Ação Humana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Human Action Scholars Edition .[1]

Ação Humana: Um Tratado sobre Economia em inglês: Human Action: A Treatise on Economics) é a magnum opus do economista austríaco Ludwig von Mises. Ela defende o capitalismo laissez-faire com base na praxeologia de Mises, ou a investigação racional de tomada de decisão humana. A obra rejeita o positivismo dentro da economia. Ela defende uma epistemologia a priori e sustenta a praxeologia com uma base de individualismo metodológico e as leis de certeza apodíctica. Mises argumenta que a economia de livre mercado não apenas é superior a qualquer sistema planejado pelo governo, mas em última análise, serve como base da própria civilização.

Nationalökonomie: Theorie Des Handelns und Wirtschaftens é o antecessor de língua alemã publicado em 1940 da obra.

Sumário[editar | editar código-fonte]

Primeira Parte: Ação Humana
I. O Agente Homem
II. Os Problemas Epistemológicos das Ciências da Ação Humana
III. A Economia e a Revolta Contra a Razão
IV. Uma Primeira Análise da Categoria da Ação
V. O Tempo
VI. A Incerteza
VII. Ação no Mundo

Segunda Parte: Ação na Sociedade
VIII. A Sociedade Humana
IX. O Papel das Idéias
X. O Intercâmbio na Sociedade

Terceira Parte: Cálculo Econômico
XI. Valoração Sem Cálculo
XII. O Âmbito do Cálculo Economico
XIII. O Cálculo Economico Como Instrumento da Ação

Quarta Parte: Cataláxia ou Economia de Mercado
XIV. Âmbito e Metodologia da Cataláxia
XV. O Mercado
XVI. Os Preços
XVII. A Troca Indireta
XVIII. A Ação na Passagem do Tempo
XIX. A Taxa de Juros
XX. O Juro, a Expansão do Crédito e o Ciclo Econômico
XXI. Trabalho e Salários
XXII. Os Fatores de Produção Originais de Natureza Não Humana
XXIII. A Realidade do Mercado
XXIV. Harmonia e Conflito de Interesses

Quinta Parte: A Cooperação Social Sem o Mercado
XXV. A Construção Imaginãria de Uma Sociedade Socialista
XXVI. A Impossibilidade do Cálculo Econômico no Sistema Socialista

Sexta Parte: A Intervenção no Mercado
XXVII. O Governo e o Mercado
XXVIII. O Intervencionismo Via Tributção
XXIX. A Restrição da Produção
XXX. A Interferência na Estrutura de Preços
XXXI. Manipulação da Moeda e do Crédito
XXXII. Confisco e Redistribução
XXXIII. Sindicalismo e Corporativismo
XXXIV. A Economia de Guerra
XXXV. O Estado Provedor Versus Mercado
XXXVI. A Crise do Intervencionismo

Sétima Parte: A Importância da Ciência Econômica
XXXVII. O Caráter Peculiar da Ciência Econômica
XXXVIII. A Importância do Estudo da Economia
XXXIX. A Economia e os Problemas Essenciais da Natureza Humana

História da publicação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Margit von Mises, My life with Ludwig von Mises

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]