A Senhora das Águas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Senhora das Águas
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 60 minutos
Criador(es) Manuel Arouca e Tomás Múrias
País de origem  Portugal
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) NBP
Elenco Luisa Cruz
Oscar Magrini
Ricardo Pereira
Paulo Matos
Juliana Baroni
Carla Maciel
Sofia Nicholson
Ana Brito e Cunha
Simone de Oliveira
João Reis
Exibição
Emissora de
televisão original
Portugal RTP1
Transmissão original 3 de Setembro de 2001 a 26 de Abril de 2002
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 150

A Senhora das Águas é uma telenovela portuguesa passada na Região do Dão, transmitida pela RTP em 2001. O seu autor foi Manuel Arouca. Esta telenovela é um drama romântico com recurso ao misticismo e, à transcendência.

A novela foi exibida entre 3 de Setembro de 2001 e 26 de Abril de 2002, tendo feito a ante-estreia a 2 de Setembro de 2001. A novela foi exibida em horário nobre, ás 21 horas, mas teve mais horários na RTP em outras exibições: 21h, 19h, 16h, 17h e 15h.

História[editar | editar código-fonte]

Ilda (Amélia Videira), a Senhora das Águas, desde criança que tem o fascínio pela água. Muito crente, lia e relia a Bíblia, onde todos os grandes acontecimentos tinham como elemento comum a água: são inúmeros os episódios onde a água renova, purifica, cura, sacia, liberta...

Mas aos quinze anos Ilda viu os seus pais serem mortos por uma disputa de água.... Como é que se mata por causa da água? Esta com que João baptizou o Cristo? E Ilda quer conhecer nos próprios leitos dos rios e na imensidão dos mares o verdadeiro sentido da água, e parte pelo mundo fora.

É perto de Viseu, na nascente dos Vargas, que Ilda parece encontrar todas aquelas qualidades bíblicas da água.

Ilda sabe que essas qualidades só atingirão a sua plenitude quando a história de amor e amizade personificada por Mercês (Luisa Cruz), Lucas (Oscar Magrini) e Simão (Paulo Matos)vencer. História que nasceu precisamente naquela nascente.

Na actualidade, Mercês e Simão têm um filho, Gil (Ricardo Pereira), e vivem numa situação difícil. As fábricas que eram baluarte da economia daquela família estão prestes a falir e Simão é viciado no jogo. Gil quer ser corredor de automóveis e tem uma relação distante com os pais.

Naquela família não há amor. Mercês projecta toda a sua infelicidade dando amor e carinho a crianças de uma fundação da qual é responsável.

A sua maior preocupação é a doença de Lúcio, um jovem intelectualmente dotado que é seu protegido. Só uma cara e complicada operação no estrangeiro o poderá salvar mas Simão gasta o dinheiro no jogo.

E é neste quadro que Lucas volta às suas origens. Lucas é viúvo, veio do Brasil com a sua filha Claúdia. É o maior empresário de águas da Península Ibérica e compra um solar perto dos Vargas. O seu regresso é apoteótico: é Lucas quem acaba por pagar a operação de Lúcio (Manuel Moreira).

Lucas não esqueceu Mercês. Quando a vê de novo, a sua paixão como que redobra. Mas não perdoa Simão: como diz Ilda, a Senhora das Águas, as águas vão ficar revoltas e tumultuosas.

Mas muitas vezes para atingirem a sua pureza, o Homem tem que fazer esse percurso, para que a água da nascente atinja todas as suas qualidades de forma a curar e trazer harmonia.

A amizade daqueles três e o amor de Lucas e Mercês têm que vencer. Será que vencerão?

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco 1967[editar | editar código-fonte]

Elenco 1976[editar | editar código-fonte]

Elenco Adicional[editar | editar código-fonte]

Curiosodades[editar | editar código-fonte]

  • A novela foi repetida em 2010 por volta das 12 horas na RTP Memória. Voltou a ser reposta na RTP Memória em outubro de 2013 por volata do meio-dia.
  • Contou com a atuação da atriz brasileira Juliana Baroni.
  • Terceira telenovela da RTP cujo enredo se intrepola por duas épocas distintas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]