A Hero Sits Next Door

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"A Hero Sits Next Door"
5º episódio da 1ª temporada de Family Guy
Lois e Stewie conhecem Joe Swanson.
Informação geral
Escrito por: Matt Weitzman
Mike Barker
Direcção Monte Young
Código de produção 1ACX05[1]
Duração 30 minutos
Exibição original 2 de maio de 1999
Convidados
Cronologia
Último
Último
"Mind Over Murder"
"The Son Also Draws"
Próximo
Próximo
Family Guy (primeira temporada)
Lista de episódios

"A Hero Sits Next Door" é o quinto episódio da primeira temporada da série de televisão de comédia norte-americana Family Guy, exibido originalmente no canal de televisão Fox Broadcasting Company na noite de 2 de maio de 1999. O episódio introduz o personagem Joseph "Joe" Swanson, que mais tarde se torna um personagem regular do seriado. Peter Griffin precisa encontrar um jogador substituto para o jogo de softbol e convence Joe a jogar pelo time quando fica sabendo que o mesmo jogava beisebol durante a faculdade. No dia seguinte, Peter percebe que ele é cadeirante, mas mesmo assim, é um bom jogador e o time consegue vencer a partida. Peter fica com ciúmes de Joe e tenta se transformar em um herói. Um sub-enredo mostra Meg Griffin tentando ser notada por Kevin Swanson.

O episódio foi dirigido por Monte Young e co-escrito por Mike Barker e Matt Weitzman. Teve participações das atrizes Suzie Plakson, Michelle Kwan e também dos atores Wally Wingert e Carlos Alazraqui. Grande parte da história apresenta humor envolvido nas sequências de cutaway, usadas frequentemente em Family Guy, que fazem referências a Superamigos, Pez, e os assassinatos de John F. Kennedy e Robert F. Kennedy. Ao contrário dos anteriores, o título do episódio não possui palavras relacionadas com "morte" ou "assassinato"; essa inspiração era usada originalmente pelo criador Seth MacFarlane, fã de programas de rádio de 1930 e 1940, principalmente da antologia de terror Suspense; no entanto, essa base foi descartada quando a equipe de roteiristas do seriado passaram a ter dificuldades a identificar e distinguir os episódios.

"A Hero Sits Next Door" recebeu avaliações positivas dos críticos televisivos, os quais consideraram uma introdução memorável do personagem Joe Swanson; alguns destacaram a sequência de brigas entre Joe e o Grinch, enquanto outros criticaram negativamente as brincadeiras das sequências de cutaway, que distorciam o enredo, considerando-os "estranho" e "contra-intuitivo".

Produção[editar | editar código-fonte]

Mike Barker e Matt Weitzman co-escreveram "A Hero Sits Next Door".

"A Hero Sits Next Door" foi escrito por Mike Barker e Matt Weitzman e dirigido por Monte Young, sendo a primeira vez que os três participam de Family Guy.[2] [3] Durante a produção do episódio, os escritores compartilharam um escritório emprestado a eles pelo elenco de produção de King of the Hill.[4] MacFarlane comparou a produção da primeira temporada com um projeto da faculdade; a única diferença era que ele estava sendo financiado.[5] O elenco convidado é composto pelas atrizes Suzie Plakson, Michelle Kwan e os atores Wally Wingert e Carlos Alazraqui.[2] O elenco de dubladores de personagens secundários contou com a participação do escritor e animador Butch Hartman.[2] "A Hero Sits Next Door" serve como introdução de Joe Swanson (dublado por Patrick Warburton), tenente policial e vizinho da família Griffin,[6] [7] juntamente com sua família, composta pela esposa Bonnie (Jennifer Tilly) e o filho Kevin.[8]

Durante a produção, foi desenvolvida uma maneira de esconder o fato de que Joe usava uma cadeira de rodas. Isso foi feito mostrando o personagem somente da cintura para cima em parte do episódio.[9] O episódio é notável como o primeiro de Family Guy a não ter palavras relacionadas a "morte" e "assassinato".[7] Essa inspiração iniciou, originalmente, com a ideia do criador Seth MacFarlane, um grande fã de programas de rádio de 1940 e 1930, particularmente da antologia de terror Suspense; no entanto, essa base foi retirada depois que episódios individuais passaram a ser difíceis de identificar e ficaram desgastados.[9] [10]

Cquote1.svg Sou um grande fã de novelas de rádio antigas e tive essa ideia, quando a série ainda tentava ter uma identidade no começo, de que cada episódio poderia ter um título ameaçador emprestado de uma novela de suspense dos anos 40. E então, tivemos títulos como "Death Has a Shadow" e "Dangerous Mind", que não tinham nada a ver com o seriado. Chegamos a conclusão de que isso deixou de ser divertido após quatro episódios. São duas da manhã e estamos tentando crescer com essas coisas. Então, nós meio que crescemos a partir da mudança e passamos a usar títulos mais tradicionais. Cquote2.svg
O criador Seth MacFarlane em entrevista para o IGN.[10]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo.

Na fábrica de brinquedos Happy-Go-Lucky, o inspetor de segurança Peter Griffin está trabalhando quando seu chefe Sr. Weed o apresenta Guillermo, um jogador que irá auxiliar na vitória da empresa no jogo de softbol anual. Em casa, Lois Griffin diz ao marido que novos vizinhos chegaram, a família Swanson, e deseja fazer amizade com eles; contudo, Peter não se interessa e vai com Brian praticar softbol. O lançador do time está ausente, e Peter toma tal posição. Guillermo se fere com o péssimo lançamento e precisa encontrar um substituto, ou então será demitido.[11]

Enquanto isso, Lois vai com o filho Stewie conhecer os novos vizinhos. Cumprimenta Bonnie Swanson e logo conhece seu marido, Joe. Ao chegar em casa, Peter age de maneira rude com os Swansons. Após a noite, ele pensa em quem poderia substituir Guillermo, e Lois afirma que Joe jogava beisebol durante a faculdade. Quando vê o novo vizinho em seu caminhão, Peter o convida para entrar no time. Na manhã seguinte, ele e Sr. Weed se encontram no campo e ficam horrorizados ao descobrir que Joe está em uma cadeira de rodas. No entanto, ele surpreende e mostra que é um jogador fantástico, dando vitória ao time. Na mesma noite, ocorre uma festa comemorativa em sua casa, onde ele revela ser um policial que ficou aleijado após brigar com o Grinch no telhado de um orfanato, e rapidamente se torna popular entre os vizinhos, incluindo a família Griffin.[11]

Esta popularidade deixa Peter com inveja, e ele decide que também deseja ser um herói. Então, ele tenta travar um assalto no banco para competir com o heroísmo de Joe. Peter e Brian se tornam reféns, mas o novo vizinho convence os ladrões a se renderem. Uma multidão aplaude e levanta o policial em reverência, deixando sua cadeira de rodas vazia. Stewie tenta desbloquear o "poder da cadeira de rodas", mas Lois coloca uma chupeta em sua boca e ele, rapidamente, cai no sono. Após a situação, Peter fica desapontado, porém sua família lhe diz que é o herói deles.[3] [11]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

A história infantil de Dr. Seuss, How the Grinch Stole Christmas!, foi referenciada.

Em tradição ao estilo de Family Guy, grande parte do humor em "A Hero Sits Next Door" gira em torno de cortes, os quais geralmente fazem referência à cultura popular. Os Superamigos fazem uma aparição no episódio quando Peter cita a época em que ele jogava strip poker na Sala de Justiça. Depois que a Mulher Maravilha perde e tira suas roupas, Robin simplesmente olha para Peter em vez da heroína nua.[7] Também há uma referência história quando um garoto está mostrando a um amigo uma despensa de Pez que se parece com a cabeça de John F. Kennedy. Esta, é destruída pela bala de um policial. O garoto diz, "Bem, pelo menos eu ainda tenho minha despensa de Pez de Bobby Kennedy", que subsequentemente também leva um tiro. É uma referência ao assassinato de ambos, John e Robert Kennedy.[12]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O episódio recebeu avaliações favoráveis de críticos televisivos. Em 2008, Ahsan Haque da IGN deu uma nota de 7.9/10, dizendo que é "uma boa introdução para Joe". Notou que a sequência de brigas entre Joe e o Grinch "prepararam o caminho para muitas sequências de ações que estariam por vir". Também destacou a forte ênfase na história e considerou clássicas algumas piadas, incluindo a que mostra os Superamigos.[7] Robin Pierson da The TV Critic escreveu uma análise mais diversificada, avaliando o episódio em 55 de 100; Pierson achou o enredo estranho, afirmando que distorções foram contra-intuitivas, deixando-o menos divertido e sem destaque. Sentiu que as piadas foram curtas e médias. Comentou positivamente algumas brincadeiras, e a inclusão do novo vizinho de Peter forneceu uma nova dinâmica para a série.[13]

Referências

  1. 20th Century Fox - Fox In Flight - Family Guy. 20th Century Fox. Página visitada em 16 de abril de 2010.
  2. a b c Family Guy: A Hero Sits Next Door Cast and Crew (em inglês). Yahoo. Yahoo. inc.. Página visitada em 7 de maio de 2010.
  3. a b Callaghan, p. 30
  4. (15 de abril de 2003). Comentário para "Death Has a Shadow", em Family Guy: Volume 1' (DVD). 20th Century Fox.
  5. Family Guy TV Behind the Scenes — Seth MacFarlane Talks Family Guy About this video (em inglês). IGN. News Corporation. Página visitada em 10 de agosto de 2010.
  6. Patrick Warburton: Credits (em inglês). TV Guide. Tvguide.com. Página visitada em 27 de outubro de 2009.
  7. a b c d Haque, Ahsan. Family Guy Flashback: "A Hero Sits Next Door" Review (em inglês). IGN. Página visitada em 1 de dezembro de 2009.
  8. Jennifer Tilly: Credits (em inglês). TV Guide. Tvguide.com. Página visitada em 27 de outubro de 2009.
  9. a b Callaghan, p. 32
  10. a b William S. Paley TV Fest: Family Guy (em inglês). IGN. Página visitada em 3 de outubro de 2009.
  11. a b c "A Hero Sits Next Door". Family Guy. Fox Broadcasting Company. 2 de maio de 1999. Episódio número 5, 1ª temporada.
  12. Family Guy — Volume 1 (em inglês). TVShowsonDVD.com. Página visitada em 3 de abril de 2010.
  13. Pierson, Robin (13 de setembro de 2009). Episode 5: A Hero Sits Next Door. The TV Critic. Thetvcritic.org. Página visitada em 29 de dezembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"Mind Over Murder"
Episódios da primeira temporada de Family Guy
Sucedido por
"The Son Also Draws"