AMC-4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMC-4
Localização orbital 67 °W
Lançamento 13 de novembro de 1999 (14 anos)
Veículo Ariane 44LP H10-3
Operador GE Americom (1999–2001)
SES Americom (2001–2009)
SES World Skies (2009—)
Vida útil 15 anos
Design Lockheed Martin
Cobertura Américas
Peso 3.909 kg

O AMC-4 ou AMERICOM-4, ex-GE-4 é um satélite de comunicação comercial holandês, antigamente americano, construído pela Lockheed Martin e de propriedade da (SES World Skies) e está localizado na posição orbital de 67 ºW. Ele tinha uma massa de lançamento de 3.909 kg. Sua vida útil estimada é de 15 anos.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O AMC-4 foi lançado no dia 13 de novembro de 1999 por um foguete Ariane 44LP H10-3, a partir do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa,como GE-4, mas foi rebatizado como AMC-4 depois que a GE Americom foi comprada pela SES e renomeada para SES Americom. Em 2009, a SES Americom fundiu-se com a SES New Skies para formar a SES World Skies. O AMC-4 foi substituído pelo SES-1 em 2010. Ele foi transferido para a posição orbital em 67 °W, e, atualmente, não possui sinais FTA.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O AMC-4 é equipado com 28 transponders em Banda Ku e 24 em Banda C para fornecer radiodifusão, cabo, serviços de internet para o território continental dos EUA, Canadá, México, Caribe, América Central e América do Sul. [2]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências