A Outra Face (Deborah Ellis)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Breadwinner
A outra face
Autor (es) Deborah Ellis
Idioma Inglês
País Canadá
Assunto A miséria de um família afegã durante o regime machista do Talibã.
Género História baseada em fatos reais.
Editora Oxford University Press
Lançamento 2004
Páginas 170
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Luísa Baêta
Editora Editor: Arthur Bersot oliveira
Páginas 127
Cronologia
Último
Último
A Viagem de Parvana
Próximo
Próximo

The Breadwinner (no Brasil, A Outra Face) é um livro de Deborah Ellis,que conta a história de uma garota afegã que precisa ajudar sua família, mas que para isso precisa se vestir de homem. A história é baseada nas histórias que Deborah Ellis ouviu no campo de refugiados no Paquistão. Ela se passa na cidade de Cabul no Afeganistão durante o regime da milícia do Talibã. Parvana, a personagem principal, precisa de ajudar a família após a prisão de seu pai. Mas para poder trabalhar e ir ao mercado ela tem que se-vestir de homem e cortar seu cabelo para poder sobreviver no regime machista.

Parvana se vestiria de homem e passaria a se chamar Cassin. Para isso, ela corta o cabelo e começa a usar as roupas de Hossein, o irmão mais velho que morreu por uma mina. Parvana passa a trabalhar como leitora e escritora de cartas no mercado (antigo trabalho de seu pai), pois o povo afegão era na maioria das vezes analfabeto. Ela acaba encontrando uma amiga no mercado, que assim como Parvana, trabalha como um menino. A nova amiga de Parvana, Shauzia, que também é da sua idade e usa o mesmo disfarce para sustentar a família, descobre uma forma de ganhar dinheiro: vendendo ossos em uma ruina deixada pelos bombardiamentos.

Parvana e Shauzia ganham dinheiro suficiente para comprar um tabuleiro, e passam a vender coisas como vendedoras ambulantes, em Cabul. Certo dia, Parvana e Shauzia entram em um estádio para fazer suas vendas, e acabam se assustando ao ver a execução de braços e mãos de ladrões pelos soldados do Talibã. Aquilo acaba assustando Parvana, que fica sem sair de casa por um bom tempo, até que Sra. Weera (que passou a morar lá na casa de Parvana) chama Shauzia para convencer Parvana a voltar a trabalhar, Parvana aceita e volta a trabalhar.

Dias depois, a irmã de Parvana (Nooria), recebe uma proposta de casamento de um homem em Mazar. Maryam, Ali, Fatana (mãe de Parvana) e Nooria viajam para Mazar para o casamento, deixando Parvana com Sra. Weera.

Dias depois Parvana ajuda uma mulher que acha na rua, Homa, que conta para Parvana que Mazar fora controlada pelo regime Talibã e que eles mataram várias famílias.Um dia seu pai volta da prisão e juntos decidem ir a procura de sua família nos campos de refugiados e Sra. Weera, Homa e Shauzia procuram ir para o Paquistão, tentar uma nova vida.

No final no livro, Parvana volta ao lugar onde costumava a trabalhar antes de viajar. E lá planta uma flor perto da janela de onde recebia os presentes da mulher desconhecida. A flor traz uma mensagem no final do livro: é possível brotar amor e esperança, mesmo nos lugares mais difíceis.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Cassin (Parvana vestida de homem).
  • Pai de Parvana (Não é citado o nome).
  • Nooria.
  • Maryam.
  • Mãe de Parvana (Fantana)


  • Sra. Weera.
  • Shauzia.
  • Chafic(Shauzia vestida de homen).
  • Homa.
  • Hossein(Irmão falecido de Parvana)