A Cidadela do Caos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Citadel of Chaos
A Cidadela do Caos
Autor (es) Steve Jackson
Assunto Reino Unido
Género Fantaia
Série Fighting Fantasy
Espaço onde decorre a história Allansia, Titan
Ilustrador Russ Nicholson e Malcolm Barter
Arte de capa Puffin: Emmanuel and Ian Miller
Estados Unidos:Richard Corben

Wizard: Kevin Jenkins

Editora Puffin, Wizard Books
Lançamento 1983
Edição portuguesa
Editora Editorial Verbo
Edição brasileira
Editora Marques Saraiva
Cronologia
Último
Último
The Warlock of Firetop Mountain
The Forest of Doom
Próximo
Próximo


The Citadel of Chaos (A Cidadela do Caos em português) é o segundo livro-jogo da coleção Fighting Fantasy (que no Brasil e em Portugal recebeu o nome de Aventuras Fantásticas), escrito por Steve Jackson e ilustrado por Russ Nicholson publicado originalmente em 1983 pela Puffin Books, em 2002, foi republicado pela Wizard Books. Foi o primeiro livro-jogo da série a ser publicado no Brasil pela editora Marques Saraiva.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A trama se passa no continente de Allansia, no mundo ficcional de Titan, e envolve uma invasão à fortaleza do senhor da guerra e feiticeiro Balthus Dire, que planeja conquistar o pacífico Vale do Salgueiro. O leitor assume o papel de um jovem aprendiz de mago que deve atravessar os perigos da Cidadela de Balthus e assassinar o senhor da guerra antes que ele coloque seu exército em movimento.[2]

O confronto final do herói com o poderoso senhor da guerra implica um complexo combate mágico que o autor Steve Jackson levou muitas horas para planejar. Por esse motivo, Jackson declarou que Balthus Dire se tornou seu personagem favorito.

Balthus Dire[editar | editar código-fonte]

O vilão também aparece mais tarde no romance As Guerras de Trolltooth, escrito por Jackson.

Referências

  1. Marcelo Cassaro. (1994). "Aventuras Fantásticas" (em português). Dragão Brasil (4). São Paulo, Brasil: Trama.
  2. Gustavo Brauner. (2009). "A Cidadela do Caos" (em português). Dragon Slayer (25). São Paulo, Brasil: Editora Escala.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]