AMSAT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMSAT-Echo51.

Em telecomunicações, AMSAT é a sigla pela qual é conhecida a Radio Amateur Satellite Corporation (AMSAT-NA)[1], constituida em 1969 inicialmente em Washington, com finalidades educativas, não lucrativas e para manter e complementar o Projeto Oscar, iniciado em 1961 meses após o lançamento do satélite Sputnik pela antiga União Soviética.[1]

A AMSAT projeta, constrói e opera satélites experimentais com a finalidade de promover a educação espacial.

Organização[editar | editar código-fonte]

Mantida através do trabalho voluntário e de doações, opera em parceria com governos, indústrias, instituições educativas e entidades e sociedades radioamadoristicas.

Serviços oferecidos[editar | editar código-fonte]

A AMSAT publica semanalmente dados com elementos kleperianos relativos a satélites de interesse para comunicações e telemetria por radioamadores, que alimentam programas para previsão de órbitas de satélites, suas frequências operacionais, modos de transmissão e status operacional.

Satélites Oscar em operação[2] [editar | editar código-fonte]

  • CAPE-1
  • Libertad-1
  • GeneSat-1
  • HO-59
  • CO-56
  • VO-52
  • AO-51
  • RS-22
  • CO-55
  • SO-50
  • NO-44
  • ARISS
  • SO-33
  • GO-32
  • FO-29
  • PO-28
  • IO-26
  • AO-27
  • LO-19
  • AO-16
  • UO-11
  • AO-10
  • AO-7

Referências