AMOLED

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
AMOLED pt.svg

Matriz-Ativa de Diodo Orgânico Emissor de Luz (Active-Matrix Organic Light-Emitting Diode, em inglês) é uma tecnologia baseada na OLED.

As telas AMOLED contam com quatro camadas: uma de ânodo, uma orgânica, uma de cátodo e outra com os circuitos, são capazes de ligar e desligar seus pixels três vezes mais rápido do que outras comuns, o que permite a exibição mais fluída de filmes com bastante movimentação de câmera, TV e celular.

Modelo[editar | editar código-fonte]

Um monitor (display) AMOLED consiste numa matriz ativa de pixels OLED gerando luz sob ativação elétrica, que foi disposta ou integrada em um fino filme vetorial transistor (TFT), que funciona como uma série de controles que monitoram o fluxo de cada pixel individualmente.[1]

Tipicamente, a corrente contínua flui de pelo menos dois TFTs para cada pixel, um para iniciar e parar a carga do capacitor de armazenamento e o segundo para prover a voltagem num nível necessário para criar uma corrente elétrica constante para cada pixel, eliminando o excesso da mais alta corrente requerida para a operação de matriz passiva OLED.[2]

A tecnologia de placas TFT é crucial na fabricação de monitores AMOLED. As duas principais tecnologias de placas TFT - silício policristalino (poly-Si - polycrystalline silicon) e silício amorfo (a-Si - amorphous silicon) - são usadas atualmente nos AMOLEDs. Estas tecnologias oferecem um potencial de fabricação de placas de matriz ativas em baixas temperaturas (abaixo de 150ºC) diretamente sobre um substrato de plástico flexível para produção de monitores AMOLED flexíveis.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Introduction to OLED Displays — Design Guide for Active Matrix OLED (AMOLED) Displays 4D Systems (2008-05-22). Página visitada em 2010-09-06.
  2. "A Novel LTPS-TFT Pixel Circuit Compensating for TFT Threshold-Voltage Shift and OLED Degradation for AMOLED". IEEE Electron Device Letters 28. DOI:10.1109/LED.2006.889523.
  3. (2003) "Active-matrix OLED using 150°C a-Si TFT backplane built on flexible plastic substrate (Proceedings Paper)". SPIE Proceedings 5080. DOI:10.1117/12.497638. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre eletrônica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.