A Casa das Coelhinhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Casa das Coelhinhas
The House Bunny
 Estados Unidos
2008 • cor • 97 min 
Direção Fred Wolf
Produção Adam Sandler
Jack Giarraputo
Allen Covert
Heather Parry
Anna Faris (executiva)
Karen McCullah Lutz (executiva)
Kirsten Smith (executiva)
Roteiro Karen McCullah Lutz
Kirsten Smith
Elenco Anna Faris
Colin Hanks
Emma Stone
Kat Dennings
Katharine McPhee
Gênero comédia romântica
Idioma inglês
Música Waddy Wachtel
Cinematografia Shelly Johnson
Edição Debra Chiate
Estúdio Relativity Media
Happy Madison Productions
Alta Loma Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 22 de agosto de 2008
Portugal 9 de outubro de 2008
Brasil 10 de outubro de 2008
Orçamento US$25 milhões
Receita US$70,442,940[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

A Casa das Coelhinhas (The House Bunny, no título original em inglês) é um filme de comédia romântica que foi lançado em 2008, e foi gravado durante o ano de 2007. O filme traz a estrela Anna Faris, da série de filmes Scary Movie, os escritores Kirsten Smith e Karen McCullah Lutz, que co-escreveram Legally Blonde e é o segundo filme que Fred Wolf dirige.

Anna Faris interpreta uma ex-coelhinha da Playboy que se cadastra para ser a "mãe da casa" de uma irmandade universitária impopular após ser enganada por uma rival que a faz acreditar que ela é agora muito velha para os padrões da Playboy.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta secção contém revelações sobre o enredo.

A Casa das Coelhinhas é a história de uma jovem chamada Shelley que, após ser aparentemente expulsa da Mansão Playboy, decide arranjar emprego em um campus. Lá encontra a casa Zeta, que está prestes a fechar, pois há poucos membros, apenas as nerds fundadoras da casa. Lá, Shelley ajuda as garotas a se tornarem populares, sexys e a salvarem a casa. Enquanto isso ocorre, Shelley faz novas inimigas, todas da casa mais popular e malvada e tenta conquistar um amor impossível.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Aparições

Produção[editar | editar código-fonte]

Faris filmando uma cena do filme

Faris lhe armara o conceito do filme para algumas empresas e Happy Madison pegou. O título provisório do filme foi I Know What Boys Like (Eu Sei o Que os Meninos Gostam em português). O filme foi feito durante o verão de 2007. Anna malhou por 6 semanas antes das filmagens as quais algumas foram rodadas na Playboy Mansion West.[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Resposta da crítica[editar | editar código-fonte]

Desempenho de Anna Faris foi elogiado pela maioria dos críticos, no entanto, o próprio filme recebeu críticas mistas. Rotten Tomatoes dá ao filme uma classificação de 42% "podre", baseado em 123 comentários, com o consenso afirmando que "Anna Faris é uma diversão, mas ela não pode salvar esta mediana comédia estereotipada.[3]

Marcelo Forlani do Omelete comentou "Como comédia, A Casa das Coelhinhas também funciona pouco. Há algumas poucas cenas realmente engraçadas e muito pastelão. É incrível como até mesmo em um filme que ela mesma criou e ajudou a produzir Anna Faris tenha de ficar caindo, virando e batendo cabeça. O estereótipo da loira burra não apenas a persegue, mas também é perseguido por ela e sua personagem. Pelo menos ela sabe bem como fazer tudo isso. Diferente de Colin Hanks, por exemplo, que continua tentando um lugar em Hollywood, mas se depender do que demonstrou até agora deveria mesmo é se virar com a mesada do pai, Tom. E por falar em filhos de famosos, Rumer Willis (filha de Demi Moore e Bruce Willis) também está por lá, entre as Zetas, ao lado de Emma Stone, Kat Dennings, Katharine McPhee, Kimberly Makkouk, Dana Goodman e Kiely Williams. Para mim, é difícil acreditar que aquelas meninas que chegaram até aquela fase de suas vidas daquele jeito aceitem uma "imersão rosa" com ênfase em "biscatismo" numa boa, mas ei, eu sou apenas um cara ingênuo que acha que a Mansão Playboy é um pedaço do paraíso na Terra."[4]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

A Casa das Coelhinhas foi lançado nos EUA em 22 de agosto de 2008. Ele estreou em #1 no seu primeiro dia de lançamento ganhando 5,91 milhões de dólares, mas finalmente desembarcou em segundo lugar para a sua semana de estréia, ganhando 14,53 milhões de dólares,[5] atrás da ação-comédia Tropic Thunder de Ben Stiller, que fez 16,2 milhões. Em 22 de março de 2009, o filme tinha arrecadou 70 milhões de dólares em todo o mundo (48 milhões de dólares nas bilheterias domésticas norte-americanas e 22 milhões de dólares no mercado internacional).[1] O filme estreou na parada do Reino Unido em 1º arrecadando quase 1 milhão em seu primeiro fim de semana.

Música[editar | editar código-fonte]

Embora a trilha sonora não foi lançado, um single foi lançado no iTunes em 16 de julho de 2008.[carece de fontes?] O single foi um cover da música de The Waitresses, "I Know What Boys Like" interpretada por Katharine McPhee (com Kat Dennings, Emma Stone, e Rumer Willis). O filme também contou com músicas de artistas como:

Referências

  1. a b The House Bunny (2008) Box Office Mojo IMDB. Visitado em 17 de novembro de 2013.
  2. A Csaa das Coelhinhas no AdoroCinema
  3. The House Bunny Rotten Tomatoes Flixster. Visitado em 17 de novembro de 2013.
  4. Marcelo Forlani (9 de outubro de 2008). Crítica: A Casa das Coelhinhas Omelete UOL. Visitado em 17 de novembro de 2013.
  5. John M. Guilfoil (2008-08-24). The Hollywood Charts, Aug. 24. BlastMagazine.com. Acessado em 17 de novembro de 2013.
  6. ReelSoundtrack - Music Soundtrack - The House Bunny (2008). Acessado em 17 de novembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]