A Present for Everyone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Present For Everyone
Álbum de estúdio de Busted
Lançamento Reino Unido 17 de Novembro de 2003
Gravação 2003
Gênero(s) Pop Rock
Duração 54:45
Formato(s) CD
Gravadora(s) MCA
Produção Steve Power e Graeme Stuart
Cronologia de Busted
Último
Último
Busted
(2003)
Busted Live: A Ticket for Everyone
(2004)
Próximo
Próximo

A Present for Everyone é o segundo álbum de estúdio da banda pop-punk britânica Busted. Foi lançado em 17 de novembro de 2003 no Reino Unido e estreou no segundo lugar no Top 40 Albums Charts. Ganhou CD triplo de platina com as vendas a cerca de 1 milhão de cópias. Singles: "Crashed the Wedding", "Who's David", "Air Hostess", "3am" e "She Wants to Be Me".

História do CD[editar | editar código-fonte]

A banda começou no Outono de 2003, com uma vitória no Favourite Newcomer at the National Music Awards, como a Melhor Banda do ano no Disney Channel Kids Awards.

Após isto, a banda lançou os comercias para o seu novo álbum, "A Present For Everyone" e lançou seu single "Crashed The Wedding", que teve forte concorrência com Britney Spears e com Madonna nesse ano.

Mais do que seu álbum anterior, Charlie Simpson disse que tinha alguns "mais difíceis como, o CD do Good Charlotte tipo mais próximo deste álbum". Este álbum alcançaria cerca de mais de 1 milhão de cópias.

A banda terminou 2003, com uma nomeação para o Record Of The Year com "Year 3000" mas perderam para o Westlife, que venceu com sua música "Mandy"), o anúncio do Arena Tour para Fevereiro do ano seguinte, e uma participação com a banda Monkees no Christmas TV Special da ITV1, que atraiu boas críticas por sua vez.

2004 foi um bom para começar, sendo seu último ano juntos como uma banda.

As coisas começaram muito bem, com a banda no Arena Tour (com o apoio da banda McFly e a banda V) foi cumprida com excepcionais opiniões e forte bilheteria e, de outro lado a primeira posição no 3 Hit (com "Who's David?" e "Air Hostess", respectivamente, o segundo e o terceiro singles de seu novo álbum). A banda também ganhou o Best British Breakthrough Act e o Best Pop Act no mesmo ano no BRIT Awards.

James Bourne ainda tinha sido conhecido neste momento como um dos "melhores compositores de pop rock" pelo The Observer.

Eles se dirigiram para os Estados Unidos Da América para lançar um álbum auto-intitulado Busted US que era uma mistura do primeiro e segundo álbum.

As aventuras da banda foram capturados na série de televisão "America or Busted", que mostra as tentativas da banda para alcançar o sucesso nos Estados Unidos Da América, que estreou na MTV do Reino Unido e na Irlanda, em Novembro do mesmo ano.

Ao longo da série, as tentativas de "quebrar" a América diminuiram através de entrevistas e performances limitadas, tanto em termos de índices de audiência, embora tivesse começado a "engrenar" no rádio, começou a pegar reconhecimento em dezembro do mesmo ano, bem tarde.

Enquanto a banda estava na América, foram convidados a gravar o tema do novíssimo fime "Thunderbirds" que seria lançado no verão.

Lançada como um duplo-álbum com a faixa "3am", que lhes deu a sua quarta e última primeira posição em agosto de 2004, permanecendo no topo durante duas semanas, a mais longa que já tinha ficado no topo, e iria depois ganhar um "Record of the Year", em dezembro desse ano.

No entanto, a liberação do 5 ª single do segundo álbum, "She Wants to Be Me" fracassou nas paradas, em virtude de sua solitário formato (sendo apenas um download e uma edição limitada de bolso na dimensão de CD, o que violou os regulamentos).

Talvez mais preocupante, o seu álbum ao vivo "A Ticket For Everyone" só chegaria a décima primeira posição # 11.

A banda embarcou em outra aventura: vender para fora a turnê em Novembro, mas os fãs começaram a temer o pior.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Air Hostess" (Tom Fletcher, Matt Willis, James Bourne e Charlie Simpson)
  2. "Crashed the Wedding" (Tom Fletcher e James Bourne)
  3. "Who's David" (Tom Fletcher e James Bourne)
  4. "She Wants to Be Me" (Charlie Simpson, James Bourne, Matt Willis, Lauren Christy, Scott Spock e Graham Edwards)
  5. "3am" (Tom Fletcher, James Bourne)
  6. "Falling For You" (Tom Fletcher, James Bourne e Charlie Simpson)
  7. "That Thing You Do" (Tom Fletcher, James Bourne, Charlie Simpson)
  8. "Over Now" (Tom Fletcher e James Bourne)
  9. "Fake" (Matt Willis, Guy Chambers e Stephen Power)
  10. "Meet You There" (James Bourne, Charlie Simpson e Matt Willis)
  11. "Why" (Charlie Simpson e Will Simpson)
  12. "Loner in Love" (Tom Fletcher e James Bourne)
  13. "Better Than This" (Matt Willis, Guy Chambers e Stephen Power)
  14. "Can't Break Thru" (James Bourne e Michael Raphael)
  15. "Nerdy" (Tom Fletcher, James Bourne e Charlie Simpson)

História do disco[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Busted é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.