A Inteligência dos Cães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Inteligência dos Cães
Autor (es) Stanley Coren
Género psicologia veterinária
Editora Bantam
Lançamento 1 de março de 1995
Páginas 288

A inteligência dos cães (em inglês: The Intelligence of Dogs) é uma publicação de Stanley Coren a respeito da inteligência canina para o trabalho e para com a aceitação de comandos de obediência. Para a elaboração deste livro, Coren criou um questionário a ser respondido por juízes norte-americanos e canadenses especializados em provas de obediência. Na obra, 133 raças foram avaliadas e listadas em 79 posições por 208 juízes, entre os quais 199 responderam completamente as perguntas. Para o autor foi importante ainda ressaltar que o livro não trata da chamada inteligência instintiva destes animais.[1] [2]

Graduações[editar | editar código-fonte]

A border collie é considerada a raça mais inteligente de todas para a obediência e o trabalho.

De acordo com Stanley, os critérios atingidos pelos caninos podem ser listados de 1 a 80:[1]

  • Nas graduações de 1 a 10 lista-se os melhores cães de inteligência de trabalho. Após cinco tentativas, estes caninos já apresentam entendimento e não necessitam prática para repetirem comandos. Para 95% destes cães, não é preciso repetir uma ordem mais de uma vez. Sua velocidade entre o tempo de comando e o de execução também é considerada.
  • Nas graduações de 11 a 26 São listados excelentes cães de trabalho, cuja repetição de comandos é dada entre cinco e quinze vezes, respondendo, em 85% dos casos, ao primeiro comando, sem necessitar de repetição. A demora entre o comando e a resposta é ocasionalmente notada quando este apresenta-se um pouco mais complexo.
  • Nas graduações de 27 a 39 vê-se os cães de trabalho com inteligência acima da média. Estes caninos necessitam de até vinte repetições dos comandos para que os obedeçam, ainda que demonstrem entendimento prévio. Após treinados, em 70% dos casos não necessitam de repetição da ordem. Apresentam dificuldade em obedecer quando o dono se distancia e demoram um pouco mais para responder.
  • Nas graduações de 40 a 54 encontra-se listados os cães de inteligência de trabalho e obediência intermediária, que precisam de até quarenta repetições para que aprendam um novo comando, demonstrando, após vinte repetições, um entendimento rústico da ordem dada. Em 50% dos casos, após treinados, respondem aos comandos sem necessidade de repetição. Todavia, a confiabilidade de execução depende do treinamento investido. Seu tempo de resposta é considerado lento.
  • Nas graduações de 55 a 69 são postos os cães cuja capacidade de obediência e de trabalho é classificada como razoável, necessitando de até oitenta repetições para que aprendam um comando. Mesmo após terem aprendido, a obediência aparenta ainda ser fraca, e em apenas 30% dos casos, conseguem responder a uma ordem sem necessidade de repetição. Caso o treinador ou dono se afaste, o tempo de resposta e a obediência diminuem consideravelmente.
  • Nas graduações de 70 a 80 são listadas as raças julgadas como detentoras do menor grau de inteligência de trabalho e obediência. Necessitam de até quarenta repetições para que demonstrem o mínimo de entendimento sobre o comando durante o treinamento e antes que consigam executar a ordem. É comum que precisem executar o mesmo movimento por mais de cem vezes antes que se tornem confiáveis.

Posições[editar | editar código-fonte]

De acordo com a pesquisa, o boiadeiro australiano ocupa a décima posição.
Na vigésima colocação está o cocker spaniel americano, duas posições atrás de seu parente inglês.
O border terrier está empatado com o briard na trigésima posição.
Em quadragésismo lugar o bedlington terrier está empatado com outros do mesmo grupo.
Em 50º lugar está o grande malamute-do-alasca.
O afghan hound ocupa a última posição.

O resultado da pesquisa do autor junto aos juízes foi:[1]

1º - Border Collie
2º - Poodle
3º - Pastor Alemão
4º - Golden Retriever
5º - Dobermann
6º - Pastor de Shetland
7º - Labrador
8º - Papillon (cão)
9º - Rottweiler
10º - Australian Cattle Dog
11º - Welsh Corgi (Pembroke)
12º - Schnauzer Miniatura
13º - Springer Spaniel Inglês
14º - Pastor Belga Tervuren
15º - Pastor Belga Groenland, Schipperke
16º - Collie, Keeshond
17º - Pointer Alemão de Pêlo Curto
18º - Cocker Spaniel Inglês, Flat-Coated Retriever, Schnauzer Standard
19º - Brittany
20º - Cocker Spaniel Americano
21º - Weimaraner
22º - Pastor Belga Malinois, Bernese Mountain Dog
23º -Spitz Alemão
24º - Cão d'água irlandês
25º - Vizsla
26º - Welsh corgi cardigan
27º - Yorkshire Terrier, Chesapeake Bay Retriever, Puli
28º - Schnauzer Gigante
29º - Airedale Terrier, Boieiro das Flandres
30º - Border Terrier, Briard
31º - Welsh Springer Spaniel
32º - Manchester Terrier
33º - Samoieda
34º - Field Spaniel, Terra Nova, Terrier Australiano, American Staffordshire Terrier, Setter Gordon, Bearded Collie
35º - Setter Irlandês, Cairn Terrier, Kerry Blue Terrier
36º - Elkhound
37º - Pinscher Miniatura, Affenpinscher, Silky Terrier, Setter Inglês, Pharaoh Hound, Clumber Spaniel
38º - Norwich Terrier
39º - Dálmata
40º - Soft coated wheaten terrier, Bedlington Terrier, Fox Terrier Pêlo Liso
41º - Curly coated retriever, Irish Wolfhound
42º - Kuvasz, Pastor Australiano
43º - Pointer, Saluki, Spitz finlandês
44º - Cavalier King Charles Spaniel, Braco alemão de pelo duro, Coonhound preto e castanho, Cão D'Água Americano
45º - Husky Siberiano, Bichon Frisé, King charles spaniel
46º - Tibetan Spaniel, Foxhound inglês, Otterhound, American Foxhound, Greyhound, Griffon de aponte de pelo duro
47º - West Highland White Terrier, Deerhound
48º - Boxer, Dogue Alemão
49º - Dachshund, Staffordshire Bull Terrier
50º - Malamute do Alasca
51º - Whippet, Shar-Pei, Fox Terrier Pêlo Duro
52º - Rhodesian Ridgeback
53º - Podengo ibicenco, Welsh Terrier, Terrier irlandês
54º - Boston Terrier, Akita Inu
55º - Skye Terrier
56º - Norfolk Terrier, Sealyham Terrier
57º - Pug
58º - Bulldog Francês
59º - Griffon de Bruxelas, Maltês
60º - Galguinho italiano
61º - Cão de Crista Chinês
62º - Dandie Dinmont Terrier, Pequeno basset griffon da Vendeia, Terrier Tibetano, Spaniel Japonês, Lakeland Terrier
63º - Old English Sheepdog
64º - Cão dos Pirineus
65º - São Bernardo, Scottish Terrier
66º - Bull Terrier
67º - Chihuahua (cão)
68º - Lhasa Apso
69º - Bullmastiff
70º - Shih Tzu
71º - Basset Hound
72º - Mastino Napoletano, Beagle
73º - Pequinês
74º - Bloodhound
75º - Borzoi
76º - Chow Chow
77º - Bulldog
78º - Basenji
79º - Afghan Hound

Referências

  1. a b c A Inteligência dos cães. Dog Times. Página visitada em 30 de maio de 2011.
  2. The Intelligence of Dogs (em inglês). Amazon. Página visitada em 30 de maio de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre A Inteligência dos Cães
  • FCI - Fédération Cynologique Internationale
  • CPC - Clube Português de Canicultura
  • CBKC - Confederação Brasileira de Cinofilia