A Tale of Two Cities (filme de 1911)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Tale of Two Cities (1911))
Ir para: navegação, pesquisa
A Tale of Two Cities
Anúncio de jornal
 Estados Unidos
1919 • P&B • 30 min 
Direção William J. Humphrey
Produção James Stuart Blackton
Roteiro Charles Dickens (romance)
Eugene Mullin (cenário)
Gênero Drama
Idioma Filme mudo
(legendas originais em inglês)
Estúdio Vitagraph Studios
Distribuição General Film Company
Lançamento Estados Unidos 21 de fev. de 1911 (part. 1)
Estados Unidos 24 de fev. de 1911 (part. 2)
Estados Unidos 25 de fev. de 1911 (part. 3)
Página no IMDb (em inglês)

A Tale of Two Cities é um filme mudo dos Estados Unidos de 1911, do gênero drama, dirigido por Charles Kent, vagamente baseado no romance de William J. Humphrey.

De acordo com o historiador de cinema Anthony Slide, este foi um filme de três carretéis, totalizando 30 minutos, lançados em segmentos de um carretel semanais.[1] [2]

Referências

  1. Slide, Anthony. Silent Players: A Biographical and Autobiographical Study of 100 Silent Film Actors and Actresses. [S.l.]: University Press of Kentucky, 2002. 374 pp. ISBN 0-8131-2249-X
  2. A Tale of Two Cities. Silent Era. Página visitada em 20 de junho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.