A Dona da História

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Dona da História
Cartaz oficial do filme.
 Brasil
2004 • cor • 84 min 
Produção Valeria Sueli Costa Amorim
Coprodução Globo Filmes, Lereby Produções
Roteiro João Emanuel Carneiro
Daniel Filho
Tatiana Maciel
Elenco Marieta Severo
Débora Falabella
Antônio Fagundes
Rodrigo Santoro
Gênero Comédia romântica
Idioma Portugues
Distribuição Buena Vista International
Lançamento Brasil 1 de outubro de 2004
Site oficial

A dona da história é um filme brasileiro de 2004, do gênero romance, dirigido por Daniel Filho, estrelado por Marieta Severo, Débora Falabella e Antônio Fagundes. O roteiro do longa é baseado em uma peça teatral de João Falcão e foi adaptado para o cinema por João Emanuel Carneiro, Daniel Filho e Tatiana Maciel.[1]

No Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro de 2005 o filme foi indicado nas categorias de Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino e Melhor Montagem.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Aos 55 anos de idade, Carolina (Marieta Severo) passa por uma crise pessoal. O casamento não vai bem, alguns sonhos da juventude não se realizaram e ela amarga o fato de não ter experimentado tudo o que gostaria na vida. Revisitando seu passado, na década de 1970, Carolina (Jovem: Débora Falabella) uma jovem estudante que se encantou pelo militante de esquerda Luís Cláudio (Jovem: Rodrigo Santoro). A paixão fulminante terminou em um pedido de casamento, vieram os quatro filhos e o fantasma da rotina.

Fazendo um balanço de sua vida, Carolina tenta desvendar o que teria sido dela se tivesse tomado outros caminhos. Enquanto isso, o marido tenta vender o apartamento da família para conhecer Cuba. Em um encontro com o passado, ela se torna "a dona da história", e imagina quantas possibilidades foram abertas e deixadas de lado para ela na euforia dos 18 e no desespero dos 55 anos de idade.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Abaixo o "elenco principal" do longa.[3] [4]

Produção[editar | editar código-fonte]

A Dona da História é o sétimo filme de Daniel Filho, o segundo adaptado de um sucesso no teatro.[5] As filmagens comeram a ser rodadas em 13 de janeiro de 2004, no Rio de Janeiro.[6] A última cena foi gravada em um dia de sexta-feira, em 17 de maio de 2004, nos estúdios Herbert Richers. A uma entrevista a respeito das filmagens Santoro disse que se divertiu. "É uma comédia romântica, sem situações engraçadas e tudo funcionava na medida, na hora certa", disse ele. "O personagem é um apaixonado, idealista em todas as suas fases.[2]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Critica[editar | editar código-fonte]

A critica Angélica Bito do website CineClick deu 2 de 5 estrelas para o filme, ela disse que: "Protagonista do longa, já madura no início do filme, olhasse para seu retrato aos 18 anos e chegasse à conclusão que talvez não tenha tido uma vida tão empolgante como achava que teria." Também disse que "é uma deliciosa comédia romântica que consegue pesar esses dois componentes básicos do gênero menos comédia e mais romance, de forma a fazer o espectador não somente rir, mas sair cheio de sentimentos gostosos do cinema"[7]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

A comédia A Dona da História, de Daniel Filho, conquistou o primeiro lugar no ranking dos filmes mais vistos no país em sua semana de estréia. O longa-metragem atraiu 175 mil espectadores e obteve uma renda de R$ 1,4 milhões de reais.[8] [9] Na época quem ficou em segundo lugar foi o filme Rei Artur, que atraiu público de cerca de 127 mil pessoas e arrecadou R$ 1 milhão.[10]

Referências

  1. GloboFilmes. Filmes A Dona da História. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  2. a b AdoroCinema. A Dona da História: Curiosidades> Prêmios. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  3. AdoroCinema. A Dona da História : Elenco, atores, equipe. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  4. Elenco A Dona Da História | Filmes de Cinema. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  5. Caderno2 Cinema. "A Dona da História", agora no cinema. Estadão. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  6. CineClick. Filmagens de A Dona da História começam esta semana. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  7. CineClick. A Dona da História Critica. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  8. Cinema Terra. "A Dona da História" lidera bilheteria no Brasil. Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  9. ePipoca. A Dona da História (A Dona da História, Brasil, 2004). Página visitada em 18 de outubro de 2012.
  10. CidadeBiz. A Dona da História estréia na liderança das bilheterias brasileiras. Página visitada em 18 de outubro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.