The Island at the Top of the World

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Ilha do Topo do Mundo)
Ir para: navegação, pesquisa
The Island at the Top of the World
Uma Ilha no Tecto do Mundo (PT)
A Ilha do Topo do Mundo (BR)
 Estados Unidos
1974 • cor • 93 min 
Direção Robert Stevenson
Roteiro John Whedon
Baseado no romance de:
Ian Cameron
Elenco Donald Sinden
David Hartman
Mako Iwamatsu
Jacques Marin
Agneta Eckemyr
Género aventura
ficção científica
fantasia
Idioma inglês
sueco
norueguês
dinamarquês
islandês
Página no IMDb (em inglês)

The Island at the Top of the World (br: A Ilha do Topo do Mundo / pt: Uma Ilha no Tecto do Mundo) é um filme estadunidense de 1974 do gênero aventura, ficção científica e fantasia, dirigido por Robert Stevenson e com roteiro baseado no romance The Lost Ones, de Ian Cameron, e com trilha sonora composta por Maurice Jarre.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1907, um arqueólogo americano junta-se a um rico empresário inglês, a um excêntrico aeronauta inventor francês e a um caçador esquimó para uma grande expedição ao Ártico. Viajando no avançado dirigível Hyperion, os homens procuram pelo filho do empresário que desapareceu há dois anos ao buscar o lendário "cemitério das baleias". E descobrem uma colônia viking perdida numa ilha esquecida pelo tempo, protegida do gelo por correntes térmicas causadas por um vulcão ativo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Donald Sinden...Sir Anthony Ross
  • David Hartman...Prof. Ivarsson
  • Jacques Marin..Capitão Brieux
  • Mako Iwamatsu...Oomiak
  • David Gwillim...Donald Ross
  • Agneta Eckemyr...Freyja

Produção[editar | editar código-fonte]

As locações foram na Ilha Prince Patrick. Após o lançamento do filme, o livro foi relançado com o nome original alterado. Muitas mudanças foram feitas para a adaptação da história. O enredo do livro se passa em 1960 e no filme o ano é de 1907. A ilha do filme é localizada ao norte da Ilha Ellesmere (Forte Crocker). Personagens que não estão no livro aparecem no filme, assim como o dirigível Hyperion, que não existia no texto original. Outra grande mudança na história foi o destino da personagem Freya, que pelo filme foi viver (provavelmente) feliz com Donald, enquanto que no texto original ela morre tragicamente, sacrificando-se para salvar Donald e Sir Anthony.

Uma sequência a ser chamada de "The Lost Ones", mais próxima do texto original, chegou a ser planejada mas, com o baixo desempenho nas bilheterias de "Island at the Top of the World", o projeto foi abandonado.

Indicações a prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Indicado ao Oscar por melhor direção de arte (Peter Ellenshaw, John B. Mansbridge, Walter H. Tyler, Al Roelofs, Hal Gausman).

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Como era comum nas produções Disney, o filme foi adaptado para os quadrinhos com desenhos de Bill Ziegler. No Brasil, a aventura foi publicada na revista Almanaque Disney numero 62 de julho de 1976[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]