A Bug's Life

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A Bug's Life
Uma Vida de Insecto (PT)
Vida de Inseto (BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
1998 • cor • 96 min 
Direção John Lasseter
Andrew Stanton
Produção Darla K. Anderson
Kevin Reher
Roteiro Andrew Stanton
Donald McEnery
Bob Shaw
Elenco Dave Foley
Kevin Spacey
Julia Louis-Dreyfus
Hayden Panettiere
Denis Leary
Phyllis Diller
Género animação
infantil
Idioma inglês
Música Randy Newman
Cinematografia Sharon Calahan
Edição Lee Unkrich
Estúdio Pixar Animation Studios
Distribuição Walt Disney Pictures
Lançamento Estados Unidos 25 de novembro de 1998
Brasil 18 de dezembro de 1998
Portugal 12 de fevereiro de 1999
Orçamento US$60.000.000
Receita US$363.398.565
Cronologia
Último
Último
Toy Story
Toy Story 2 / Monsters, Inc.
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

A Bug's Life (Vida de Inseto (título no Brasil) ou Uma Vida de Insecto (título em Portugal)) é um filme de animação dos Estados Unidos da América, produzido pela Pixar em 1998 e distribuído pela Walt Disney Pictures.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Todo ano, no mundo dos insetos, as formigas são manipuladas pelos gafanhotos, que todos os anos exigem uma quantia de comida. Se as formigas não cumprirem essa exigência, os gafanhotos ameaçam atacar o formigueiro. Mas, em um certo ano, todas as formigas faziam seu trabalho, coletando os alimentos e depositando-os em cima de uma folha, que por sua vez ficava equilibrada sobre algumas pedras, ao ar livre. Flik, uma formiga macho que sempre tenta ajudar mesmo sendo estabanado de vez em quando e que faz diversas invenções as quais nem sempre funcionam como o esperado, cria um protótipo de serra que seria para facilitar a colheita.

Depois de algumas horas de colheita e da invenção de Flik ser desaprovada pelas outras formigas, estas percebem que os gafanhotos estão para chegar e se retiram para dentro do formigueiro. Flik, que é o último a entrar, deixa sua invenção, ainda funcionando, perto demais das pedras que sustentam a oferenda, tendo por consequência a desestabilização das pedras e deslizamento de todos os alimentos da oferenda para dentro do ribeirão. Flik tenta salvar a oferenda, mas de nada adianta o esforço.

Ele entra rapidamente no formigueiro com a intenção de avisar à Princesa Atta do desastre. Ela pede a Flik para falar depois. Depois de alguns segundos, os gafanhotos podem ser ouvidos reclamando, e depois invadem o formigueiro questionando sobre a comida. Hopper, o líder dos gafanhotos, depois de botar a culpa em Atta, dá às formigas um período de tempo para fazer a oferenda que acabaria quando a última folha da única árvore da Ilha Formiga cair.

Flik é julgado em um tribunal pelo que fez, ele então se voluntaria para buscar insetos maiores, que possam expulsar os gafanhotos, o tribunal concorda, já que, na verdade, não acreditam em Flik, mas pensam que saindo da ilha, nunca mais voltaria.

Flik inicia sua viagem usando uma planta que flutua por alguns segundos no vento.

É apresentado ao espectador um circo de insetos, a apresentação não agrada aos pagantes (moscas encrenqueiras), então o dono do circo, P.T. Pulga, tenta uma última cartada: uma acrobacia em que todos os artistas deveriam estar sincronizados, para que os dois insetos que fazem o papel de balas de canhão não morram. Eles falham mas quem sai ferido é P.T., que quase consegue escapar. Ele então demite todos os artistas.

Flik finalmente chega à "cidade grande", onde pretende achar os tais insetos guerreiros. Chega a um bar (uma lata velha e cheia de insetos beberrões) onde estão coincidentemente os artistas de circo demitidos e as moscas que estavam na plateia. Essas moscas arrumam briga com Francis, a joaninha macho, devido a um insulto que esta lhes fez no circo.

Os artistas encenam que são guerreiros para assustar as moscas. Com a multidão que se forma, Flik é empurrado para fora do bar e não vê a cena seguinte, em que os insetos acabam fazendo lata rodar ao correr de medo. Flik pensa que os artistas são guerreiros de verdade e os "contrata" para derrotar os gafanhotos, mas devido a outro mal-entendido, os circenses aceitam pensando que terão que fazer uma apresentação de circo aos gafanhotos e não lutar com eles.

Flik e os artistas voltam voando (literalmente) para a Ilha Formiga, enquanto Hopper e os gafanhotos, mais tarde, decidem ir mais cedo para lá também. Ao chegarem, são recebidos com festa pelos incrédulos habitantes da ilha.

Depois de uma apresentação teatral feita por jovens formigas, os artistas de circo percebem o tamanho do mal-entendido em que se envolveram e portanto fogem, porém Flik os convence a fingir só mais um pouco, até ele bolar um plano, depois de terem que salvar Francis e Dot de um pássaro faminto.

Com base no pássaro, Flik, a princesa Atta e Many, o louva-a-deus e líder dos artistas de circo, bolam um plano para espantar os gafanhotos: um pássaro feito de folhas, teias de aranha de Rose, a viúva negra, gravetos e uma noz partida ao meio. Sabendo que gafanhotos são presas dos pássaros, isso os espantaria.

Todas as formigas, mais os supostos guerreiros (exceto Francis, que estava com a perna ferida), constroem o pássaro falso e o fixam na copa da árvore. Porém antes de terminarem, P. T. Pulga aparece procurando por seus ex-empregados e acidentalmente revelando a verdade. As formigas então, escondem o pássaro e se apressam para coletar comida o suficiente para os gafanhotos. Flik é expulso da ilha pela princesa Atta, e vai junto aos insetos de circo.

A última folha cai, e as formigas não estão prontas ainda, porém os gafanhotos chegam. E Hopper obriga todas as formigas a trazer toda a comida da ilha.

Dot ouve os planos da gangue de gafanhotos de matar a Rainha, uma vez que tenham toda a comida, e ela vai atrás de Flik e a tropa de artistas. Ela convence-os a voltar e pôr o plano do pássaro em ação, com a ajuda dela e outras formigas jovens. O modelo de pássaro assusta os gafanhotos, que quase batem em retirada até P.T. Pulga, também pensando que o pássaro é de verdade e vendo seus empregados "gravemente feridos", intervir e colocar fogo no modelo.

Enraivecido, Hopper manda seu assistente louco Thumper atacar Flik, mas Flik ainda consegue ficar de pé e reanimar as outras formigas, dizendo que os gafanhotos dependem da comida das formigas para sua própria sobrevivência, e não são suas escravas. A colônia inteira ataca a gangue de gafanhotos, forçando todos a ir embora, exceto Hopper. Este é colocado num canhão pelas formigas.

No entanto, uma tempestade de raios começa, causando pânico entre as formigas. Hopper segura Flik e voa, tentando matá-lo. Atta resgata Flik, e os dois atraem Hopper para perto de um ninho de pássaro. Hopper segura Flik e começa a estrangulá-lo, revelando sua intenção de voltar à colônia com mais gafanhotos. Flik se salva quando o pássaro aparece, pega Hopper e o dá de alimento aos seus filhotes.

Mais tarde, a colônia adota o protótipo de colheitadeira de Flik para acelerar a coleta de milho. Atta se torna a nova rainha, passa a coroa de princesa para Dot e escolhe Flik como seu noivo. Enquanto os artistas vão embora, Slim noticia que eles esqueceram Heimlich, a larva de borboleta, que emerge do casulo em que fez. Ele sai do casulo e põe para fora um par de minúsculas asas de borboleta, muito pequenas para levantá-lo do chão, mas é levantado por Francis e Manny, e a tropa (com Molt, o irmão de Hopper, agindo como assistente de estrada) parte com os agradecimentos da colônia de formigas. Dot se junta a Rainha Atta e Flik (que são mostrados de mãos dadas) dando adeus.

Elencos de vozes[editar | editar código-fonte]

Elenco
Personagem Ordem/família Dublagem EUA Dublagem BRA
Flik Formiga Dave Foley Marco Ribeiro
Hopper Gafanhoto Kevin Spacey Márcio Simões
Francis Joaninha Denis Leary Mauro Ramos
Slim Bicho-pau David Hyde-Pierce Guilherme Briggs
Princesa Atta Formiga Julia Louis-Dreyfus Andrea Murucci
Rosie Viúva-negra Bonnie Hunt Geisa Vidal
Sr. Solo Formiga Roddy McDowall Alfredo Martins
Cigana Borboleta Madeline Kahn Emília Rey
Rainha Formiga Phyllis Diller Nelly Amaral
Dra. Flora Formiga Edie McClurg Marly Ribeiro
Dot Formiga Hayden Panettiere Carol Kapfer
Manny Louva-a-deus Jonathan Harris Newton da Matta
Chucrute Lagarta Joe Ranft Garcia Júnior
P.T. Pulga Pulga John Ratzenberger Renato Rosenberg
Molt Gafanhoto Richard Kind Hélio Ribeiro
Dim Besouro rinoceronte Brad Garrett Jorge Vasconcellos
Deita e Rola Tatuzinho-de-jardim Michael McShane Garcia Júnior

=== Créditos da dublagem brasileira:
Estúdio: Double Sound, RJ
Direção de dublagem: Garcia Jr.
Tradução: Garcia Jr.
Engenheiro de geração de diálogos: Renato Raposo
Versão musical: Paylos
Direção musical: Marcelo Coutinho
Engenheiro de gravação de canção: I.G D'orey
Supervisor criativo: Garcia Jr.
===

Música[editar | editar código-fonte]

A Bug's Life: An Original Walt Disney Records Soundtrack
Trilha sonora de Randy Newman
Lançamento Estados Unidos 22 de Outubro de 1998
Duração 47:32
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Walt Disney
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

A Bug's Life: An Original Walt Disney Records Soundtrack é a trilha sonora original do filme, foi composta por Randy Newman e produzida pela Walt Disney Records. A primeira faixa do álbum se chama "The Time of Your Life" sendo escrita por e cantada por Newman, enquanto todas as outras faixas são orquestradas. O álbum já saiu do mercado, mas ainda está disponível no site iTunes.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. The Time of Your Life - 5:47
  2. The Flik Machine - 2:54
  3. Seed to Tree - 1:01
  4. Red Alert - 1:49
  5. Hopper and his Gang - 3:21
  6. Flik Leaves - 2:37
  7. Circus Bugs - 1:27
  8. The City - 2:35
  9. Robin Hood - 0:59
  10. Return to Colony - 1:33
  11. Flik's Return - 1:24
  12. Loser - 2:43
  13. Dot's Rescue - 4:00
  14. Atta - 1:08
  15. Don't Come Back - 1:07
  16. Grasshoppers' Return - 3:01
  17. The Bird Flies - 2:38
  18. Ants Fight Back - 2:14
  19. Victory - 2:33
  20. A Bug's Life Suite - 5:12

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas positivas. O site especializado Rotten Tomatoes reportaram que 91% das críticas foram positivas baseadas em 81 pessoas.

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Apesar da concorrência com outro filme de premissa similar (Formiguinhaz, da DreamWorks), A Bug's Life foi uma das 5 maiores bilheterias de 1998, com $162 milhões nos EUA (o maior faturamento de todos os filmes da Pixar no país) e $363.4 no mundo (à frente apenas de Toy Story),[1] contra apenas $171 milhões do filme da DreamWorks. O filme foi um outro grande sucesso da Pixar.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O nome em francês de Flik é Tilt.
  • Apesar de se chamar Ilha Formiga, o habitat das formigas é apenas um pedaço de terra com alguma vegetação rodeada por um ribeirão.
  • O "cão" da rainha, é o único habitante conhecido da Ilha da Formiga, que não é uma formiga.
  • No bando de gafanhotos de Hopper, há um gafanhoto que não fala e age como um cachorro feroz, trata-se de Thumper, um gafanhoto deficiente mental que age como um animal, diferente dos demais gafanhotos. É treinado para ser um cão feroz.
  • Na cena em que os gafanhotos entram dentro do formigueiro, Hopper faz uma referência ào filme O Rei Leão, ao dizer: "Não há Hakuna Matata que conserte...".
  • Durante a encenação da peça de teatro. Uma formiga cita a seguinte frase: "Oh, e agora, Quem Poderá me Defender?". É uma referência ao personagem Chapolin.
  • Nos créditos, há vários erros de gravação. Um deles é quando Molt dá a ideia de voltar ao formigueiro e Hopper começa a persegui-lo. Acidentalmente, Molt quebra a câmera. Outro é quando Deita e Rola fazem um campeonato de arroto.
  • Há dois erros de gravação que fazem referência a Toy Story. Um é quando Flik diz "Ao Infinito e Além!", sem nenhum porque. Outro é quando Sr. Solo (última frase de Roddy McDowall em filmes) conversa com Dra. Flora, e essa diz: "Oh, sim. A Princesa Ava." Eles caem no riso e Woody aparece logo depois batendo o claquete, mas virado ao contrário.
  • O filme Vida de Inseto é o único filme da Pixar que exclui completamente os humanos, colocando-os em um plano inexistente. Nenhum dos recursos utilizados no Vida de Inseto fala que algum humano já existiu. Os únicos momentos onde aparece algo que seria fruto da atividade humana é quando Flik chega na cidade e uma formiga sem teto segura uma placa com os dizeres "um garoto arrancou as minhas asas" e uma cena nos extras, onde tem um pássaro robô.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]