A Mãe e a Puta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La maman et la putain
A Mãe e a Puta (PT/BR)
Capa do DVD.
 França
1973 • pb • 217 min 
Realização Jean Eustache
Produção Bob Rafelson
Coprodução Vincent Malle
Produção executiva Pierre Cottrell
Argumento Jean Eustache
Elenco Bernadette Lafont
Jean-Pierre Léaud
Françoise Lebrun
Género Drama
Idioma Francês
Direção de fotografia Pierre Lhomme
Edição Denise de Casabianca
Jean Eustache
Distribuição Planfilm
Lançamento 2 de janeiro de 1975 (POR)
Página no IMDb (em inglês)

A Mãe e a Puta (em francês: La maman et la putain) é um filme francês de 1973, realizado por Jean Eustache. Esta primeira longa-metragem de Eustache é considera a sua obra-prima.

O filme concentra-se no estilo de vida confuso e ambivalente de três jovens, do pós-Maio de 1968, que se encontram envolvidos num triângulo amoroso.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Paris, verão de 1972. Alexandre, um jovem desempregado, mantém uma relação aberta com a sua namorada Marie, que o sustenta e o acolhe em sua casa. Após uma tentativa falhada de reconciliação com Gilberte, o seu antigo amor, Alexandre conhece Veronika, uma promíscua enfermeira polaca. Ele apresenta-a a Marie, e os três acabam envolvidos num ménage à trois. Embora Marie afirme ser indiferente a esta relação entre os outros dois, ela rapidamente muda de opinião quando se apercebe que Alexandre está apaixonado por Veronika, levando assim a um distanciamento crescente entre ele e Marie.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Banda sonora[editar | editar código-fonte]

  1. "Ich weiß, es wird einmal ein Wunder gescheh'n" — Zarah Leander
  2. "Un souvenir" — Damia
  3. "La Belle Hélène" - Jacques Offenbach
  4. "Concerto for Group and Orchestra" — Deep Purple
  5. "Falling in Love Again" — Marlene Dietrich
  6. "La Chanson des Fortifs" — Fréhel
  7. "Requiem" — Mozart
  8. "Les Amants de Paris" — Édith Piaf

Premiações[editar | editar código-fonte]

Festival de Cinema de Cannes 1973 (França)[2]

Prémio Resultado
Prémio Fipresci Venceu
Grande Prémio Especial do Júri Venceu
Palma de Ouro Indicado

Referências

  1. Eustache e os vícios da nouvelle vague (em português) Estadão (20 de janeiro de 2011). Página visitada em 19 de agosto de 2012.
  2. A Mãe e a Puta: Prémios (em inglês) IMDb. Página visitada em 19 de agosto de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]