A Million Little Fibers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"A Million Little Fibers"
5º episódio da 10ª temporada de South Park
Informação geral
Escrito por: Trey Parker
Direcção Trey Parker
Exibição original 19 de abril de 2006
Cronologia

"A Million Little Fibers" é o episódio # 144 da série de desenhos animados adultos South Park. Foi ao ar originariamente em 19 de abril de 2006. O protagonista do episódio é Towelie (chamado na dublagem brasileira de "Toalhinha") e é o terceiro da série (que incluem "Terrance and Phillip in Not Without My Anus" e "Pip") nos quais não aparecem os meninos protagonistas (Stan, Kyle, Cartman e Kenny). O episódio parodia a controvérsia nos Estados Unidos em torno do livro A Million Little Pieces.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Toalhinha está sempre desempregado em função da sua inaptidão e também por se drogar com frequência (ele constantemente fica "doidão" fumando maconha). Precisando de dinheiro, ele "fuma" para ter ideias e resolve escrever suas memórias (com o título "Um milhão de pequenas fibras") mas o livro é recusado pelos editores que alegam que o público não está interessado na vida de uma toalha. Então ele muda o manuscrito, substituindo ele como protagonista por um humano chamado Steven McTowelie, além de remover os detalhes que o identifiquem como uma toalha. A apresentadora Oprah o convida ao seu programa para promover o livro. Enquanto isso, é ouvida a vagina de Oprah reclamando do excesso de trabalho da sua dona, que não lhe daria mais atenção. Gary, o ânus de Oprah, conspira com a vagina (a quem ele chama de Xereca, conforme a dublagem brasileira) para que Oprah seja despedida e talvez vá para Paris (lugar que Gary sempre sonhara em ir). Quando Vagina percebe que Toalhinha não é uma pessoa, ele liga para Geraldo Rivera e lhe conta isso. Posteriormente, Toalhinha está sendo entrevistado por Larry King quando o apresentador recebe uma ligação de Geraldo Rivera do Afeganistão, denunciando o autor do livro como uma toalha.

As pessoas protestam contra Oprah que tenta sair da situação ruim convidando novamente Toalhinha para o programa. Ela alega que o chamara para explicar como o livro era relevante e facilmente compreensível mas quando Toalhinha começa a entrevista, Oprah fica raivosa e estimula o público a linchá-lo. As pessoas ficam do lado de Oprah, o que irrita Vagina e Gary. Toalinha se esconde da multidão de linchadores mas fica encurralado na frente de um banco de Chicago. Nesse momento, Vagina, percebendo que seu plano falhara, pega um revólver de um policial e o mata, além de fazer as outras pessoas de reféns. Ele exige que a polícia o deixe fugir para a França. Gary se assusta e pede a Vagina que pare, mas seu amigo se nega. Toalhinha consegue abrir a porta do banco e salva os reféns.

Com as pessoas a salvo, a policia abre fogo contra a Vagina de Oprah e acidentalmente atingem mortalmente Gary. Gary alucina pensando que está em Paris e, ao morrer, defeca. Vagina, chocado com a morte do amigo, se suicida. Oprah sobrevive e é levada para um hospital. Toalhinha se torna um herói e "aprende" que não deve "fumar" para ter ideias, mas sim para comemorar quando as mesmas dão certo.

Produção[editar | editar código-fonte]

  • Conforme comentado no DVD, esse episódio foi pensado para ser uma paródia do programa de TV Intervention, com o povo de South Park tentando reabilitar Toalhinha. Essa ideia foi abandonada e o programa foi satirizado no episódio da décima quarta temporada Crippled Summer. [1]
  • Na dublagem original, Vagina e Gary possuem sotaque britânico, o primeiro da variante "cockney" e o segundo, do País de Gales. O ânus é chamado de Gary (mantido pela dublagem brasileira) devido a palavra em inglês ser parecida com esse nome quando falada em sotaque cockney.

Referências

  1. Parker, Trey, and Stone, Matt. Audio commentary. South Park The Complete Tenth Season. Dir. Parker, Stone. DVD. Paramount Home Video/Comedy Central, 2007

Ligações externas[editar | editar código-fonte]