AMC-21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMC-21
Localização orbital 125° W
Lançamento 14 de agosto de 2008 (6 anos)
Veículo Ariane-5ECA
Operador Estados UnidosGE Americom
LuxemburgoSES
Vida útil 16 anos
Design Alcatel Alenia Space (prime)
Orbital Sciences Corporation (bus)
Cobertura América do Norte
América Central
Caribe
Órbita geoestacionária
Peso 2.473 kg
Designação COSPAR 2008-038B

O AMC-21 é um satélite de comunicação geoestacionário construído pelas empresas Alcatel Alenia Space e Orbital Sciences Corporation (OSC), ele está localizado na posição orbital de 125 graus de longitude oeste e foi operado inicialmente pela GE Americom, atualmente o mesmo é operado pela SES World Skies, divisão da SES. O satélite foi baseado na plataforma Star-2 Bus. Sua expectativa de vida útil é de 16 anos.[1] [2]

História[editar | editar código-fonte]

A Alcatel Alenia Space anunciou em abril de 2006 que assinou um contrato para construir um novo satélite de telecomunicações poderoso para o operador SES Americom dos EUA, uma empresa SES Global (Luxemburgo e Paris e com ações na Euronext: SESG). A partir de meados de 2008, o satélite AMC-21 satélite passou a transmitir programação da PBS (Public Broadcasting Service) e suas emissoras afiliadas de televisão em todo os Estados Unidos Continental (território continental dos EUA), Alasca, Havaí e regiões do Caribe, ampliando os recursos pontuais para as emissoras e as comunicações de suporte a redes de empresas.

Como contratante principal, a Alcatel Alenia Space teve a responsabilidade geral pela execução do programa do AMC-21, sendo responsável pelo projeto, fabricação, teste e entrega em solo do satélite AMC-21, além de lançamento e início da fase de operações (LEOP), Teste Em Órbita (IOT) apoio e serviços associados. A Alcatel Alenia Space também fornece a carga de comunicações.

A Orbital Sciences Corporation (Orbital), como subcontratada da Alcatel Alenia Space, forneceu sua plataforma de pequeno porte GEO Star-2 Bus. A Alcatel Alenia Space foi responsável pela integração do corpo orbital do satélite totalmente montado. O AMC-21 foi equipado com 24 transponders em banda Ku, cada um de 36 MHz em banda larga e terá um tempo de vida operacional superior a 16 anos. Pesando cerca de 2.500 kg no lançamento e tem 6 kW de energia elétrica, que opera a partir de 125 graus de longitude oeste.[1]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite foi lançado com sucesso ao espaço no dia 14 de agosto de 2008, às 20:44 UTC, por meio de um veículo Ariane-5ECA, que foi lançado a partir do Centro Espacial de Kourou na Guiana Francesa, juntamente com o satélite Superbird 7. Ele tinha uma massa de lançamento de 2.473 kg.[1] [2]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O AMC-21 é equipado com 24 transponders em banda Ku para transmissões de televisão com feixe para todo os Estados Unidos, Canadá, México, América Central e Caribe.[1] [2]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d AMC 21 (em inglês) Gunter's Space Page. Página visitada em 06 de março de 2014.
  2. a b c AMC 21 (em inglês) SatBeams - Satellite Details. Página visitada em 06 de março de 2014.