A Descendência do Homem e Seleção em Relação ao Sexo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Capa da primeira edição

The Descent of Man, and Selection in Relation to Sex é um livro escrito por Charles Darwin em 1871, onde desenvolve melhor sua teoria da seleção sexual e explica mais detalhadamente a origem do ser humano. Possui 26 capítulos e cerca de 620 páginas.

Em Portugal, foi traduzido com o título "A Origem do Homem", enquanto no Brasil, o título foi "A Descendência do Homem". Em algumas edições, está junto com a obra "Origem das Espécies".

Sumário[editar | editar código-fonte]

  • Cap I - A evidência da descendência do Homem a partir de formas inferiores.
  • Cap II - Da maneira do desenvolvimento do homem a partir de alguma forma inferior.
  • Cap III - Comparação entre os poderes mentais do Homem e dos animais inferiores.
  • Cap IV - Comparação entre os poderes mentais do Homem e dos animais inferiores - continuação.
  • Cap V - Do desenvolvimento das faculdades intelectuais e morais durante tempos primitivos e civilizados.
  • Cap VI - Das afinidades e genealogia do Homem.
  • Cap VII - Das raças do Homem
  • Cap VIII - Princípios da seleção sexual.
  • Cap IX - Características sexuais secundárias nas classes inferiores do Reino Animal.
  • Cap X - Características sexuais secundárias de Insetos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com A Descendência do Homem e Seleção em Relação ao Sexo
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.