A Cor Púrpura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Cor Púrpura (no original, The Color Purple) é um romance epistolar da premiada escritora estadunidense Alice Walker, lançado originalmente em 1982. No ano seguinte, foi agraciado com o Prêmio Pulitzer.[1] Entre outros temas, trata de questões de discriminação racial e sexual.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O livro narra a história de uma garota chamada Celie, com 14 anos no início da narrativa, Que é abusada sexualmente pelo pai e tem dois filhos dele e é obrigada a casar-se com o Sinhô. A história tem como plano de fundo o racismo no sul dos Estados Unidos, o machismo, o patriarcado, a amizade, o amor e o desamor, as carências educacionais para as mulheres, entres outros temas.

Alice Walker expõe os fatos em cartas que a protagonista escreve para Deus e para sua irmã Nettie, ambas nunca postadas. A linguagem é diferenciada pois não usa a norma culta e sim uma escrita rústica e simplória, repleta de erros gramaticais e regionalismo, sempre extremamente próxima da fala utilizada na região mais agrária dos Estados Unidos.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

O romance foi adaptado para o cinema em um filme homônimo e lançado em 1985. Teve direção de Steven Spielberg e contou com roteiro da própria autora. Foi protagonizado por Whoopi Goldberg como Celie, Danny Glover como Albert, e Oprah Winfrey como Sofia. Embora nomeado para 11 Oscars, não ganhou nenhum. A indiferença foi percebida e gerou controvérsias porque muitos o consideraram o melhor filme daquele ano,[2] incluindo o crítico Roger Ebert.[3]

Em 01 dezembro de 2005, uma adaptação musical do romance (baseado no filme) estreou no Teatro Broadway, em Nova York. O show foi produzido por Scott Sanders, Quincy Jones, Harvey Weinstein e Oprah Winfrey, que também era uma investidora.[4] A produção da Broadway encerrou seu funcionamento em 24 de fevereiro de 2008.

Referências

  1. Richard Corliss (23-12-1985). Cinema: The Three Faces of Steve the Color Purple (em inglês). Time. Página visitada em 09-03-2011.
  2. Rotten Tomatoes page for The Color Purple (em inglês). Rotten Tomatoes. Página visitada em 09-03-2011.
  3. Roger Ebert (20-12-1985). Roger Ebert's review of The Color Purple (em inglês). Chicago Sun-Times. Página visitada em 09-03-2011.
  4. John Fleming (01-12-2005). "Passion for ‘Purple’ has Local Roots" (em inglês). St. Petersburg Times. Página visitada em 09-03-2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.