ação simples. Essa característica as classifica entre as semi-automática

Detalhe - Cão em Ação Dupla

Existem algumas pistolas que só efetuam disparos em ação dupla. Bem como alguns revólveres, que tem cão embutido.

As carabinas funcionam sempre em ação simples. Ao ser posto a munição no cano por ação mecânica do atirador, o cão, que nesse caso é embutido, fica acionado e acumulado energia para bater na espoleta. Um leve toque no gatilho provoca a liberação do cão que detonará o projétil, e nova munição será encaminhada para o cano da arma para novo disparo em ação simples.

As metralhadoras e algumas pistolas ainda podem ter tiros intercalados um a um projétil por vez, podem disparar rajadas de três disparos por cada toque no gatilho, ou descarregar toda a munição enquanto o gatilho não for liberado pelo dedo do atirador. Em todos esses casos, o movimento do atirador é efetuado por ação simples, mas a arma, no caso da rajada, fará mais de um movimento completo para cada disparo, aproveitando a liberação dos gases em expansão, tornando-as automáticas.

Tipos de Ação[editar | editar código-fonte]

  • Ação de alavanca (Lever-action)
  • Ação de bloco rolante (Rolling block)
  • Ação de bloco cadente (Falling block action)
  • Ação de bloco descente (Tilting block)
  • Ação de Gases de avanço
  • Ação de gases de recuo direto total longo
  • Ação de gases de recuo direto total curto
  • Ação de gases de recuo direto simples retardado (Delayed Blowback)
  • Ação de recuo direto simples retardado (Inércia Retardada - “Delayed Blowback“).
  • Ação de de recuo direto simples (Ou Fecho Por Inércia - “Blowback“).
  • Ação de recuo direto simples (Ou Fecho Por Inércia - “Blowback“).
  • Ação de recuo direto simples RETARDADO A GÁS (“Gas-Delayed Blowback Ou Gas-Retarded Blowback“).
  • Ação de GASES DE AVANÇO (“blow forward”).
  • Ação de recuo DIRETO TOTAL CURTO (“Short Recoil“).
  • Ação de recuo LONGO (“Long Recoil”).
  • Ação de recuo INDIRETO DE GAS (“Gas Operation“).
  • OPERAÇÃO POR INÉRCIA (“Inertia Operation”).