A Confissão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
A Confissão
L'aveu
A Confissão (PT/BR)
 França  Itália
1970 • 139 min 
Direção Constantin Costa-Gavras
Roteiro Lise London, Jorge Semprún
Elenco Yves Montand
Simone Signoret
Gabriele Ferzetti
Michel Vitold
Jean Bouise
László Szabó
Género drama
Idioma francês
Página no IMDb (em inglês)

A Confissão (L'aveu (fr) ou La confessione (it)) é um filme franco-italiano de 1970, do gênero drama biográfico, realizado por Constantin Costa-Gavras, baseado em romance de Artur London.

O filme conta as memórias de Arthur London, um político checoslovaco, e obteve um poder de convicção intenso e penoso devido à identificação do protagonista Yves Montand no desempenho do seu papel. Um epílogo onde foi posto um fim totalitário à Primavera de Praga, coloca acontecimentos em perspectiva desoladora.


Sinopse[editar | editar código-fonte]

O político checoslovaco Arthur London é raptado por desconhecidos que, sem qualquer forma de processo, e que através de martírios e intimidações desejam que confesse traição ao partido.

A sua resistência quebra e durante um julgamento é considerado culpado, mas a sua esposa e os seus amigos conseguem amnistia decorridos cinco anos.

O texto é O Zero e o Infinito, de Arthur Koestler.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.